Motivação

7 min de leituraComo a motivação do seu time de vendas passa pelo seu CRM

Ter motivação na rotina de trabalho de uma empresa, especialmente no setor comercial, é de suma importância em um mercado cada vez mais concorrido.

Para quem precisa vender sempre mais e melhor, a motivação é importante tanto para bater metas como para crescer profissional e pessoalmente.

Até porque, passamos a maior parte dos nossos dias e semanas no ambiente de trabalho. Portanto, executar as atividades sem estar motivado é contraproducente.

Dentro desta realidade quando o assunto é vendas, um CRM ajuda e muito na missão de manter a equipe comercial sempre com a motivação em alta.

Esse artigo tem o intuito de mapear por quais razões o uso de um bom CRM Online municia principalmente os gestores a manter a sua equipe sempre engajada em suas atividades.

Afinal, com fatores quantitativos, fica mais fácil entender por onde motivar seus vendedores.

Mensurar, analisar, debater e ajeitar processos. É isso que você precisa para manter a motivação do seu time de vendas. É nisso que o CRM ajuda você.

Vamos entender essas razões?

Boa leitura!

LEIA TAMBÉM:
Sistema de vendas: como escolher o certo para a sua empresa?
O que é CRM e como ele ajuda a crescer as suas vendas

A motivação de sua equipe comercial depende do seu CRM, sabia?

Para facilitar a compreensão dos porquês de apoiar a motivação de sua equipe através do CRM, separamos 5 tópicos.

Desta maneira, fica mais fácil compreender os pontos onde você falha no gerenciamento de vendas. A partir daí, parta para ações como feedback e mantenha todos motivados.

Afinal, sem vendedores engajados, fica praticamente impossível escalar vendas.

Confira:

1 – Acompanhamento diário de desempenho

Um dos principais recursos de um bom CRM para vendas é poder acompanhar diariamente o desempenho de cada membro do time comercial.

Seja vendedor, seja SDR, com relatórios precisos das atividades realizadas é possível ter diversos insights para melhorias.

Mais do que isso, o gerente de vendas deve se valer destes números para aumentar a motivação do seu time.

Pode ser analisando o recorte de um dia, ou uma semana que seja. Mas em sua reunião de feedback, é fundamental destacar os pontos positivos ocorridos.

Valorize o que foi feito de bom, a proatividade e ações para contornar objeções dos clientes.

Se há o que melhorar, faça isso de forma propositiva, discutindo entre todos as soluções para que a equipe se motive a melhorar.

Dentro do seu processo de vendas, você, junto ao seu CRM, consegue:

  • avaliar a evolução mensal do funil de vendas – você tem relatórios específicos para você monitorar o progresso mensal de cada etapa do seu funil de vendas e também da sua equipe;
  • ter relatório por ação desempenhada – você consegue consultar dados sobre vendas por produto, origem da oportunidade, CNAES, ligações e e-mails, ciclo de vendas, ticket médio, região e muito mais;
  • conferir a produtividade dos vendedores – filtre por usuário e veja o que cada vendedor produziu no período de tempo que você quiser analisar;
  • criar seu relatório personalizado – escolha as métricas que são importantes para a sua empresa e crie o relatório da forma que desejar.

Esses recursos servem para você identificar gargalos e definir ações para melhorar o trabalho de todos.

Sem achismos e com base em informações fica mais fácil melhorar e motivar o trabalho de todos.

2 – Gestão baseada em dados

Este item vai ao encontro do que trouxemos no anterior, mas de forma maximizada.

Mais do que entender o que cada vendedor faz, os dados dentro do seu CRM servem para ajeitar o processo comercial como um todo.

O CAC e LTV são métricas importantes dentro de qualquer empresa e precisam ser ajeitados.

Com um líder de vendas atuando com os dados do CRM, é possível identificar gargalos.

Como está a geração de leads por parte do marketing? Os leads esfriam dentro do funil de vendas? Os vendedores não realizam o número mínimo de ligações por dia? As ligações não são relevantes?

Enfim, identificando gaps, é possível tornar o trabalho de todos do setor comercial melhor.

Assim, com ações definidas para ter resultados melhores, o time de vendas pode trabalhar com uma motivação muito maior.

