abandono de carrinho

5 min de leituraComo lidar com o abandono de carrinho em ecommerce

Você sabia que a média de abandono de carrinho pelo brasileiro foi de mais de 80% em 2017? Essa taxa é menor quando o cliente busca por produtos do segmento eletrônico, 69%, enquanto material artístico e tabacaria ficaram entre 90,3% e 91,3%.

Selecionar produtos e não finalizar a venda é um problema recorrente no ecommerce e uma frustração para as empresas. Embora essa média não tenha aumentado em relação ao ano anterior, diminuir essas taxas segue sendo um desafio para as lojas virtuais.

Trabalhar em cima deste cliente para que ele volte atrás e finalize a compra é o que você precisa ter em mente. Criar ações instantâneas para que ele retorne ao site e finalize a aquisição é o que precisa ser feito.

E é exatamente sobre isso que aborda este artigo. Entenda o que gera o abandono de carrinho, de que forma você pode lidar com ele e que ferramentas ajudam você na missão de converter uma desistência em venda.

Vamos lá?

Boa leitura!

Fatores que podem gerar o abandono de carrinho

O processo de compra pelo cliente envolve muitos fatores relativos ao site, mas também do próprio comprador. Para ajudarmos a leitura, separamos 5 motivos dentre vários que podem levar o cliente a desistir de finalizar uma compra.

1 – Frete

Um dos fatores que mais assustam os consumidores e o fazem desistir da compra é o preço do frete. Para evitar a rejeição, o ideal é disponibilizar as informações do custo de entrega o quanto antes. Não deixe para o ato final da compra.

Além disso, se o prazo para entregar for grande demais, poderá haver desistência na aquisição. Não prometa um prazo menor do que o real. Se o produto atrasar essa pode ser a sua última venda para esse cliente.

2 – Forma de pagamento

Deixar poucas opções de pagamento disponíveis ou limitar, por exemplo, um parcelamento condicionado à uma forma específica de pagar não é bom. Isso pode fazer com que na última etapa a compra não seja finalizada.

3 – Navegação

Sites lentos, que demoram para carregar, fazem com que o usuário desista no meio do caminho. Por isso, certifique-se que o funcionamento da sua loja virtual está ocorrendo de forma plena e intuitiva.

4 – Insegurança

Ninguém se sente confortável comprando em um site sem referências. Por isso é vital fornecer selos de segurança, informações precisas sobre frete, entrega, formas de pagamento, suporte e também prova social e avaliação do produto.

5 – Burocracia

Se o cliente é novo no site, ele precisará fazer um cadastro para finalizar a compra. Burocratizar esse processo, deixando muitas abas e campos a serem preenchidos pode fazer com que o abandono de carrinho ocorra.

Carrinho abandonado não significa venda perdida

É comum muitos clientes navegarem pelo celular e reservarem um produto para, somente no desktop, finalizar a compra. Mas não vamos contar com isso, né? Sendo assim, separamos algumas ações que você pode colocar em prática.

Uma das ações que dão mais resultados é o de retargeting que, em uma tradução livre, seria algo como “mirar novamente o alvo”. O alvo, no caso, é o cliente. Por meio do Adwords do Google ou do Facebook Ads é possível atingir o usuário por meio de banners nas plataformas em que ele está.

Para que ela seja efetiva, porém, é necessário facilitar a recuperação do carrinho. Assim, caso o cliente queira retornar, a compra pode ser concluída rapidamente.

Além disso, para que o abandono de carrinho seja convertido em vendas, enviar incentivos sempre é uma boa aposta.

Como fazer isso? Você pode mandar, via email marketing, um cupom de desconto para que a venda seja finalizada. Deixe claro também as condições de pagamento e frete e evite quaisquer ruídos de comunicação.

Mas incentivar o cliente vai além de enviar um cupom para uma compra específica. É preciso criar – ou reforçar – uma imagem de confiança. Isso pode ser feito compartilhando conteúdo relevante, depoimentos de outros clientes que já compraram na sua loja, review de produtos e da marca, comparativos com concorrência, entre outros.

Mas, se abandono de carrinho é algo recorrente em sua loja, você certamente terá um volume grande de trabalho. Então, como agir de forma assertiva com tantos e tantos clientes que não finalizaram suas compras?

O papel do CRM na hora de lidar com o abandono de carrinho

Dentro do CRM PipeRun você pode configurar o funil para ações para lidar com o abandono de carrinho. Com o software integrado ao ecommerce, você recebe no seu funil o contato do cliente que não finalizou a compra. A partir daí, as suas ações automáticas previamente configuradas começam a agir.

Como falamos acima, você pode mandar um email marketing imediatamente para o cliente enviando um desconto para que a compra seja realizada. Há também a opção de ligar por voIP, podendo gravar a ligação para aprimorar a abordagem do seu time em momentos como este.

É também possível determinar a cadência de funil. Assim que a mudança de etapa dentro dele acontecer, alguma ação automática pré-estabelecida ocorre – como o envio de algum conteúdo relevante, por exemplo.

Dentro delas e com o CRM PipeRun é possível ter o catálogo de produtos e também enviar propostas online com modelos já definidos. Ou seja, você ganha tempo e consegue agir de forma assertiva e completa para fechar a venda.

Além disso, há as facilidades da assinatura eletrônica e da integração com meios de pagamento. Caso o cliente tenha intenção de finalmente comprar, a venda pode ser realizada de forma imediata. E com a integração junto ao seu ERP, todos os processos ficam mapeados e você tem controle completo de toda as etapas que envolvem essa atividade.

Vamos transformar carrinhos abandonados em vendas?

Não deixe de ler nosso artigo que fala sobre o que é um CRM e a importância que ele tem nas empresas. Além disso, saiba como fazer o forecast de vendas da sua empresa e como descobrir o perfil ideal do seu cliente e direcionar esforços. Para ter a solução do CRM PipeRun, fale hoje mesmo com um consultor.

Boas vendas!

Um abraço do PipeRun, o seu CRM. #RunPipeRun