Destaques:

Soft skills: o que são, quais as mais importantes e como desenvolver

soft skills
Augusto Turcato
Augusto Turcato, especialista há 9 anos em marketing de conteúdo, faz parte do time de marketing que ajuda milhares de vendedores, gestores e empreendedores brasileiros a aumentar suas vendas com metodologias e tecnologias aqui no CRM PipeRun.

Resumo do artigo:

As soft skills são habilidades interpessoais e emocionais que uma pessoa pode desenvolver ao longo da vida, como comunicação, empatia e trabalho em equipe;

Elas permitem uma colaboração mais eficaz, resolução de conflitos e construção de relacionamentos;

O CRM de Vendas da PipeRun é uma ferramenta que, além de organizar e gerenciar leads e vendas, oferece relatórios que podem ser usados para identificar áreas onde os vendedores podem precisar desenvolver suas soft skills.

Quando se trata de se desenvolver no ambiente profissional, as famosas soft skills ocupam a primeira linha das exigências das empresas.

Embora habilidades técnicas e especializações sejam importantes, cada vez mais se valoriza a capacidade de se conectar, colaborar e se comunicar de maneira eficaz com os outros.

Afinal, em um mundo em constante mudança, a combinação de habilidades técnicas com interpersonais é o que realmente faz a diferença.

Por esse motivo, se você está buscando se diferenciar como profissional, precisa entender por que as soft skills são tão essenciais.

No artigo de hoje, compartilhamos tudo o que você precisa saber sobre o tema, desde os principais benefícios e como desenvolvê-las.

Continue a leitura para descobrir mais!

EBOOK GRÁTIS

Baixe Guia Completo para
Gestão de Times de Vendas

O material irá por e-mail. Confira a caixa de entrada e também a de SPAM.

O que são soft skills?

Em resumo, soft skills são habilidades relacionadas à maneira como lidamos com outras pessoas.

Não é sobre o quanto você sabe de matemática, programação ou outra habilidade técnica, mas sim sobre como você se relaciona, comunica e coopera com os outros.

Pense em alguém que sabe ouvir, dar feedback construtivo ou manter a calma em uma situação estressante. Essas são características de pessoas com boas soft skills.

A verdade é que essas habilidades são um pouco mais complicadas de se definir e mensurar.

Isso porque as soft skills estão ligadas à personalidade de cada um e às experiências que acumulamos ao longo da vida.

Porém, isso não significa que elas são imutáveis — pelo contrário, qualquer pessoa pode desenvolver e aprimorar soft skills, embora isso possa ser um desafio maior do que apenas aprender a usar um novo sistema.

Nesse caso, estamos falando de um processo que envolve autoconhecimento, prática e, muitas vezes, paciência.

Mas, sem dúvidas, o esforço vale a pena.

Quais são as soft skills?

Qual a diferença entre hard skills e soft skills?

Se você trabalhar em uma empresa, com certeza já se deparou com os termos hard skills e soft skills. Mas qual é exatamente a diferença entre eles?

Hard skills estão ligadas às competências técnicas que uma pessoa pode possuir.

Por exemplo, é saber operar uma máquina, falar um segundo idioma, programar em uma linguagem específica ou configurar um software.

Essas habilidades são mais tangíveis e podem ser desenvolvidas por meio de cursos, treinamentos, workshops e outras ferramentas.

Durante muito tempo, as hard skills foram as habilidades mais valorizadas pelas empresas. 

Inclusive, era o que os empregadores procuravam primeiro em um currículo.

No entanto, esse cenário vem mudando em ritmo acelerado a cada dia.

Embora as hard skills ainda sejam muito importantes em diversas profissões, as soft skills estão ganhando mais destaque.

Como já comentamos acima, as soft skills são aquelas habilidades mais sutis e, muitas vezes, difíceis de mensurar.

Elas estão relacionadas à maneira como nos relacionamos, comunicamos, enfrentamos desafios e trabalhamos em equipe.

Portanto, envolvem inteligência emocional, capacidade de comunicação, resiliência e muitas outras habilidades.

E enquanto uma hard skill pode ser demonstrada com um certificado ou uma demonstração prática, uma soft skill é percebida ao longo do tempo, nas interações diárias e nas situações desafiadoras.

Lembrando que ambas são cruciais e, hoje em dia, muitas empresas estão valorizando a combinação entre elas.

Qual a importância das soft skills?

Especialmente no mundo das vendas e do atendimento ao cliente, as soft skills são absolutamente cruciais.

Imagine: um profissional de vendas não está apenas apresentando um produto ou serviço; está, na verdade, construindo relações.

Em outras palavras, ele precisa interagir com diversos tipos de clientes, cada um com suas próprias necessidades, preocupações e personalidades.