3 – Munição para o time de vendas

Uma das principais funções do CRM é empoderar as pessoas. Ele dá munição para que a equipe comercial possa trabalhar mais e melhor.

É ele quem fortalece o relacionamento com o cliente. Isso porque, dentro de cada oportunidade fica o histórico de interação deste prospect com a empresa.

Isso faz com que toda a interação gerada com este lead agregue valor. Assim, nutrindo relacionamento e educando o cliente, fica muito mais fácil de ele comprar.

Desta forma, os vendedores se sentem muito mais à vontade e motivado de continuar executando suas atividades.

Afinal, é fácil. Se você consegue gerar valor para o cliente e ele compra de você, você sempre conseguirá bater e ir além em suas metas.

Produtividade maior e satisfação tanto profissional quanto pessoal. É isso que as empresas querem. É isso que o time comercial precisa.

motivação

4 – Qualidade para ser e agir

O vendedor é um ser humano e precisa desempenhar essa “função” em sua rotina de vendas.

A frase pode soar estranha em um primeiro mas quando pensamos na prática ela faz todo sentido.

Nada desmotiva mais um time de vendas do que realizar um trabalho mecânico, robótico. Todos os dias, 5 dias por semana, 20 e tantos dias no mês, 12 meses no ano…

Copiar e colar emails; preencher dados iguais em uma planilha com milhares de cédulas, procurar por contatos e mais contatos em uma lista enorme, enfim.

Além de ser um trabalho robótico e que vai de encontro à motivação de sua equipe, é completamente contraproducente.

Quanto tempo para desempenhar essas atividades não são gastos? Quantas ligações poderiam estar sendo feitas, qualificação de leads, e muito mais?

Por isso o CRM é essencial para manter esses profissionais totalmente engajados na atividade de vender.

O CRM faz o trabalho mecânico de enviar emails automaticamente, criar lista de clientes e também de oportunidades.

Tudo isso para que as pessoas possam ser… pessoas! Ser muito mais um consultor de negócios que tenha tempo e a cabeça tranquila para entender as dores do cliente e ajudá-lo.

Enquanto o software CRM faz o trabalho robótico, a equipe comercial começa a identificar que o seu trabalho é, sim, diferenciado e importantíssimo.

E isso é fundamental para a motivação de todos os envolvidos na operação de vendas.

5 – Aprimoramento constante

Melhorar processos, ter o playbook de vendas sempre atualizado e gerar cada vez mais valor para os clientes.

Esse é o cenário ideal para todas as empresas, e isso só é possível ocorrer quando a equipe comercial sente-se realmente motivada.

Apoiada no uso do CRM, a motivação vira ação – e as ações que geram valor tornam-se vendas.

Otimizar o tempo de trabalho para fazer mais ligações, enviar mais emails, prospectar e qualificar.

Quanto a motivação está em alta, quando as pessoas sentem bem, isso se reflete na forma de trabalhar e na rotina da empresa. E os clientes percebem isso.

CRM para liderar e motivar o tempo inteiro

Junto do seu CRM, é possível ser justo na hora de gerir a área comercial. Afinal, você consegue acompanhar e metrificar todos os indicadores importantes e motivar seu time no que cada um faz de melhor.

Se você quer aumentar a motivação da sua equipe de pré-vendas, analise os números de qualificação de leads, passagem de bastão, número de no-show, reuniões agendadas, entre outros.

Se os indicadores forem positivos, elogie. Não deixe uma boa oportunidade para isso passar.

Do mesmo vale para o vendedor, o chamado closer. Se o número de negócios ganhos for bom, ou de valores, taxa de conversão, upsell, mostre para ele que ele está no caminho certo.

Com pequenas atitudes no dia a dia e apoiado junto ao seu CRM, é possível manter a motivação constante da equipe comercial.

E aí, como podemos te ajudar?

Se você está com alguma dificuldade de motivar a sua equipe, compartilha suas dores com a gente. Fale com um consultor hoje mesmo.

Aproveite e leia dois artigos que podem ajudar você bastante nesta missão.

O primeiro fala sobre o que fazer quando a equipe de vendas não quer usar o CRM. Já o segundo traz 7 métricas de vendas que você precisa observar nos seus negócios.

Boas vendas!

Um abraço do PipeRun, o seu CRM. #RunPipeRun

Equipe de Redação
conteudo@odig.net