O que é pivotar em uma empresa? Veja como fazer

pivotar empresa
Augusto Turcato
Augusto Turcato, especialista há 9 anos em marketing de conteúdo, faz parte do time de marketing que ajuda milhares de vendedores, gestores e empreendedores brasileiros a aumentar suas vendas com metodologias e tecnologias aqui no CRM PipeRun.

Resumo do artigo:

Pivotar em um contexto de negócios significa mudar fundamentalmente a estratégia ou o modelo de negócios de uma empresa após reconhecer que a abordagem atual não está atingindo as metas desejadas;

É necessário pivotar quando os indicadores-chave de desempenho (KPIs) são insatisfatórios, o mercado muda significativamente, a resposta do cliente é fraca, ou quando surgem oportunidades melhores e mais viáveis;

Utilizar o CRM de Vendas como o da PipeRun pode facilitar o processo de pivotar, pois oferece insights detalhados sobre clientes, vendas e muito mais.

Você já ouviu falar no termo pivotar? Sabe o que ela realmente significa? 

Imagine que você está em uma viagem de barco e percebe que a direção que você está seguindo pode não levar ao destino desejado. 

Pivotar seria como ajustar as velas ou o leme, mudando ligeiramente o curso para aproveitar melhor os ventos e as correntes. 

No contexto empresarial, nada mais é do que reconhecer que a abordagem atual pode não estar funcionando como esperado e, em vez de continuar no mesmo caminho, você faz ajustes para melhor atender às necessidades do mercado ou aproveitar novas oportunidades.

Neste artigo, você vai entender mais profundamente o conceito de pivotar em uma empresa, além de sua importância e como pode ser feito de forma eficaz.

MODELO DE PLAYBOOK DE VENDAS PARA BAIXAR

Quer um modelo de Playbook de Vendas 

para adaptar para a sua equipe?

Organize o processo de vendas e o conhcimento da sua equipe. Acele vendas, treinamento e as boas práticas com o playbook de vendas pronto e editável.

Você receberá um email com material. Confira a caixa de entrada e Spam.

O que é pivotar?

Pivotar é um termo usado no mundo empresarial para descrever uma mudança na estratégia de uma empresa. 

Essa mudança geralmente acontece quando a empresa percebe que seu modelo de negócio atual, produtos, serviços ou abordagem de mercado não estão trazendo os resultados esperados ou não são mais viáveis. 

Ao pivotar, a empresa mantém alguns elementos essenciais de sua operação original, mas realinha outros aspectos para se adaptar a novas oportunidades e demandas do mercado.

Essa mudança pode significar, por exemplo, mudar o público-alvo, alterar o produto principal, modificar o modelo de receita, ou até mesmo redefinir a missão e visão da empresa. 

O objetivo principal de pivotar é justamente encontrar um novo caminho que seja mais promissor em termos de crescimento e sucesso no mercado.

Ou seja, pivotar não é uma decisão tomada levianamente. Geralmente, vem após uma análise cuidadosa do mercado, feedback dos clientes e uma avaliação realista dos pontos fortes e fracos da empresa. 

Ao pivotar, as empresas buscam não apenas sobreviver, mas prosperar e se adaptar a um ambiente de negócios que está sempre mudando.

Leia também: Comunicação empresarial: o que é, tipos, estratégias e como melhorar

O que é pivotar?

Quando é o momento de pivotar?

Identificar o momento certo para pivotar em uma empresa é crucial. 

Portanto, não é uma decisão que deve ser tomada apressadamente, mas sim depois de uma cuidadosa reflexão e análise. 

Aqui estão alguns sinais que podem indicar que é hora de considerar um pivot:

1. Baixo desempenho das vendas ou interesse do cliente

Suas vendas estão abaixo das expectativas ou o interesse dos clientes parece estar diminuindo?  Isso pode ser um sinal claro de que algo não está funcionando. 

Pode ser o produto em si, o modo como é comercializado, ou até mesmo o público-alvo escolhido…

Independentemente da situação, essa é uma bandeira vermelha que indica que a empresa precisa reavaliar sua oferta e possivelmente mudar de direção.

2. Feedback dos clientes

Os clientes também são uma fonte valiosa de insights. Se eles estão sempre sugerindo melhorias, pedindo novos recursos, ou expressando insatisfação com os produtos ou serviços atuais, saiba que é preciso mudar a rota. 

Pivotar com base no feedback dos clientes pode levar a melhorias significativas no produto ou serviço, aumentando também a satisfação e a fidelidade do cliente.

3. Mudanças no mercado

O mercado nunca é estático. Afinal, novas tendências, tecnologias emergentes e mudanças nas preferências dos consumidores podem rapidamente tornar um produto ou serviço obsoleto. 

Quando o mercado evolui, as empresas precisam estar prontas para se adaptar. 

Ignorar as mudanças do mercado pode deixar uma empresa para trás, enquanto se adaptar a elas pode abrir novas oportunidades de crescimento.

4. Dificuldade em escalar

Se uma empresa está lutando para crescer ou expandir conforme planejado, pode ser que a estratégia atual não seja sustentável ou escalável. 

Às vezes, uma mudança de direção pode abrir novos caminhos para o crescimento, permitindo que a empresa alcance um público mais amplo ou otimize seus processos de produção e distribuição.

5. Concorrência Intensa

Em um mercado com muitos concorrentes, se destacar pode ser um grande desafio. 

Nesse cenário, se a empresa está lutando para competir ou se diferencia, pivotar para oferecer algo único que os concorrentes não oferecem é uma estratégia eficaz. 

Isso pode envolver mudar o foco do produto, explorar um nicho de mercado inexplorado ou adotar uma abordagem completamente nova para o negócio.

6. Falta de lucratividade

Agora, se a empresa não está sendo lucrativa ou se sua margem de lucro está em declínio, significa que o modelo de negócios atual pode não ser mais viável. 

Pivotar pode envolver mudanças na estrutura de preços, na estratégia de custos, ou até mesmo uma revisão completa do modelo de negócios para garantir a sustentabilidade financeira a longo prazo.

Leia também: Balanced Scorecard (BSC): o que é, pilares, vantagens e como aplicar

pivotar significado

Como pivotar um negócio?

Pivotar um negócio é uma decisão estratégica importante que pode definir o futuro de uma empresa. 

É um processo que envolve mudar fundamentalmente aspectos do seu modelo de negócios, produtos ou mercado-alvo, com o objetivo de se adaptar a um ambiente em constante mudança ou responder a desafios e oportunidades não previstos. 

Abaixo, exploramos os passos essenciais para pivotar um negócio de forma eficaz e responsável.

1. Identificar a necessidade de mudança

O primeiro passo para pivotar um negócio é reconhecer que uma mudança é necessária. 

Isso envolve uma análise crítica e honesta do desempenho atual da empresa. 

Portanto, olhe para os indicadores-chave, como canais de vendas, feedback dos clientes e desempenho financeiro. 

Além disso, ouça atentamente o que os clientes estão dizendo e esteja aberto a receber críticas. 

Nesse tipo de situação, é importante manter uma mentalidade aberta e estar disposto a reconhecer que o modelo de negócios atual pode não ser o mais eficaz.

Após a identificação, faça uma pesquisa interna para entender onde as mudanças são necessárias.

Esse processo de coleta de informações ajudará a formar uma base sólida para o próximo passo.

2. Definir a nova direção

Depois de reconhecer a necessidade de pivotar, é crucial definir claramente a nova direção que a empresa tomará. 

Como comentamos anteriormente, isso pode significar mudar o público-alvo, modificar o produto ou serviço, alterar o modelo de receita, ou até mesmo mudar completamente o foco do negócio. 

Lembrando que essa nova direção deve ser alinhada com as necessidades do mercado, as capacidades da empresa e as metas de longo prazo.

Após definir a nova direção, também é importante ser específico, estabelecendo objetivos claros e mensuráveis. 

Por exemplo, se você está mudando seu público-alvo, defina quem são esses novos clientes e o que eles procuram. 

Se está alterando o produto, detalhe quais serão as mudanças e como elas atenderão melhor às necessidades do mercado.

3. Planejar e executar a mudança

Com a nova direção definida, o próximo passo é criar um plano detalhado para implementar a mudança. 

Isso deve incluir estratégias específicas para marketing, vendas, desenvolvimento de produtos e operações. 

Como parte do processo, defina quem na equipe será responsável por cada aspecto da mudança e estabeleça um cronograma realista para a implementação.

A execução do plano de pivot requer uma comunicação clara e eficaz com todas as partes interessadas, incluindo funcionários, clientes, investidores e parceiros. 

Além disso, não esqueça de manter todos informados sobre as mudanças que estão sendo feitas e o motivo delas. 

A transparência é essencial para ganhar o apoio e a confiança dos envolvidos.

4. Monitorar e ajustar

Após a implementação das mudanças, é vital monitorar de perto o impacto delas no negócio, avaliando o sucesso com base em métricas e feedbacks. 

Nesse sentido, esteja preparado para fazer ajustes conforme necessário, já que o processo de pivot não é uma solução única e pode exigir várias iterações para acertar.

Monitorar envolve acompanhar indicadores de desempenho como vendas, engajamento do cliente e lucratividade. 

Portanto, esteja atento às respostas dos clientes e esteja disposto a ajustar sua estratégia se não estiver obtendo os resultados desejados. 

EBOOK GRÁTIS

Baixe Guia Completo para
Gestão de Times de Vendas

O material irá por e-mail. Confira a caixa de entrada e também a de SPAM.

Por que o CRM de Vendas é importante na pivotagem?

Quando uma empresa decide pivotar, seja introduzindo um novo produto, explorando um novo mercado ou ajustando seu modelo de negócios, o CRM de Vendas da PipeRun se torna uma ferramenta indispensável. 

Em resumo, CRM PipeRun é a ferramenta ideal para testar e gerenciar novas estratégias, já que oferece uma visão abrangente e detalhada de todas as interações com os clientes, permitindo ajustes rápidos e informados.

Mas, os benefícios não param por aí. Descubra mais nos tópicos abaixo!

Recursos clássicos para agilizar o processo

O CRM de Vendas da PipeRun oferece recursos como múltiplos funis kanban e automações de atividades, que são essenciais para tornar o processo de pivotagem mais ágil e eficiente. 

Esses recursos te permitem organizar processos e acompanhar diferentes fases de vendas ou experimentações de mercado de maneira clara e estruturada. 

As automações ainda reduzem o tempo gasto em tarefas repetitivas, fazendo com que a equipe se concentre em aspectos mais estratégicos do pivot.

Foco nos relatórios para mensuração de sucesso

A chave para medir o sucesso de novas estratégias em um processo de pivotagem está nos relatórios detalhados fornecidos pelo CRM. 

O CRM PipeRun oferece uma variedade de relatórios que possibilita acompanhar diversos aspectos das estratégias implementadas. Esses relatórios incluem:

  1. Relatórios de vendas: ideal para acompanhar o desempenho de vendas de novos produtos ou em novos mercados;
  2. Relatórios de atividades: serve para monitorar a eficiência das atividades de vendas e marketing;
  3. Relatórios de pipeline: facilita a visualização de progresso nas diferentes fases do funil de vendas;
  4. Relatórios de performance de equipe: permite avaliar o desempenho da equipe sob as novas estratégias;
  5. Relatórios de conversão: ajuda a entender a eficácia das estratégias na conversão de leads em clientes;
  6. Relatórios de satisfação do cliente: útil para medir o impacto das mudanças na percepção e satisfação dos clientes.

Adaptabilidade e insights precisos

Usar o CRM PipeRun na pivotagem não só facilita a gestão e implementação de novas estratégias, mas também garante insights valiosos que podem guiar futuras decisões. 

Com os dados e análises gerados pelos relatórios, é possível ter  uma base sólida para avaliar o que está funcionando e o que precisa ser ajustado para realizar uma adaptação rápida e eficaz às demandas do mercado.

Gostou e quer conhecer todos os benefícios que nossa ferramenta pode oferecer para a sua empresa?

Entre em contato hoje mesmo com um de nossos consultores!

Conclusão

Se você chegou até aqui, já sabe o que significa pivotar em uma empresa, quando é o momento certo para fazê-lo e como realizar essa mudança estratégica de forma eficaz. 

Lembrando que pivotar é uma decisão importante que envolve reconhecer a necessidade de mudança, redefinir a direção do negócio e implementar novas estratégias com um planejamento cuidadoso. 

Inclusive, quando feita de forma estratégica e bem informada, pode abrir novos caminhos para o sucesso e crescimento da empresa. 

Se você gostou desse conteúdo e quer explorar mais tópicos semelhantes, te convidamos a conferir nossos novos artigos. 

Toda semana, compartilhamos dicas, insights e outros materiais para te ajudar a navegar no mundo dos negócios com confiança e sucesso. 

Aproveite nossos conteúdos e continue aprimorando sua jornada.

Até a próxima e sucesso!

FAQ – Perguntas Frequentes

O que significa a expressão pivotar?

Pivotar é um termo usado principalmente no mundo dos negócios e startups para se referir ao processo de fazer uma mudança significativa na estratégia, direção ou foco de uma empresa. Essa mudança é feita em resposta a feedbacks do mercado, desafios ou oportunidades, com o objetivo de alcançar maior sucesso ou eficiência.

O que é pivotar startup?

Pivotar uma startup significa alterar algum aspecto do negócio – seja o modelo de negócios, o produto, o mercado-alvo ou a estratégia – para melhor responder às demandas do mercado, superar desafios ou aproveitar novas oportunidades. É um ajuste estratégico que startups fazem para encontrar o caminho mais viável e lucrativo para o sucesso.

O que é pivotar a carreira?

Pivotar a carreira envolve fazer uma mudança significativa na trajetória profissional. Isso pode incluir mudar de indústria, função, ou até mesmo adotar um novo conjunto de habilidades. Esse tipo de pivot é frequentemente motivado pelo desejo de satisfação pessoal, melhores oportunidades de emprego, ou a necessidade de adaptação.

Mais automação. Mais economia. Mais resultado.

Contar com uma plataforma nacional de aceleração de vendas é muito mais negócio.

Acompanhe todas as novidades sobre Marketing e Vendas

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro!