Salux

Salux saúde

Cliente: Salux

Segmento: Tecnologia para Saúde

O PipeRun reduziu o nosso ciclo de vendas em 60%

Augusto Geller
Head de Vendas e de Marketing

Recomendaria
5/5
Facilidade de Uso
5/5
Suporte ao Cliente
5/5
Custo-Benefício
5/5
Funcionalidades
5/5

Salux reduz ciclo de vendas, SLA de atendimento e agiliza vendas com CRM PipeRun

A Salux, uma das maiores empresas do país no desenvolvimento de soluções tecnológicas para saúde, que possui sede em Porto Alegre e com representantes em todo o Brasil, passou por uma verdadeira transformação na área comercial ainda no final de 2019.

Essa mudança envolveu a implementação de diversas soluções em tecnologia e renovação de processos. Segundo o head de vendas e marketing da empresa, Augusto Geller, essa transformação foi necessária especialmente para aprimorar as estratégias de prospecção de cliente inbound e outbound.

“A maior parte das nossas vendas vinha por indicação, networking e quase nada de prospecção ativa. Então, investimos na presença digital, com processo de inbound marketing, além de estruturarmos representações comerciais pelo país, e a implementação de ferramentas e processos para nos ajudar com prospecção outbound”, disse.

Para isso, a empresa foi atrás de algumas outras soluções de CRM no mercado, mas nenhuma atendeu e teve aderência ao processo de vendas existente na Salux.

“Isso fez com que fosse necessário aprofundar a pesquisa e nos direcionar para funcionalidades, recursos, integrações, e claro, preços”, detalhou.

Com o filtro de busca mais avançado e com as dores mapeadas, a empresa chegou até o CRM Piperun.

“No PipeRun não precisamos adequar nosso processo à ferramenta. Pelo contrário. A ferramenta se adaptou à forma como trabalhamos. E isso fez com que as barreiras e resistências iniciais que poderiam existir internamente caíssem todas por terra”, disse.

Padronização das vendas

Uma das principais dores era não ter as vendas padronizadas.

“Uma de nossas prioridades foi, desde que cheguei à Salux, escolher um sistema de vendas que nos ajudasse na padronização das vendas e também de canais para controlarmos o pipeline a nível nacional”, explicou.

“E isso fez a diferença. A quantidade de soluções, especialmente a quantidade de recursos que podem ser personalizados dentro do PipeRun como formulários, campos, propostas, cadastros, telas de funil. Isso nos fez tomar a decisão”, detalhou.

A gestão de vendas descentralizada também trazia problemas no dia a dia.

“O PipeRun possibilita a gestão de todos os canais de vendas que possuímos nos quatro cantos do Brasil. Antes, para se ter um panorama, cada canal usava ou um CRM próprio, ou planilha. Agora temos, enfim, uma gestão centralizada em todo território nacional”, contou, para, em seguida, complementar:

“Foram basicamente, para resumir, quatro pontos que nos fizeram optar pelo PipeRun. Os recursos personalizáveis, as integrações com tantas outras ferramentas, as possibilidades de automação e o custo-benefício do sistema”.

Redução no SLA de abordagem do lead e do ciclo de vendas

O tempo de abordagem do lead foi um ponto otimizado por conta do uso do PipeRun.

“Hoje temos um processo de qualificação de leads com um time de SDRs. Conseguimos estabelecer por exemplo, um SLA para retornar o contato com o cliente oriundo do inbound em menos de 24h”, contou.

“A equipe recebe um alerta quando um oportunidade entra no funil, acessa o CRM, usa os templates padrões que temos configurados, e literalmente com 2 ou 3 cliques já abordamos esse potencial cliente”, emendou.

Já o ciclo de vendas, que antes era de 12 meses, reduziu drasticamente com a ajuda do CRM.

“Nós temos um processo de vendas consultiva que possui geralmente um ciclo de vendas amplo. Antes desta transformação na Salux do qual o PipeRun foi essencial, nosso ciclo de vendas médio era de 12 meses. Hoje, por termos um processo que encontrou aderência junto ao CRM, já reduzimos em cerca de 60% esse tempo”, declarou.

Comunicação e agilidade entre setores

Outro ponto fundamental dentro da Salux foi a agilidade da comunicação entre os setores.

“O PipeRun possibilitou celeridade, organização e fortaleceu a comunicação interna entre, especialmente, 4 áreas importantíssimas: marketing, vendas, financeiro e de projetos”, disse.

“Hoje, depois que o lead é gerado, qualificado e a proposta comercial aceita, automaticamente, quando damos ganho na oportunidade, ela é duplicada para o funil de contratos, com todo o histórico dentro para que possamos cumprir as etapas até a assinatura”.

Assim, com os recursos do CRM PipeRun, nenhuma informação se perde.

“A venda chega detalhada para o setor financeiro e para a área de projetos e TI. Quando nosso time financeiro dá o ganho na oportunidade no pipe de contratos, usando um template padrão, e através de uma ação automática, todas as informações-chave da negociação são enviadas a área de projetos e TI. Isso acelera e muito o contato da nossa equipe com o cliente”, disse.

O resultado disso foi mais produtividade e foco no que realmente importa: vender mais e melhor.

“Antes, quase tudo era feito manualmente. A negociação terminava, o vendedor preenchia um documento de Word com o resumo, reunia dados de vários lugares e mandava e-mail para os setores. Perdíamos muito tempo nessa operação que era totalmente descentralizada”, encerrou.

Fale com um de nossos consultores e saiba como sua organização pode usar o PipeRun para ajudar a bater suas metas de vendas.