Negócios Online: 15 Ideias para Negócios Online em 2021

O trabalho autônomo e a realização de negócios online se tornaram relevantes desde o surgimento da Internet.

O negócio online é uma ilha de estabilidade no mundo moderno de hoje em dia cheio de lockdowns e quarentenas.

Os cafés podem ser forçados a fechar, shows podem ser canceladas, contudo, quem consegue ter um negócio online, não será afetado por quaisquer restrições de quarentena.

Você está se perguntando como abrir seu próprio negócio? Nós reunimos as ideias mais relevantes para 2020-2021.

Blog pessoal

Ter um blog é promissor e lucrativo, especialmente se você tiver conhecimento e ideias interessantes para compartilhar. Você precisa escolher um nicho e desenvolver uma estratégia para tornar o blog um negócio. Foque em seu próprio conhecimento e na relevância do assunto proposto para o público. Pense em como você vai monetizar seu conteúdo com antecedência:

  • por meio de marketing de afiliados;
  • fornecer espaço para publicidade;
  • criar conteúdo patrocinados;
  • organizar a venda de bens e serviços no blog.

Lembre-se de que o principal segredo do sucesso de um blog é a qualidade e o conteúdo exclusivo. Isso atrairá um público fiel.

Marketing de afiliado

Este é um negócio online tradicional e popular. Fazer marketing de afiliados significa ganhar dinheiro promovendo os serviços e produtos de diferentes empresas. É especialmente interessante para criadores de conteúdo: autores de artigos, produtores de vídeo, Instagram, blogueiros e outros. Os influenciadores podem recomendar certos produtos ao público de uma forma que parece uma recomendação amigável em vez de propaganda direta. Essa forma de ganhar dinheiro também é adequada para autores de análises de produtos.

O nível de pagamento depende da popularidade do seu canal de vendas (quantidade de audiência e taxa de engajamento). Os anunciantes podem oferecer alguns produtos ou descontos e você é pago por produto adquirido.

Escritor de conteúdo no Patreon

Esta é uma plataforma popular de crowdfunding, onde o próprio público apoia seus autores preferidos. Um autor pode oferecer aos fãs várias opções de financiamento de conteúdo.

Para usar a plataforma como autor, você precisará se cadastrar no plano do criador. É um plano pago, mas as taxas diminuirão assim que você tiver lucro. A assinatura dará acesso a recursos de análise e treinamento. Existem muitos escritores/autores que ganham um bom dinheiro e têm uma base de fãs leais.

Venda de produtos artesanais

Produtos feitos à mão continuam sendo uma tendência: muitas pessoas estão dispostas a pagar mais por produtos exclusivos. O artesanato é exclusivo, portanto, seu preço é superior ao preço dos concorrentes industrializados.

Você poderá trabalhar em casa estabelecendo um suprimento de produtos para vender no atacado. É importante escolher o público-alvo certo para vender seus produtos. Você pode vender por meio de contas comerciais de mídia social, por meio de seu próprio site ou em sites especializados como o Etsy.

A propósito, você pode encontrar ideias para inspiração neste site (bem como, no Instagram usando a hashtag #handmade). Porém, lembre-se: ao vender produtos por meio de uma plataforma temática, você não controlará todos os processos e pagará taxas. Portanto, tendo estudado o público-alvo, é melhor criar sua própria área de vendas.

Não se esqueça de criar uma marca de alta qualidade para o seu site ou página de rede social: isso é importante para a identificação e o aumento do seu reconhecimento. Uma ferramenta barata para criar uma marca de qualidade é o gerador de estilo visual corporativo do Logaster. Se trata de um construtor online e prático com uma interface amigável bastante simples.

Vendas de dropshipping

Esta é uma das melhores opções para um negócio próprio caso você tenha um capital inicial limitado. O dropshipping permite a venda de produtos online sem a necessidade de tocar diretamente nos produtos. Todas as vendas, remessas e possíveis devoluções serão tratadas pelo fornecedor. Sua tarefa é encontrar compradores e contatá-los.

Você não precisará se concentrar em apenas um fornecedor atacadista: você pode vender diferentes grupos de produtos de diferentes marcas. Seus ganhos são a diferença entre os preços de atacado e o de varejo. Você pode encontrar fornecedores por meio de catálogos especializados: por exemplo, AliDropship ou SaleHoo.

A competição entre as lojas online hoje em dia é extremamente alta. Portanto, é melhor se concentrar em um nicho bastante específico no início: por exemplo, a Mooshe Socks vende apenas meias peculiares.

Consultoria de negócios

A demanda por cursos pagos e consultoria especializada está consistentemente alta. O motivo disso é que as pessoas querem aprender de forma rápida e conveniente. Um curso de especialização pela Internet é a forma mais conveniente de obter informações concentradas. Seja um consultor e ajude as pessoas, ganhando dinheiro com isso.

Existem muitos nichos temáticos com alta demanda por serviços de coach. São eles: marketing e publicidade, logística, gerenciamento de projetos, gerenciamento de crises e muito mais

  • conselhos sobre estratégia;
  • gestão de diferentes níveis;
  • trabalho em equipe;
  • soluções de TI.

Primeiro, você precisará desenvolver vários cursos prontos com o resultado específico prometido. Deixe claro que você está pronto para aconselhar os clientes individualmente.

Você precisará de um canal de comunicação confiável (para fazer a consultoria por vídeo) e de seu próprio site para atrair público e coletar contatos.

YouTube

A marca de 2 bilhões de usuários ativos é, por si só, um motivo importante para você começar a dominar essa plataforma.

O principal, como sempre, é encontrar o seu nicho. Existem espectadores interessados em diferentes áreas temáticas: de streaming de jogos a análise de especialistas.

Os ganhos dependem do tipo de monetização do blog. Poderá ser através de marketing de afiliados, patrocínios ou avaliação e análise de produto.

Após reunir um grande público ativo e muitos seguidores, você poderá transmitir anúncios do YouTube em seu canal, o que trará uma receita extra significativa.

Há uma tendência recente de tornar YouTubers como formadores de opinião e especialistas em mídia. Esta é uma oportunidade de aumentar a popularidade e expandir seu público.

Você pode aprender como criar, fazer branding e desenvolver o seu canal no YouTube em detalhes neste artigo.

Podcast

Esta é uma das áreas de negócio mais promissoras. A tendência dos podcasts foi adotada pelas principais plataformas de mídia, criando categorias separadas para publicá-los e vendê-los.

Autores de podcast populares precisam de marcas como influenciadores. Esta é mais uma oportunidade de rentabilizar o seu negócio.

É importante escolher seu nicho e investigar seus concorrentes a fim de se tornar um podcast popular. Isso é necessário para identificar as características exclusivas de seu canal.

A principal fonte de receita de quem tem um podcast é o marketing de afiliados e o trabalho com conteúdo patrocinado. Os líderes ganham dinheiro veiculando anúncios por meio de redes especializadas, como a Midroll.

Você precisará de equipamento de qualidade e software de edição de áudio profissional (por exemplo, Adobe Audition) para trabalhar nessa área.

Para transmitir os episódios de seu podcast, cadastre-se em uma plataforma popular específica para isto ou crie seu próprio site. Isso lhe dará mais oportunidades de gerenciar seu negócio.

Publique episódios prontos no Spotify e outros serviços de streaming pagos.

Ensino online

Crie um curso de treinamento online e encontre alunos interessados, se você tiver conhecimento único ou especializado em um determinado campo.

Há um tipo de público para qualquer tipo de assunto: desde assuntos clássicos (por exemplo, matemática ou uma língua estrangeira) até aqueles em desenvolvimento (seja tocar instrumentos musicais ou arranjos florais).

No início, você poderá encontrar alunos em plataformas especializadas (Udemy, Teachable). Depois de se tornar popular o suficiente em seu nicho, você poderá criar o seu site e trabalhar por conta própria.

Assistência online

É uma boa ideia para uma empresa remota desempenhar as tarefas e funções de um assistente online. A lista de tarefas de trabalho é padrão: responder e-mails de clientes, agendar reuniões, organizar processos, manter documentação padrão, etc.

Você poderá escolher uma direção profissional restrita: por exemplo, auxiliar no marketing digital, preencher as páginas do site com conteúdo, manter páginas de marca em redes sociais, administrar um site corporativo etc.

Para começar, recomenda-se procurar vagas para esse tipo de trabalho como freelancer. O Upwork é uma das plataformas mais populares para isso.

Após ganhar experiência e se tornar requisitado em seu nicho, crie seu próprio site para atendimento direto aos clientes.

Amazon FBA

A forma tradicional de iniciar um negócio é por meio da maior plataforma de comércio eletrônico dos Estados Unidos. O esquema de negócios geralmente é padrão: um vendedor encomenda mercadorias da China e elas são armazenadas em um dos depósitos da Amazon nos Estados Unidos. Em seguida, ele preenche os informações de produtos e atrai clientes. A Amazon organiza o envio dos itens comprados. Claro, você precisará pagar à empresa para armazenar as mercadorias e organizar as vendas. No entanto, normalmente, ainda é mais lucrativo do que administrar uma loja online totalmente autônoma, pelo menos no início de um negócio.

Consultor de suporte técnico remoto

Isso é especialmente relevante para aqueles que tem conhecimento em processos técnicos, computadores e outros sistemas.

Milhares de usuários enfrentam problemas insolúveis todos os dias (pelo menos do ponto de vista deles). Na maioria dos casos, eles não precisam de uma presença pessoal para serem resolvidos.

Pode ser uma consulta por telefone ou conexão remota. Se você estiver pronto para esse trabalho, pode criar seu próprio site e anunciar serviços.

Isso é relevante não apenas para o nicho de informática: há demanda por consultores na área de psicologia, proteção de direitos, automóveis, etc.

Design gráfico

Você não precisa de uma presença física em um escritório para trabalhar neste setor. Você pode trabalhar em casa, contatando confortavelmente os clientes online.

Empresas de todos os níveis precisam regularmente de materiais de branding visual, de logotipos a modelos de postagem em mídia social, apresentações e infográficos.

Você é bom em desenho, mas não tem as habilidades certas? Felizmente, os designers remotos não precisam ter um diploma universitário.

Será o suficiente concluir os cursos técnicos e praticar muito. Você também precisará comprar um tablet de desenho e um software profissional.

Você vai precisar de um portfólio muito legal. Exemplos fortes e evidências de trabalho com marcas conhecidas atrairão clientes.

Você pode ter que concluir vários pedidos gratuitamente ou fornecer um desconto significativo para criar um portfólio.

Desenvolvimento de aplicativos

O mercado de aplicativos móveis continua a crescer, então a demanda por bons desenvolvedores é alta. Nem todo cliente pode pagar pelos serviços de uma grande agência, então eles geralmente contratam especialistas remotos privados.

Em vez de esperar pelos pedidos de clientes online, você também pode inventar um conceito original por conta própria e, em seguida, vender seu aplicativo (ou ganhar dinheiro com publicidade e recursos adicionais pagos).

Você não precisa nem ser um programador para desenvolver aplicativos: o AppSheet e AppyPie permitem que você mesmo crie aplicativos, mesmo sem habilidades técnicas.

Encontrar os produtos certos no eBay

Muitos compradores precisam de soluções específicas. Por exemplo, comprar um gadget barato com certas características. Procurar por conta própria pode demorar muito nesta grande plataforma.

Estude as necessidades do público, analise as ofertas no eBay e crie coleções. Você pode ganhar dinheiro como parceiro intermediário ou vender seu serviço para encontrar os produtos certos.

Conclusão

Na verdade, existem inúmeras ideias para você criar o seu próprio negócio online. Nesta seleção, tentamos demonstrar as diferentes direções. Avalie as suas capacidades e desejos, estude o mercado e o público e, então, fique à vontade para iniciar o seu próprio negócio.

*Este guest post foi escrito por Logaster

Augusto Turcato
augusto@odig.net