E, ao mesmo tempo, esse profissional também precisa estar integrado com a equipe interna para garantir que as estratégias sejam alinhadas.

Para equilibrar todos esses pratos, é necessário desenvolver uma série de soft skills.

Você tem uma ideia de quais são elas? Ainda não? Acompanhe no próximo tópico!

Quais são as 7 soft skills mais importantes?

Quais são as 7 soft skills mais importantes?

Para te ajudar a entender mais sobre soft skills, listamos e detalhamos as 7 mais importantes para profissionais que lidam com clientes todos os dias.

Descubra abaixo como é possível desenvolvê-las ao longo do tempo!

1. Resiliência

Se você trabalha com vendas e atendimento, sabe que lidar com clientes não é sempre um mar de rosas. 

Em certos momentos, é normal se deparar com insatisfações e também com apontamentos de erros cometidos pela empresa.

Para quem não é resiliente, essas situações podem ser um tanto complicadas. 

Em alguns casos, podem levar a sentimentos de desânimo ou até mesmo a reações defensivas.

No entanto, a resiliência tem o poder de transformar esses momentos em oportunidades. 

Em vez de se afundar nas críticas, o profissional ouve ativamente, reconhece a falha e busca caminhos para melhorar. 

2. Colaboração

Em qualquer ambiente profissional, a colaboração serve para alcançar objetivos. 

Afinal, quando todos trabalham juntos, puxando na mesma direção, as metas se tornam muito mais acessíveis. 

Na relação com clientes, a colaboração se manifesta de várias formas: pode ser na solução de um problema, na apresentação de um produto ou na execução de um projeto. 

Mas para desenvolver essa soft skill, é preciso, antes de tudo, adotar uma mentalidade de equipe. 

Em outras palavras, ajude seus colegas nos momentos difíceis, participe ativamente de brainstormings e se coloque no lugar do outro, pensando: “Como eu gostaria de ser apoiado nessa situação?”. 

3. Flexibilidade

Ter flexibilidade muitas vezes significa se adaptar rapidamente às mudanças, sejam elas em prazos, estratégias ou expectativas. 

Mas não é apenas sobre se adaptar às circunstâncias externas — é também sobre ter uma mentalidade aberta, disposta a aprender e explorar coisas novas. 

No fim das contas, um profissional flexível atende às expectativas do cliente e também as supera.

4. Trabalhar sob pressão

Nos ambientes de venda e atendimento, a pressão é uma constante. 

Seja por prazos apertados, metas desafiadoras ou demandas do cliente, trabalhar sob pressão é parte da dinâmica comercial. 

Apesar de não ser o cenário ideal, é preciso saber gerenciar as emoções, manter o foco e priorizar tarefas. 

Até porque, a pressão não vem só das demandas externas, mas também da alta gestão esperando resultados.

Por isso, a habilidade de manter a calma, se organizar e continuar produzindo sob pressão é uma característica que diferencia muitos profissionais.

MODELO DE PLAYBOOK DE VENDAS PARA BAIXAR

Quer um modelo de Playbook de Vendas 

para adaptar para a sua equipe?

Organize o processo de vendas e o conhcimento da sua equipe. Acele vendas, treinamento e as boas práticas com o playbook de vendas pronto e editável.

Você receberá um email com material. Confira a caixa de entrada e Spam.

5. Boa comunicação

Quem se comunica com o cliente possui um papel importante na organização, sendo muitas vezes o primeiro ponto de contato. 

Nesse sentido, uma comunicação eficaz muda tudo: pode transformar uma venda potencial em uma venda concreta, resolver conflitos e criar relações duradouras. 

No entanto, se comunicar bem não é só sobre falar, mas também sobre ouvir. 

Entender as necessidades do cliente, responder a suas perguntas e apresentar soluções de forma clara são aspectos-chave. 

Leia também: Como melhorar a comunicação com o cliente? 7 dicas

6. Foco em resultados

Sim, foco em resultados também pode ser considerado uma soft skill muito valiosa.

E falando em entregar resultados, não significa ignorar o processo ou as pessoas, mas sim gerir suas atividades de maneira estratégica, sempre com o olhar no objetivo final. 

Para isso, é preciso ter em mente que, mesmo as menores tarefas têm um papel no cenário maior.

7. Espírito de liderança

Se engana quem acredita que a liderança se limita a cargos ou títulos dentro de uma organização. 

Mesmo que alguém não tenha o objetivo de ocupar uma posição de liderança formal, ter um espírito de líder é importante para engajar e influenciar positivamente as pessoas ao seu redor, seja no ambiente interno com colegas de equipe ou no relacionamento com clientes. 

O verdadeiro espírito de liderança está na capacidade de inspirar outros, confiar no potencial de cada um e criar um ambiente onde todos se sintam motivados a dar o melhor de si. 

