Fluxo de vendas: como otimizar os processos da sua empresa?

Fluxo de vendas: como otimizar os processos da sua empresa?
Augusto Turcato
Augusto Turcato, especialista há 9 anos em marketing de conteúdo, faz parte do time de marketing que ajuda milhares de vendedores, gestores e empreendedores brasileiros a aumentar suas vendas com metodologias e tecnologias aqui no CRM PipeRun.

Resumo do artigo:

• Os principais objetivos do fluxo de vendas são levar compradores potenciais a tomar decisões de compra, aumentar a satisfação e lealdade dos clientes e gerar melhores resultados financeiros;

• As sete etapas do fluxo de vendas são a prospecção, qualificação, abordagem, apresentação do serviço ou produto, negociação, fechamento, pós-vendas e fidelização;

• Para aprimorar o fluxo de vendas, é preciso integrar os setores da empresa, definir claramente os processos, valorizar os feedbacks de clientes e colaboradores, avaliar constantemente as métricas, apostar em ferramentas de automação e fazer as gestão da equipe.

O fluxo de vendas é a força motriz para o sucesso de uma empresa. Ele fornece direção e estrutura que ajudam a garantir que os projetos sejam concluídos de forma eficiente, impactando os resultados e a satisfação do cliente.

Mas como otimizar o processo de fluxo de vendas em uma empresa?

Neste artigo, vamos explorar as maneiras de melhorar seu fluxo de vendas e otimizar a experiência de cliente e aumentar os níveis de satisfação do consumidor.

Continue lendo para descobrir como você pode usar estratégias eficazes para maximizar seu fluxo de processo de vendas!

Potencialize as suas vendas com o CRM da PipeRun! Faça um teste grátis! 

Qual é a importância do fluxo de vendas em uma empresa?

O fluxo de vendas é um aspecto crítico das operações de qualquer empresa, pois afeta a receita e a lucratividade. Significa a capacidade de planejar, organizar, acompanhar e analisar as vendas e compreender melhor seus clientes.

Isto posto, fluxos de venda de sucesso são aqueles capazes de identificar e estabelecer métricas-chave (KPIs) para cada uma das etapas específicas que precisam ser tomadas a fim de aumentar as vendas e fazer crescer o negócio.

Ao otimizar e automatizar seus processos de vendas, as empresas podem maximizar seus recursos, capitalizar oportunidades e promover a tomada de decisões sólidas.

Por fim, ter processos de vendas eficientes permite que as empresas aumentem as taxas de conversão enquanto mantêm relacionamentos de longo prazo com os clientes.

Isso tem como consequência uma tendência maior a criar clientes que se comportam como pessoas promotoras da sua marca, isto é, indicam o seu produto ou serviço para amigos, conhecidos e familiares.

Quais são as etapas de um fluxo de vendas?

Veja a seguir as sete etapas do fluxo de vendas:

1. Prospecção

O início de um fluxo de vendas é a prospecção, o primeiro passo para criar uma conexão com clientes potenciais e descobrir novas oportunidades — tanto com clientes que chegam de forma orgânica, quanto com clientes capturados por sua estratégia de marketing.

Assim sendo, podemos dizer que a prospecção é a etapa de criar o primeiro contato com os leads, sejam eles prospects inbound (capturados pela sua estratégia de marketing), sejam outbound (leads que não forneceram o contato).

Os leads outbound são aqueles que foram encontrados a partir de uma pesquisa acima do time de vendas para levantar dados de clientes potenciais e criar estratégias de abordagem.

Uma das formas de melhorar essa etapa do fluxo de vendas é concentrar os esforços em estabelecer contato por meio da criação de cadências de prospecção, um tipo de sequência de e-mails que tem o objetivo de gerar uma conexão com o público-alvo.

Outra é criar um funil de prospecção com um CRM de vendas como uma forma de  organizar e agilizar o processo comercial e a gestão das vendas da empresa, estimulando os colaboradores a vender mais e melhor e transformar o seu negócio.

2. Qualificação

A qualificação é um processo longo, que pode ser utilizado tanto antes de se fazer uma abordagem, quanto depois do primeiro contato.

No momento anterior a uma abordagem, a qualificação serve para identificar quais leads estão mais propensos a conversar com um de seus vendedores e fechar uma compra.

Trata-se de uma etapa essencial, pois ela garante que o seu time de vendas não vai desperdiçar esforços com clientes em potencial que não têm interesse na sua marca.

A qualificação, porém, também pode ser utilizada depois de uma primeira abordagem, com leads que já demonstraram algum grau de interesse no seu produto, deixando um email para contato, por exemplo.

Nesses casos, sua equipe de marketing e vendas deve utilizar a qualificação para informar esse cliente em potencial sobre as suas soluções e os benefícios de comprar o seu produto ou contratar o seu serviço em detrimento de outros.

Isso pode ser feito de diversas maneiras, desde campanhas de publicidade direcionadas a um público específico até campanhas de email marketing personalizadas.

3. Abordagem

A abordagem é quando a empresa entra em contato ativamente com o cliente, tendo ele oferecido seu email para contato ou não.

Por isso, antes de abordar um cliente, é preciso entender se essa pessoa realmente precisa do seu produto ou serviço. Caso contrário, você corre o risco de incomodar alguém que não tem interesse na sua solução e que pode até se incomodar com a sua abordagem.

Também é importante que o time comercial tenha muita cautela, pois abordagens muito invasivas ou diretas espantam clientes em potencial e podem distanciá-los da empresa.

Portanto, conheça muito bem o cliente potencial antes de abordá-lo. Isto é, confirme suas necessidades, pois assim você terá mais chances de fechar negócios.

Também tenha noção do timing, ou seja, identifique quais são os melhores momentos para fazer uma abordagem de maneira sutil e acolhedora.

Por fim, outra dica é elaborar um roteiro para guiar a conversa, pois assim você vai saber exatamente o que falar.

4. Apresentação do serviço/produto (proposta)

A fase de proposta ou de apresentação do serviço ou produto é um dos passos mais importantes para garantir um fluxo de vendas saudável e lucrativo para o seu negócio.

Ela requer uma mensagem cuidadosamente elaborada capaz de equilibrar as necessidades e desejos do cliente com a realidade de seu produto ou serviço.

Para criar uma proposta com mais chances de sucesso, é necessário realizar uma pesquisa sobre a pessoa do comprador e sua indústria antes de conceituar uma oferta.

Em outras palavras, as propostas devem ser adaptadas para persuadir os clientes a comprar seus produtos e serviços, abordando os principais desafios ou oportunidades que eles possam ter em seu modelo de negócios atual.

Ser capaz de elaborar uma proposta eficaz envolve compreender o que motiva seus clientes a comprar, bem como qualificar leads para que os potenciais compradores entendam como a sua solução pode ajudá-los.

5. Negociação

A fase de negociação no fluxo de vendas — também chamada de barganha — é uma etapa crítica de qualquer processo de vendas.

É quando potenciais compradores e vendedores se reúnem para discutir as condições de uma venda, incluindo tanto questões monetárias (como preços e descontos) quanto considerações não monetárias (como cronogramas de embarque ou entrega).

Como negociador, seu trabalho é explorar as questões de cada lado, compreender suas metas e objetivos e depois transformá-los em soluções vantajosas para todas as partes envolvidas.

Portanto, em cenários em que o cliente, por exemplo, faz uma proposta muito grande, seja comprando um volume alto de produtos ou contratando um serviço muito grande, é interessante oferecer descontos.

Mas atenção, sempre opere dentro do limite lucrativo para a sua empresa, pois essa é a única maneira de preservar o seu fluxo de caixa e manter a empresa operante e lucrativa.

Guia para Contornar Objeções de Vendas

- Saiba o que dizer para cada objeção;
- Metodologias para vender mais rápido;
- Tipos de objeções, ferramentas e mais!

Preencha o formulário para receber o material por email (confira caixa de entrada e de spam)

6. Fechamento

A fase de fechamento do fluxo de vendas é, sem dúvida, a etapa mais importante de todo o processo, pois é parte essencial da geração de receita.

Ela envolve o uso de táticas persuasivas para convencer o cliente de que um determinado produto ou serviço vale o investimento.

Exemplos de estratégias utilizadas durante esta fase incluem reiterar os pontos-chave do início do processo, oferecer descontos ou apresentar estudos de caso e depoimentos de clientes anteriores.

Para ter sucesso, é fundamental que os representantes de vendas demonstrem respeito, apreciação e compreensão pelas preocupações de seus clientes durante toda a conversa.

Sempre que possível, os gerentes devem fornecer conhecimento detalhado e orientação para ajudar a garantir que as equipes de vendas possam ajustar suas abordagens e fechar as compras com confiança.

7. Pós-vendas e fidelização

Uma vez que um negócio é fechado, começa a fase de pós-vendas. Neste ponto, os sistemas de CRM (Customer Relationship Management) entram em ação.

O CRM oferece o controle dos dados e interações de cada cliente, permitindo identificar oportunidades de vendas, upsells e cross-sells de outros produtos ou serviços com mais facilidade por meio de um processo de pontuação de leads.

Essa etapa também envolve atividades importantes, tais como o oferecimento de um serviço de suporte de qualidade, sessões de treinamento e chamadas de acompanhamento.

Muitas empresas negligenciam essa fase do processo de vendas, e isso é um grande erro, pois o pós-vendas estabelece a base para um relacionamento de longo prazo com os clientes por meio de um contato regular.

É esse trabalho que irá levar ao último estágio do fluxo: a fidelização. 

A fidelização acontece quando a experiência do cliente é excelente, fazendo com que ele volte sempre ao seu negócio para comprar aquilo que deseja ou para contratar os seus serviços.

Para assegurar altos graus de fidelidade, as empresas devem cultivar seus relacionamentos com os clientes existentes, ou seja, fornecer serviços e suporte excepcionais e incentivos, como descontos ou programas de recompensas.

Isso possibilita não só mais interações, mas aumenta a qualidade da relação com o cliente, o que cria um senso de confiança e lealdade ao longo do tempo.

Mas, muito mais do que isso: no longo prazo, utilizar um bom fluxo de vendas ajuda as empresas a criar pessoas promotoras da sua marca, que indicam o seu produto ou serviço para amigos, conhecidos e familiares sempre que podem.

Como aprimorar seu fluxo de vendas?

Como aprimorar seu fluxo de vendas?

Para melhorar seu processo de vendas, é preciso primeiro analisar as áreas que precisam ser melhoradas. Alguns elementos-chave para um fluxo de vendas bem sucedido incluem:

Integrar os setores da sua empresa

A integração de todos os setores envolvidos em um negócio, tais como marketing, vendas, atendimento ao cliente e finanças ajudará a criar um ótimo fluxo de vendas.

Esta integração permite uma comunicação perfeita entre as equipes para que os dados possam ser compartilhados rapidamente, tornando muito mais fácil tomar decisões, completar transações e resolver problemas de forma eficiente.

Definir os processos de acordo com as necessidades da sua empresa

Ter processos bem definidos fornece clareza dentro de sua equipe sobre como cada tarefa precisa ser completada.

Os processos também permitem um melhor acompanhamento das atividades, o que permite aos gerentes medir os resultados com mais precisão.

Além disso, investir em soluções tecnológicas como sistemas de CRM pode melhorar significativamente o fluxo de informações entre departamentos e garantir a precisão dos dados.

Em outras palavras, enquanto o time de suporte terá acesso fácil aos dados cadastrais, o time de marketing vai poder ter o acesso ao histórico de compras de cada cliente para criar um banco de dados que visa identificar quais clientes são mais propensos a comprar.

Além disso, é preciso elaborar estratégias de abordagem constantes, de modo a manter um canal de comunicação direto com sua base de clientes.

Valorizar os feedbacks

Outro ponto essencial é valorizar feedbacks, sugestões e críticas construtivas que os clientes podem dar a você.

Isto ajuda a empresa a identificar quais aspectos de seus serviços são bem sucedidos e quais precisam ser melhorados. 

Ele também fornece uma visão das preferências e necessidades dos clientes para que as empresas possam ajustar suas estratégias de acordo com elas.

Avaliar constantemente suas métricas

Para atingir os objetivos do negócio, é essencial avaliar constantemente as métricas do negócio, tais como taxa de aquisição de clientes, taxa de retenção de clientes, valor de vida útil do cliente e vendas por funcionário, só para citar alguns exemplos.

Ao entender como os clientes interagem com seu negócio, as empresas podem tomar decisões mais informadas sobre a melhor maneira de aprimorar seu fluxograma de vendas. 

Isto ajuda a garantir que elas serão capazes de fornecer a melhor experiência possível para os clientes e aumentar as vendas ao longo do caminho.

Apostar em ferramentas de automação

As plataformas de automação podem ser um enorme ativo para qualquer negócio em termos de aumento de lucros.

Um CRM — que nada mais é do que um sistema de gestão de relacionamento com o cliente — é uma das chaves para alcançar a máxima eficiência através da automação.

Os CRMs podem automatizar muitos processos tediosos, tais como rastreamento de leads, campanhas de e-mail marketing e manutenção de banco de dados.

Ao automatizar atividades importantes como estas, resta mais tempo para focar em outros aspectos do negócio que podem gerar mais receita.

Além disso, os CRMs fornecem valiosos insights sobre o comportamento e preferências do cliente, como sistemas de lead scoring, que podem ser usados para otimizar as vendas e os lucros.

Fazer a gestão da sua equipe

Gerenciar uma equipe de vendedores, analistas de marketing e um time de atendimento pode ser complicado, mas compensa para a empresa.

Tudo começa com a contratação das pessoas certas para o trabalho e a criação de uma atmosfera onde elas possam crescer e aprender.

Motivar sua equipe a fazer o melhor possível é essencial, seja através de reforços positivos, seja estabelecendo metas e proporcionando recompensas.

Além disso, é importante fornecer os recursos necessários para o sucesso — desde as ferramentas tecnológicas adequadas até treinamento adicional e dicas sobre como fechar as vendas ou otimizar seus processos.

Quais são os principais objetivos de um bom fluxo de vendas

Quais são os principais objetivos de um bom fluxo de vendas

Os principais objetivos de um fluxo de vendas são levar compradores potenciais a tomar decisões de compra, aumentar a satisfação e lealdade dos clientes e gerar melhores resultados financeiros.

Em cada ponto de contato ao longo do caminho, as empresas precisam fornecer uma experiência sem falhas que ajude os clientes a se sentirem mais confortáveis em investir em seus produtos ou serviços.

Todas as partes interessadas envolvidas devem rastrear indicadores-chave de desempenho, analisar tendências e buscar oportunidades, ao mesmo tempo em que garantem que as atividades de vendas estejam alinhadas com a estratégia geral da marca.

As empresas de maior sucesso são aquelas que dominaram a arte de criar uma jornada de clientes ideal com níveis de experiência de usuário inigualáveis.

O papel da tecnologia no fluxo de vendas

A tecnologia tornou-se uma parte integrante do processo de vendas. Utilizando vários programas de software e bancos de dados digitais, as empresas são capazes de automatizar suas operações de vendas e maximizar a eficiência.

Hoje em dia, é fácil acompanhar as informações dos clientes, tais como preferência, tendências, feedbacks, necessidades, métodos de pagamento preferidos, hábitos de consumo e muitas outras.

Isso ajuda a personalizar os serviços para cada cliente individualmente.

Além disso, os avanços tecnológicos permitem técnicas de marketing personalizadas e sistemas automatizados de suporte ao cliente.

Como resultado, as empresas têm acesso a melhores análises para ajustar e refinar suas estratégias a fim de alcançar mais sucesso.

Conclusão

Um bom fluxo de vendas é essencial para otimizar os processos de sua empresa e aumentar suas receitas.

Lembre-se de que o cliente deve sempre se sentir como o protagonista da compra, portanto sua experiência de usuário deve ser excelente.

É por isso que existe uma ferramenta como Pipe Run: para facilitar sua vida e ajudá-lo a fechar mais negócios!

Então, o que você está esperando? Faça um teste gratuito agora e veja como nosso CRM pode ajudá-lo a aumentar suas vendas!

Mais automação. Mais economia. Mais resultado.

Contar com uma plataforma nacional de aceleração de vendas é muito mais negócio.

Acompanhe todas as novidades sobre Marketing e Vendas

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro!