Como ser um bom vendedor?

7 min de leituraComo ser um bom vendedor? Os disciplinados são acima da média

Como ser um bom vendedor? Essa talvez seja a clássica “pergunta de 1 milhão de reais”. E a resposta, claro, nunca vem pronta, tampouco é fácil de ser encontrada.

A verdade é que a tarefa de vender requer paciência, organização, atenção e, claro, bastante disciplina. Esse último item é importante e não pode ser negligenciado. É só através dela que será possível constantemente aprimorar o processo comercial de qualquer negócio.

Para quem se pergunta diariamente sobre como ser um bom vendedor, algumas coisas precisam ficar claras desde o princípio. Entre os grandes diferenciais entre os vendedores de sucesso para os vendedores medianos estão, principalmente, a capacidade de motivação destes.

Vendedores disciplinados vendem mais – isso é um fato!

Enquanto os grandes vendedores sempre se preocupam em medir a sua performance e efetivamente ajudar aos clientes, todos os vendedores medianos ficam pensando apenas em vender mais ou principalmente aumentar sua comissão.

Esses são alguns caminhos de como ser um bom vendedor, mas não o único. Por isso, neste artigo, listamos algumas caminhos que você pode trilhar para conseguir sucesso em vendas todos os dias.

Falaremos da importância da disciplina, mas também daremos algumas outras dicas para você aplicar na rotina de vendas.

Vamos lá?

Boa leitura!

Como ser um bom vendedor? Ter disciplina é meio caminho andado! 

Como ser um bom vendedor? Seja disciplinado!

O grande diferencial em ter uma boa performance em vendas, está em uma boa disciplina. Os vendedores precisam acima de tudo enxergar não somente o dia, mas medir todo o seu desempenho de forma contínua. Eles revisitam suas técnicas de vendas, treinamentos e não tem medo de mudanças e aprimorar seus conhecimentos.

Tudo isso é essencial para o caminho de como ser um bom vendedor. De como ter excelência ao trabalho no setor de vendas.

Os bons profissionais de vendas, os vendedores disciplinados, têm metas pessoais diferenciadas e geralmente muito ambiciosas, tudo independente de suas metas de negócios. Por isso, é importante aos gerentes de vendas prestarem atenção especial a estes aspectos da vida de seus vendedores.

Normalmente, são pelas metas pessoais que eles são movidos, e tudo isto influência de forma direta todo o seu desempenho profissional, pois motivação é um dos fatores que move a área de vendas, da mesma forma que os frustram.

Dentro da vida disciplinada dos bons vendedores, em especial é certamente a de identificar o quanto seus clientes estão satisfeitos e, o quanto gostam do produto, como também o trabalho que o vendedor faz por eles.

Esta relação de confiança e cuidado faz com que os clientes ainda indiquem seu trabalho a outros parceiros de negócios e acima de tudo ampliem suas vendas automaticamente, sendo então imprescindível prestar atenção aos seus clientes.

Vendedores disciplinados recebem indicações

Não são todos os dias que surgem indicações, mas quando surgem precisamos entender tudo o que representam e suas motivações e é necessário dedicar-se da forma como os clientes merecem, principalmente aos clientes que fora lhe indicado, pois além de seu nome, há outro cliente lhe indicando.

Não apenas o vendedor, mas sua empresa precisa ser vista como diferenciada, que treina seus vendedores que detém conhecimento acima da média, e muitos vendedores acreditam que ser um bom especialista no que vendem é suficiente.

Mas isto está bem longe de ser real. É importante ser um grande especialista no mercado inteiro para vender também, precisa conhecer o seu próprio produto como também o produto final do seu cliente, assim como o concorrente do seu cliente, até mesmo o cliente do seu cliente.

Tendo em vista os pontos citados, vendedores excepcionais são motivados, cuidadosos, atentos aos clientes, estudiosos, organizados e conhecedores tanto do produto quanto do mercado que atuam, assim como de toda cadeia produtiva em que estão inseridos, mas acima de tudo e principalmente, disciplinados.

5 dicas para você que quer saber como ser um bom vendedor

A construção de um vendedor acima da média ocorre com tempo – o papel da disciplina certamente já ficou claro para você, certo? Mas há outros fatores que não podem ser negligenciados dentro da missão de como ser um bom vendedor.

Algumas já citamos em parágrafos anteriores, mas é preciso reforçá-las. Afinal, dá bastante trabalho ser um bom vendedor. Mas, quando você consegue garantir o chamado customer success, você percebe que valeu a pena o esforço.

Por isso, preste atenção nessas dias para você que deseja se tornar um bom vendedor, ok?

Dicas de como ser um bom vendedor

1 – Conheça bem o seu cliente

É ponto de partida básico para ser um ótimo vendedor, ou o chamado closer. Conhecer o cliente, entender como ele age, quais as suas dores, quais suas dúvidas. Tudo isso dá uma vantagem enorme na hora de entrar em contato com ele.

É um conhecimento que guiará o discurso de vendas. Você saberá como abordá-lo, personalizando o seu discurso, gerando valor para ele – o que é fundamental para o fechamento do negócio.

Ter um script de vendas e segui-lo é importante, mas não pode ser feito de maneira cega. Por isso, quanto mais definido por o perfil do cliente ideal das empresas, mais conhecimento você terá e mais fácil poderá vender.

2 – Tenha empatia

Saiba colocar-se no lugar dos outros. No caso de vendas, na posição do prospect. É um dos pontos cruciais de como ser um bom vendedor.

Entenda que ele tem algumas dores que precisam ser sanadas. Se for vendas B2B, pode haver pressão por melhores resultados comerciais ou para reestruturação de alguma área.

Por isso, não pense somente em alcançar suas metas e objetivos. Não force a venda a todo custo atropelando etapas. Não é uma boa imagem a se passar.

Dentro dessa ideia, escutar mais do que falar é estratégico. Como dissemos, não é saudável empurrar a venda e você não conseguirá vencer todos pelo cansaço.

Escute. Pense em como a solução vendida atende ao cliente em potencial e, assim, direcione o pitch de vendas para esse caminho.

3 – Aprimore-se e registre todo o conhecimento obtido

Adquirir sempre mais conhecimento. O tempo inteiro. Ter treinamento de vendas, investir em coaching… tudo o que aprimorar a inteligência na área é fundamental.

E tudo o que for aprendido quanto à melhores práticas, gatilhos, emails, falas, deve ser registrado e ficar ao acesso de todos no playbook de vendas.

Além disso, saiba pedir ajuda para quem sabe mais do que você. Não há nada de errado nisso.

Peça auxílio sobre melhores maneiras de aplicar o discurso, ferramentas que ajudam você a tornar-se mais produtivo, entre outras coisas.

4 – Seja mais persuasivo

Confie e aprimore o seu poder de persuasão. Convencer as pessoas e contornar objeções ao fechamento do negócio é um treinamento constante e não pode ser deixado em segundo plano.

Por mais que você se esforce e mostre que o produto ou serviço valha a pena, sempre pode haver receio no cliente quanto à compra. E é aí que você precisa persuadi-lo.

Mas, como dissemos, isso é um aprendizado constante. Você tentará diversas maneiras de convencimento e muitas falharão. Mas, quando encontrar a forma ideal, criando uma conexão com o prospect, explore e aprimore ela.

5 – Aprenda a importância do follow up

As vendas não acontecem no primeiro contato das pessoas com a marca – mas isso você provavelmente já deve saber. É preciso estar constantemente falando com os prospects para garantir que o que você precisa seja alcançado.

Afinal, ele tem a sua própria rotina e pode não estar priorizando naquele momento o fechamento com a sua empresa.

Dentro dessa realidade, cresce a importância do follow up. Você precisa “ficar em cima” do potencial cliente para que ele responda à sua marcação de agenda, proposta, contraproposta, o que for.

Essa técnica garantirá que ele siga evoluindo pelo funil de vendas para, então, finalmente, comprar o que você vende.

Com essas dicas, esperamos que você tenha sucesso na missão de como ser um bom vendedor todos os dias – independente da área em que você atua.

E aí, como podemos te ajudar?

Se você ficou com dúvida sobre esse artigo, ou então tem dificuldades em vender no dia a dia, fale com um consultor hoje mesmo.

Aproveite e leia dois artigos que ajudarão você a ser um vendedor sempre mais capacitado.

O primeiro fala sobre a metodologia SPIN Selling, para você vender mais e melhor.

Já o segundo aborda algumas métricas de vendas que podem ser úteis onde você trabalha.

Boas vendas!

Um abraço do PipeRun, o seu CRM. #RunPipeRun

PipeRun CRM de Vendas

Curtiu? No PipeRun você coloca tudo isso em prática.

Use o CRM PipeRun e acelere as vendas da sua empresa.

Fausto Reichert
fausto@pipe.run