Perseverança em vendas

Perseverança em vendas: 20 dicas para aumentar sua persistência

A palavra GRIT tem sido alvo cada vez mais nos estudos de alta performance. E não é por acaso.

Angela Duckworth é a principal estudiosa deste assunto (o vídeo dela no TED é excelente).

E a sua definição de GRIT é a que mais tem sido usada pelos profissionais da área: paixão e persistência por objetivos que são de longo prazo.

Em Vendas, na Liderança e Gestão de Pessoas e no Empreendedorismo essa paixão e persistência por objetivos de longo prazo é fundamental.

Isso porque raramente o sucesso é uma linha reta, onde só acontecem coisas positivos, tudo é bom e tudo dá certo sempre.

Pelo contrário!

Sempre que você falar com uma pessoa sobre sucesso e perguntar sobre os momentos difíceis, verá que no fundo é isso que separa os vencedores e os campeões do resto.

Não se trata de sorte. Não é beleza, não é dinheiro, não é relacionamentos.

É como usar tudo isso de maneira positiva, construtiva e, principalmente, de que forma reagir quando as coisas não saem conforme o esperado.

Colin Nanka, escreveu recentemente um artigo com 20 dicas para vendedores aumentarem seu GRIT. (O artigo original, em inglês, está aqui).

Aqui está uma tradução rápida, com comentários, para incentivar você a melhorar seu GRIT. Ou de alguém que você conhece e que possa se beneficiar das idéias.

20 dicas para aumentar seu GRIT

Perseverança em vendas

1 – Pense como EMPRESÁRIO ou EMPRESÁRIA. Todo vendedor ou vendedora é o CEO do seu pequeno negócio.

2 – Pergunte-se sempre: estou com postura e atitudes de herói ou postura e atitudes de vítima?

Canalize energias negativas e a frustração de não atingir uma meta em uma oportunidade de aprendizado.

3 – Coloque seus planos em um papel e siga o que está planejado. Ao final do dia, revise o que fez e o que deu certo.

Mostre seu planejamento e ações para superiores e colegas. Peça feedback.

4 – Crie um grupo de apoio, com pessoas em situações parecidas onde todos encorajem-se mutuamente para o crescimento e troca de ideias sobre como melhorar.

5 – Crie micrometas de atividades por dia e por hora. Ou períodos, como manhã, tarde e noite.

Exemplo: fazer 10 ligações de manhã e 10 à tarde. E comemore sempre que conseguir realizar bem as atividades.

6 – Invista 10 minutos no começo do seu dia ou em momentos mais difíceis para visualizar o seu sucesso.

Parece um pequeno detalhe mas faz uma grande diferença e “recarrega” a sua bateria emocional.

7 – Faça uma lista de livros para ler e comece a dedicar entre 10 e 15 minutos por dia para essa leitura – tanto motivacional quanto técnica.

8 –  Assista pelo menos um vídeo por semana sobre técnicas de vendas e anote num caderno as principais dicas.

Com o passar do tempo você terá uma mina de ouro em mãos.

9 – Para estimular sua disciplina, comece a acordar 15 minutos mais cedo durante uma semana inteira. E use esse tempo para visualização e planejamento do dia.

10 – Comece a meditar 5 minutos por dia e vá aumentando até chegar a 10 ou 15 minutos. Para isso, simplesmente sente de forma confortável, feche os olhos e preste atenção na sua respiração.

Ou, então, repita um mantra, como “estou calmo, estou bem”. Existem hoje bons aplicativos para celular que podem ajudar também.

11 – Comece um “breakfast club”, um grupo de pessoas se reúne pela manhã para trocar cartões, experiências e aumentar sua rede de relacionamentos.

12 – Fique um dia até mais tarde no trabalho e continue ligando para clientes, ex-clientes e prospects fora do horário comercial.

Você vai surpreender-se com o resultado.

13 – Mande toda 2ª feira logo cedo pela manhã 20 e-mails para potenciais clientes com proposta em andamento e/ou inativos.

14 – Entre em contato com vendedores que você sabe que têm bom desempenho e convide-os para almoçar. Pergunte o que estão fazendo e que sugestões teriam.

15 – Comece toda semana com seus objetivos pré-definidos, tanto de vendas quando de atividades.

Perseverança em vendas

Ao final de cada dia, avalie como está indo: em relação ao plano e, ao final da semana.

Faça uma grande revisão de tudo que aconteceu, de preferência com um colega seu ou gestor/líder.

16 – Aprenda algo novo. Pode ser um novo esporte, língua ou hobby por 2 meses no mínimo.

Isso estimula outras áreas do seu cérebro. Tira você da zona de conforto e introduz você a um novo grupo de pessoas.

17) Crie pequenos jogos com você mesmo para manter-se motivado.

Por exemplo: pegue uma folha de papel, faça 10 quadrados e vá marcando ‘X’ em cada ligação ou contato que fizer.

Pinte na sua cor preferida cada quadrado que for uma venda. Existem 1001 variações – encontre uma que você goste e que lhe motive. E, principalmente: não espere que alguém faça isso por você.

18 – Prepare uma apresentação, como se fosse dar uma palestra para sobre um produto/serviço/solução específico da sua empresa.

Depois, compartilhe com clientes e com seus colegas.

19 – Dobre suas metas. Se você trabalhar com 2x de metas, vai notar rapidamente que terá que mudar tudo que está fazendo.

E isso com certeza vai estimular muito mais atividades e seu próprio crescimento.

20) Mesmo que você não bata a meta no final do mês, lembre que o valor de várias vendas pequenas vai se somando e vai reforçando sua confiança para dar passos maiores.

Use as pequenas vitórias como combustível motivacional para sempre buscar resultados maiores.

Duas perguntas para terminar:

a) Dessas 20 dicas, qual delas você pode colocar em prática agora mesmo para melhorar seus resultados?

b) O que VOCÊ tem feito para reanimar-se quando começa a sentir que está desanimando e perdendo energia e foco para superar suas metas?

Abraço e boas vendas!

*Este guest post foi escrito por Raul Candeloro.

Augusto Turcato
conteudo@odig.net

Augusto Turcato faz parte do time de marketing que ajuda milhares de vendedores, gestores e empreendedores brasileiros a aumentar suas vendas com metodologias e tecnologias aqui no CRM PipeRun.