E, acredite, quando você adota esse espírito, as pessoas naturalmente querem seguir sua direção.

Como fazer o soft skills? Como aplicar as soft skills?

Como desenvolver soft skills da sua equipe de vendas?

Se você é um head de vendas ou possui uma posição de liderança, sabe bem que o sucesso da equipe não se baseia apenas em técnicas e estratégias.

Como comentamos no início desse artigo, o desenvolvimento das soft skills também é um fator importantíssimo para alcançar bons resultados em grupo.

Então, como aprimorar essas habilidades em uma equipe comercial? 

Descubra a seguir algumas dicas práticas!

Propor autorreflexão

Incentive seus colaboradores a fazerem uma análise interna, identificando pontos fortes e áreas de melhoria.

Entendendo seus próprios comportamentos e reações, fica muito mais fácil para eles trabalharem suas soft skills.

Além disso, organize momentos de reflexão, seja individualmente ou em grupo, e ofereça ferramentas para ajudar no processo.

Oferecer treinamentos online

Hoje em dia, existem diversos cursos online focados em desenvolvimento pessoal e profissional.

Para ajudar seu time de vendas a desenvolver novas soft skills, invista em plataformas de ensino e webinars que abordem temas como comunicação, liderança, gestão de conflitos, entre outros.

Outra dica é propor momentos de reflexão para que cada membro compartilhe seus insights sobre o conteúdo aprendido.

Fornecer bons feedbacks

Um feedback construtivo é uma das ferramentas mais poderosas para o desenvolvimento de qualquer profissional, independentemente da área de atuação.

Portanto, adote uma abordagem de feedback regular, seja por meio de reuniões individuais (1:1) ou avaliações de desempenho, e sempre comunique de forma clara, objetiva e, acima de tudo, respeitosa.

EBOOK GRÁTIS

Guia para estruturar Estruturar Setor de Pré-Vendas (SDR) de Alta Performance

O material irá para o seu e-mail. Veja a caixa de entrada e também a de spam.

Estimular a prática

Como já dizia o famoso ditado, “a prática leva à perfeição”.

Levando isso em consideração, é importante que você encoraje sua equipe a colocar em prática tudo aquilo que aprendeu, seja em treinamentos ou em momentos de reflexão com os colegas.

Afinal, é na rotina diária, lidando com desafios e interagindo, que as soft skills são realmente testadas.

Dar visibilidade

Por fim e não menos importante, reconheça os membros da equipe que se destacam por suas soft skills.

Seja por meio de um elogio em uma reunião, um prêmio ou compartilhando suas conquistas com o restante da empresa, mostrar que você valoriza essas habilidades incentiva os outros a se esforçarem da mesma maneira.

3 perguntas para avaliar soft skill na hora de contratar vendedor

Você sabe quais perguntas fazer para avaliar as soft skills na hora de contratar um vendedor? 

Se ainda não, descubra as 3 principais perguntas para aplicar em seus processos seletivos. 

Pronto(a) para conferir? Vamos lá!

Como foi o período em que você precisou trabalhar em equipe?

No modelo de inside sales, a colaboração é um dos fatores mais essenciais para o sucesso das vendas.

Afinal, essa dinâmica muitas vezes envolve várias mãos e mentes trabalhando juntas.

Por isso, busque entender a partir dessa pergunta como o candidato se integrou à equipe anterior, como ele lidou conflitos e desafios, e como priorizou clientes ou ajustou suas estratégias com base em feedbacks.

Houve alguma situação que você precisou pedir ajuda?

Quando se trata de vender, nem toda negociação é tranquila.

Inclusive, é muito normal que o vendedor se depare com clientes difíceis ou situações inesperadas que exigem adaptação e, às vezes, o apoio de colegas ou superiores.

Nesse caso, analise a humildade do candidato em reconhecer que precisava de ajuda, bem como sua proatividade em buscar soluções.

Uma situação específica, como lidar com objeções de clientes ou a necessidade de personalizar uma oferta, pode revelar muito sobre sua soft skill de colaboração.

Como você reagiria a um pedido para fazer algo fora da sua função?

O setor comercial é um dos mais dinâmicos e, por isso, os vendedores podem executar tarefas além de suas responsabilidades normais, seja para apoiar um colega ou para atender um cliente.

Então, o objetivo dessa pergunta é verificar se o candidato realmente está disposto a sair de sua zona de conforto.

Estar disposto a assumir alguma responsabilidade adicional quando necessário é uma soft skill que demonstra comprometimento com o time e com a empresa de modo geral.

ferramenta desenvolver soft skill

Ferramentas para desenvolver soft skill na equipe de vendas

Desenvolver soft skills em uma equipe de vendas pode parecer um grande desafio à primeira vista. 

Como você já sabe, enquanto hard skills são associadas a técnicas que podem ser ensinadas, as soft skills estão ligadas às interações humanas e à personalidade. 

Apesar disso, com a prática e as ferramentas certas, é possível aprimorar essas habilidades essenciais. 

Vamos descobrir algumas ferramentas que podem ajudar sua equipe nesse processo?

1:1 quinzenais

O 1:1 é uma conversa entre o líder e um membro da equipe, focada em discutir desempenho, compartilhar feedback e orientar no desenvolvimento profissional.

Além de fortalecer a relação, esses encontros ajudam a identificar e resolver problemas antes que se tornem maiores.

Inclusive, ajudam a impulsionar o desenvolvimento de novas soft skills e garantem que os objetivos da equipe e individuais estejam alinhados.

Metodologia Scrum

O Scrum é uma metodologia ágil que divide projetos em ciclos, com reuniões de planejamento (planning), atualizações diárias (daily) e revisões (review).

Em vendas, o Scrum permite que todos os membros da equipe tenham voz.

Na daily, por exemplo, todos podem compartilhar o que fizeram, pendências, desafios e aprendizados.

Isso garante transparência, colaboração e a oportunidade de construir uma comunicação mais assertiva entre o time.

PDI – Plano de Desenvolvimento Individual

O PDI, ou Plano de Desenvolvimento Individual, é uma ferramenta que serve para mapear os objetivos, habilidades e soft skills que um profissional precisa desenvolver, juntamente com ações e prazos para alcançá-los.

De maneira simples, oferece um roteiro claro para o desenvolvimento do profissional, permitindo que ele saiba exatamente o que precisa fazer para crescer na empresa.

Role play de vendas

O role play de vendas é uma técnica de simulação onde os vendedores praticam entre si, encenando situações de venda reais.

Esse tipo de treinamento ajuda seu time a se preparar para situações reais, testar novas técnicas e receber feedback em um ambiente controlado.

Além disso, vale ressaltar que a prática constante melhora diversas soft skills, como comunicação, negociação, colaboração, dentre outras.

CRM de Vendas

Se você acompanha nosso blog, com certeza já sabe que o CRM de Vendas é uma ferramenta útil para gerenciar interações com clientes e prospects, além de otimizar processos de venda.

Com um CRM inteligente, os vendedores têm total visibilidade de suas atividades, o que facilita a colaboração entre colegas, identifica oportunidades de melhoria e melhora a comunicação com os clientes.

Além de tudo isso, promove autonomia ao profissional, que pode gerir e analisar suas próprias interações e resultados.

Conheça a PipeRun

O CRM de Vendas da PipeRun é uma ferramenta poderosa para aprimorar as soft skills da sua equipe de vendas.

Por meio de relatórios detalhados, o sistema permite que você e o time de vendedores visualizem todo o processo de vendas, do início ao fim.

Com isso, fica muito mais fácil investir em treinamentos, conduzir reuniões 1:1 e acompanhar o desenvolvimento individual de cada membro do time.

Além disso, os vendedores também têm clareza sobre seus próprios KPIs, identificando áreas para desenvolvimento de novas skills.

Em outras palavras, o CRM de Vendas da PipeRun não é apenas sobre gerenciar clientes, mas também sobre elevar o desempenho da equipe.

Quer descobrir todos os benefícios que nossa plataforma pode garantir para sua empresa? Fale hoje mesmo com um de nossos consultores especializados!

Conclusão

Como você acabou de descobrir, as soft skills são habilidades essenciais e que vão muito além das capacidades técnicas.

De forma prática, elas envolvem como nos relacionamos, nos comunicamos e lidamos com desafios diários.

Ou seja, para quem está no mundo das vendas, elas são ouro!

Embora não sejam tão simples de medir ou ensinar como um curso de curta duração, com as estratégias certas e ferramentas, é totalmente possível desenvolvê-las.

E aí, pronto para aprimorar as suas e as soft skills do seu time? Continue acompanhando nosso blog e vamos juntos nessa jornada de crescimento!

Até o próximo artigo! Boas vendas! 

FAQ – Perguntas Frequentes

Qual a soft skill mais importante?

A soft skill mais importante varia conforme a função, mas a comunicação costuma ser muito procurada pelas empresas de modo geral.

Quais as soft skills mais procuradas?

Dentre as soft skills mais procuradas no mundo corporativo, podemos citar: comunicação, trabalho em equipe e resiliência. 

Mais automação. Mais economia. Mais resultado.

Contar com uma plataforma nacional de aceleração de vendas é muito mais negócio.

Acompanhe todas as novidades sobre Marketing e Vendas

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro!