Freemium: o que é e como funciona esse modelo de negócio?

freemium
Augusto Turcato
Augusto Turcato, especialista há 10 anos em marketing de conteúdo, faz parte do time de marketing que ajuda milhares de vendedores, gestores e empreendedores brasileiros a aumentar suas vendas com metodologias e tecnologias aqui no CRM PipeRun.

Resumo do artigo:

Freemium é um modelo de negócios onde produtos ou serviços básicos são oferecidos gratuitamente aos usuários, enquanto as funcionalidades avançadas ou adicionais são pagas;

As vantagens desse modelo incluem a atração de um grande número de usuários, a possibilidade de experimentação e o potencial de conversão de usuários gratuitos em pagantes;

Você sabia? O CRM de Vendas PipeRun oferece um teste gratuito de 14 dias, permitindo que você avalie a ferramenta antes de se comprometer financeiramente. Experimente já!

No mundo dos negócios, sempre surgem ideias inovadoras para atrair novos clientes, e uma ideia que ganhou bastante destaque nos últimos anos é o modelo freemium.

Esse termo pode parecer um pouco estranho à primeira vista, mas nós vamos te explicar sobre o que se trata.

O modelo freemium é muito popular em aplicativos de smartphone, jogos on-line e serviços de software, mas não se limita a esses campos. 

Ele pode ser aplicado em diversas áreas e tem se mostrado uma estratégia eficaz para atrair um grande número de usuários.

No entanto, apesar de simples, apresenta diversos detalhes e estratégias que precisam ser exploradas para ser aplicado de forma eficaz. 

Continue lendo para descobrir o que é e como o modelo freemium pode ser aplicado de forma eficaz, as vantagens e desafios que ele apresenta, e como usá-lo como um diferencial da sua empresa.

MODELO DE PLAYBOOK DE VENDAS PARA BAIXAR

Quer um modelo de Playbook de Vendas 

para adaptar para a sua equipe?

Organize o processo de vendas e o conhcimento da sua equipe. Acele vendas, treinamento e as boas práticas com o playbook de vendas pronto e editável.

Você receberá um email com material. Confira a caixa de entrada e Spam.

O que é a estratégia freemium?

A estratégia freemium, como o próprio nome sugere, é uma combinação de “free” (gratuito) e “premium”. 

Nesse modelo, as empresas oferecem um produto ou serviço de forma gratuita, mas com algumas limitações. 

Na prática, o que acontece é o seguinte: quando você começa a usar o produto ou serviço, não paga nada. 

Ou seja, você tem acesso a uma versão com recursos limitados, que são suficientes para começar a usar e entender como funciona. 

Se você gostar e quiser mais funcionalidades, aí sim, você tem a opção de pagar por uma versão premium.

O objetivo dessa estratégia é atrair um grande número de usuários oferecendo algo de graça e, depois, converter uma parte desses usuários em clientes pagantes. 

Para as empresas, é uma maneira de mostrar o valor do seu produto ou serviço sem forçar o usuário a pagar imediatamente. 

Já para os usuários, é a chance de testar antes de decidir se vale a pena investir no produto ou serviço.

Qual é a principal característica do modelo de negócio freemium?

A principal característica do modelo de negócio freemium é a oferta de uma versão limitada do produto ou serviço sem custo algum para os usuários. 

Como comentamos, a versão gratuita geralmente inclui funcionalidades limitadas, que são suficientes para dar ao usuário uma ideia do que o produto ou serviço pode fazer. 

O objetivo é que, após experimentar a versão gratuita, ele perceba o valor daquilo que é oferecido e decida pagar pela versão completa, também conhecida como premium.

A versão premium, por sua vez, oferece funcionalidades adicionais, melhor suporte, ou uma experiência sem anúncios, dependendo do caso.

Por exemplo, um aplicativo de música pode permitir que você escute músicas de graça, mas com anúncios e sem a possibilidade de pular faixas ilimitadamente. 

Se você optar pela versão paga, os anúncios são removidos, e você ganha acesso a recursos adicionais, como pular faixas sem limites e ouvir música off-line.

Em resumo, esse modelo é eficaz para atrair um grande número de usuários, já que não há barreira financeira inicial, e permite monetizar uma parte desses usuários para uma experiência melhor ou mais completa.

Leia também: ARR: o que é, importância, cálculo e análise

Quais as vantagens da estratégia freemium?

Quais as vantagens da estratégia freemium?

As vantagens da estratégia freemium são várias e bastante relevantes para empresas que buscam crescer e atingir um público amplo. 

Para te ajudar a entender melhor, aqui estão algumas das principais:

Aumento da base de usuários

Uma grande vantagem do modelo freemium é sua capacidade de atrair rapidamente uma grande base de usuários. 

Como a entrada é gratuita, mais pessoas são incentivadas a experimentarem o produto ou serviço, sem preocupações financeiras imediatas. 

Isso é muito útil para novas empresas ou produtos que precisam de visibilidade e alcance no mercado.

Construção de confiança e relacionamento

Como já comentamos, o modelo freemium permite que o usuário conheça e confie no produto ou serviço antes de fazer qualquer investimento financeiro. 

Dessa maneira, ao usar a versão gratuita, fica muito mais fácil avaliar qualidade e a utilidade do que está sendo oferecido. 

Oportunidades de feedback e melhoria

Ao oferecer uma versão gratuita, sua empresa passa a receber feedbacks de um grande número de usuários. 

Esses feedbacks podem ser usados para melhorar o produto ou serviço, ajustando suas funcionalidades às necessidades e preferências dos usuários. 

Inclusive, também podem fazer toda a diferença para criar uma boa estratégia visando aumentar a probabilidade de conversão para a versão paga.

Monetização de usuários comprometidos

Enquanto muitos usuários podem ficar na versão gratuita, sempre haverá uma parcela que optará pelo upgrade para a versão premium. 

Esses são, geralmente, os usuários mais comprometidos e que percebem valor suficiente no produto para pagar por recursos adicionais ou uma experiência aprimorada.

Leia também: Segmentação de clientes: o que é, tipos, benefícios e como fazer

Marketing boca a boca

Um usuário satisfeito com a versão gratuita de uma solução é, sem dúvidas, mais propenso a compartilhar sua experiência positiva com outras pessoas. 

O resultado disso? Publicidade boca a boca — uma das formas mais eficazes e de baixo custo de marketing para expandir o alcance e a visibilidade da marca.

Coleta de dados para personalização e vendas

Com muitos usuários na versão gratuita, sua empresa passa a ter acesso a uma grande quantidade de dados. 

Esses dados podem ser analisados para entender melhor o comportamento dos usuários, personalizar a experiência do usuário e criar ofertas mais direcionadas para incentivar a conversão para a versão premium.

Redução de barreiras para experimentação

O modelo freemium também reduz as barreiras para novos usuários experimentarem um produto ou serviço. 

Sem a necessidade de um compromisso financeiro inicial, mais pessoas estarão dispostas a tentar algo novo, o que pode levar a um maior engajamento e eventual conversão para clientes pagantes.

Aumento do valor percebido

Para os usuários, a possibilidade de acessar gratuitamente certas funcionalidades aumenta o valor percebido do produto ou serviço. 

Após o uso, quando encontram limitações na versão gratuita que podem ser resolvidas com a versão premium, podem optar pela versão paga para aproveitar todos os benefícios de maneira completa.

Leia também: Vantagem competitiva: o que é, tipos e como garantir na sua empresa?

Quais os principais riscos do modelo freemium?

Quais os principais riscos do modelo freemium?

O modelo freemium, apesar de oferecer várias vantagens, também apresenta riscos que precisam ser considerados e gerenciados. 

Vamos explorar alguns desses riscos principais a seguir?

Dificuldade em converter usuários gratuitos em pagantes

Um dos maiores desafios do modelo freemium é conseguir converter uma parte significativa dos usuários da versão gratuita para a versão paga. 

Muitas vezes, o usuário pode se sentir satisfeito com as funcionalidades gratuitas e não ver necessidade de pagar pela versão completa, limitando a geração de receita da empresa.

Custos elevados de manutenção

Oferecer uma versão gratuita de um produto ou serviço implica em custos operacionais, como hospedagem de servidor, suporte ao cliente e atualizações constantes. 

Se uma grande parte dos usuários não migrar para a versão paga, a empresa pode ter dificuldades em cobrir esses custos e manter a sustentabilidade do negócio.

Degradação da percepção de valor

Existe o risco de que a versão gratuita de um produto ou serviço possa diminuir a percepção de seu valor total. 

Isso porque, se os usuários acharem que a versão gratuita já atende bem às suas necessidades, podem questionar o valor agregado da versão paga, dificultando assim a conversão de usuários pagantes.

Atrair o público errado

O modelo freemium também pode atrair usuários que estão interessados apenas na oferta gratuita e que nunca pretendem pagar pelo serviço.

Isso pode levar a uma base de usuários grande, mas não lucrativa, consumindo recursos sem contribuir para a receita.

Dificuldades na diferenciação de recursos

Determinar quais recursos incluir na versão gratuita e quais reservar para a versão paga pode ser um desafio. 

Afinal, se a versão gratuita for muito limitada, pode não atrair usuários suficientes. 

Por outro lado, se for muito generosa, pode reduzir o incentivo para os usuários pagarem pela versão premium.

Riscos de segurança e privacidade

Ao oferecer uma versão gratuita, é normal atrair um grande número de usuários.

Apesar dessa ação significar mais potenciais clientes para o negócio, também pode aumentar os riscos de segurança e privacidade. 

Portanto, a empresa precisa garantir que dados dos usuários estejam protegidos, o que pode exigir investimentos adicionais em segurança.

EBOOK GRÁTIS

Guia para estruturar Estruturar Setor de Pré-Vendas (SDR) de Alta Performance

O material irá para o seu e-mail. Veja a caixa de entrada e também a de spam.

Como implementar e gerir o modelo freemium?

Implementar e gerir um modelo freemium exige uma abordagem cuidadosa e estratégica. 

Se você ainda não sabe por onde começar, listamos e explicamos algumas etapas importantes que podem ajudar nesse processo.

Definir claramente o que será oferecido gratuitamente

Ao adotar o modelo de negócio freemium, é crucial definir com clareza quais recursos ou serviços serão oferecidos na versão gratuita e quais serão reservados para a versão premium. 

Lembrando que essa decisão deve ser baseada em uma compreensão profunda das necessidades e do comportamento do seu público-alvo.

Estratégia de monetização

Outro passo fundamental é desenvolver uma estratégia clara de como monetizar os usuários da versão gratuita. 

Alguns exemplos incluem a introdução de anúncios, limitações de uso que incentivem o upgrade, ou ofertas especiais para a conversão em clientes pagantes.

Focar na experiência do usuário

A experiência do usuário na versão gratuita deve ser positiva o suficiente para mantê-lo engajado, mas também deve deixar claro os benefícios de se atualizar para a versão paga. 

O ponto-chave é manter um equilíbrio delicado entre mostrar o valor do produto, sem tornar a versão gratuita insatisfatória.

Coletar e analisar dados

Uma dica essencial para negócios que adotam o modelo freemium é usar os dados e feedbacks dos usuários para entender como eles estão interagindo com a versão gratuita e o que pode incentivá-los a fazer o upgrade. 

Estamos falando de análise de comportamento, pesquisas de satisfação e monitoramento de tendências de uso.

Marketing e comunicação eficazes

Além de tudo isso, você também precisa desenvolver uma estratégia de marketing e comunicação eficaz para educar os usuários sobre os benefícios da versão premium. 

Algumas ideias são campanhas de e-mail, publicidade direcionada e conteúdo informativo sobre as vantagens da versão paga.

Suporte e atualizações contínuas

Mesmo na versão gratuita, você precisa fornecer suporte adequado e atualizações regulares para manter os usuários satisfeitos e interessados na sua solução.

Afinal, manter seu produto relevante ao longo do tempo demonstra comprometimento com a qualidade e melhoria contínua por parte da empresa.

Avaliação e ajuste contínuos

Finalmente, é importante avaliar regularmente o desempenho do modelo freemium e fazer ajustes conforme necessário. 

Esses ajustes podem incluir mudanças na estrutura de preços, atualizações nas ofertas de recursos ou alterações na estratégia de marketing.

EBOOK GRÁTIS

Baixe Guia Completo para
Gestão de Times de Vendas

O material irá por e-mail. Confira a caixa de entrada e também a de SPAM.

Modelo freemium por 14 dias do CRM de Vendas PipeRun

Uma abordagem diferente do modelo freemium tradicional é o freemium por tempo determinado, também conhecido como trial. Você já ouviu falar dele?

Nesse formato, ao invés de oferecer uma versão gratuita sem prazo de expiração, as empresas passam a oferecer acesso completo ao produto ou serviço por um período limitado. 

Esse método permite que os usuários experimentem todas as funcionalidades de uma solução antes de decidirem se querem ou não pagar por ele.

O CRM de Vendas PipeRun, por exemplo, oferece um período de teste gratuito de 14 dias, durante os quais os usuários têm acesso completo a todas funcionalidades do sistema.

Se você ainda não conhece, o CRM PipeRun é uma ferramenta criada para ajudar seu negócio a gerenciar e otimizar seus processos de vendas. 

Ele oferece recursos como automação de vendas, gerenciamento de leads, acompanhamento de negociações, integração de e-mail, relatórios detalhados e muito mais.

Cada uma dessas funcionalidades contribui para aumentar a eficiência das equipes de vendas, melhorar o acompanhamento de clientes potenciais e, é claro, impulsionar as vendas.

Gostou e quer saber mais? 

Aproveite essa oportunidade para descobrir todos os benefícios que nosso CRM tem a oferecer.

Conclusão

Conforme abordamos ao longo deste artigo, o modelo freemium é uma estratégia de negócios inovadora.

De modo geral, ele permite que empresas de diversos setores alcancem um público amplo, oferecendo uma experiência inicial com suas soluções, mas sem custos.

Embora seja uma estratégia atraente, implementar e gerenciar um modelo freemium apresenta alguns desafios.

Isso porque, envolve encontrar o equilíbrio certo entre o que é oferecido gratuitamente e o que é reservado para a versão premium, além de garantir a sustentabilidade financeira do modelo. 

Empresas como a PipeRun, por exemplo, exploram variações desse modelo, como a oferta de um teste gratuito, demonstrando a flexibilidade e adaptabilidade do conceito freemium.

Ao considerar a implementação do modelo freemium no seu negócio, pondere cuidadosamente as vantagens e desafios. 

Além disso, lembre-se de que o sucesso requer uma compreensão clara do seu público-alvo e de suas necessidades. 

Quer saber mais sobre estratégias de negócios inovadoras ou descobrir mais insights sobre o modelo freemium? Continue acompanhando nossos conteúdos por aqui!

Boa sorte em suas estratégias de negócio e até a próxima.

FAQ – Perguntas Frequentes

O que é a estratégia freemium?

A estratégia freemium é um modelo de negócio onde um produto ou serviço limitado é oferecido gratuitamente, mas versões avançadas ou recursos adicionais são pagos. Esse modelo é projetado para atrair usuários com a oferta gratuita, com o objetivo de que alguns deles encontrem valor suficiente para pagar pela versão premium.

Quais são os exemplos mais comuns de freemium no mercado?

Exemplos comuns de freemium no mercado incluem serviços digitais como Spotify e Dropbox. O Spotify oferece streaming de música com anúncios na sua versão gratuita, enquanto a versão premium remove os anúncios e permite downloads para ouvir offline. O Dropbox fornece uma quantidade limitada de armazenamento de dados gratuitamente, mas cobra por capacidades de armazenamento maiores e recursos adicionais.

Quais os principais riscos do modelo freemium?

Os principais riscos do modelo freemium incluem a dificuldade em converter usuários gratuitos em pagantes, sustentar os custos operacionais com um grande número de usuários não pagantes, e a possibilidade de degradar a percepção de valor do produto ou serviço. Além disso, atrair o público errado e dificuldades na diferenciação efetiva entre as versões gratuita e paga são desafios significativos neste modelo.

Mais automação. Mais economia. Mais resultado.

Contar com uma plataforma nacional de aceleração de vendas é muito mais negócio.

Acompanhe todas as novidades sobre Marketing e Vendas

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro!