Linguagem corporal: o que é e 10 dicas para aplicar em vendas

linguagem corporal em vendas

Valer-se da linguagem corporal pode ser o diferencial entre perder e ganhar algum negócio diariamente.

Acima de tudo, é algo crucial dentro do modelo field sales. A forma como vendedor se comunica faz a diferença para o cliente que está ouvindo.

Vendedores mais habilidosos sabem muito bem disso. E jamais ignoram esse elemento na hora de negociar.

Muitas são as situações em que ele pode se encontrar e a sabedoria está justamente em saber adaptar-se.

A sua linguagem corporal precisa ser adequada ao contexto. Estar em sintonia ao tipo de cliente e também ao tamanho do negócio que está sendo tentado.

Essa é uma forma de conseguir um diferencial em meio à concorrência. Transmitir confiança é crucial nesta hora.

Por isso, separamos para você 10 dicas de como usar essa estratégia a seu favor para impressionar os clientes.

Um pequeno detalhe determina o sucesso ou o fracasso de sua abordagem.

Vamos conferir?

Boa leitura!

10 dicas de como usar a linguagem corporal a seu favor para vender

Como aplicar linguagem corporal para vender?

Se no modelo inside sales, quando a venda ocorre de dentro das empresas, a linguagem corporal não é tão efetiva e decisiva para vender, no modelo de vendas externas isso muda.

Contudo, as dicas que daremos a seguir servem para todos os momentos. E todos os tipos de vendas.

O cliente, ao receber o vendedor, cria uma expectativa grande. Muitas vezes, deseja ser impressionado e impactado de imediato.).

É nessa hora que a linguagem corporal começa a aparecer. A postura do vendedor mostrará a que distância a venda está de ser fechada.

O processo de comunicação é complexo. As palavras são decisivas, claro. Mas não são o único elemento que conta para uma abordagem ao cliente bem sucedida.

Embora, claro, o vendedor precisa gerar valor naquilo que será dito ao prospect. Porém, a tomada de decisão será influenciado por outros fatores.

E, um dos principais, é a linguagem corporal.

Por isso, separamos 10 dicas para que ela funcione para você e ajude a fechar mais vendas.

Veja:

1 – Vista-se corretamente

Estruture o modelo inside sales na sua empresa.

Matricule-se no curso de Introdução ao Inside Sales.

Curso de vendas inside sales

A primeira impressão é a que fica. Embora seja um clichê, essa frase segue verdadeira.

Assim sendo, o cliente irá notar como o vendedor está vestido.

Um tom formal, sem excessos, sempre será um acerto. De forma geral, camisa e calça sociais sempre estarão corretos.

Esse é o primeiro sinal não-verbal que será identificado. Portanto, não negligencie esse ponto para não precisar correr atrás depois.

2 – Comece com um aperto firme de mãos

Linguagem corporal e vendas

Um aperto firme de mãos faz parte de uma linguagem corporal eficiente dos vendedor. Seja na chega, seja na saída.

Firmeza não se trata de força em excessiva, jamais.

Apenas tenha a mão firme. Olhe no olho do cliente e sorria até o momento que o aperto de mãos terminar.

Isso garantirá um tom de normalidade para a reunião.

3 – Tenha uma postura corporal correta

Linguagem corporal tem tudo a ver com a postura que você tem, fisicamente, ao longo da reunião para vender.

E uma postura correto demonstrará confiança ao falar e ouvir. E isso é algo que você certamente quer e precisa.

Isso vale tanto para quando você estiver em pé, como sentado.

Observe também o movimento de suas mãos. Procure ter elas sempre firmes, embora em movimento.

Isso ajudará em 2 pontos:

  1. Passar uma imagem de assertividade ao falar;
  2. Passar credibilidade ao informar sobre números.

4 – Olho no olho, sempre

O poder de persuasão de um vendedor só é completo quando ele fala olhando nos olhos dos clientes em potencial.

O vendedor field sales tem essa possibilidade. Assim sendo, precisa valer-se disso para transmitir confiança e tranquilidade para quem o escuta.

A fuga desse contato visual demonstra falta de autoconfiança. Passará uma mensagem de que você não está convicto daquilo que diz.

Se o vendedor não está confiante, como o cliente vai ficar? Afinal, é ele quem tem que tomar a decisão de compra. Difícil, não é mesmo?

Linguagem corporal: olho no olho

Difícil, não é mesmo?

Todavia, dose esse contato individual. Mantê-lo a todo momento pode parecer intimidador.

Mantenha contato visual com o cliente. Principalmente quando for ele quem estiver falando.

Mas, quando for a sua vez de falar, dose esse contato visual por alguns segundos.

Se houver mais pessoas na reunião, ainda melhor. Afinal, você poderá alternar sua atenção entre os presentes.

5 – Gesticule enquanto fala

Seja ativo fisicamente enquanto fala. Gesticular é uma forma boa de mostrar-se engajado naquilo que você está falando.

Até porque, convenhamos. Ninguém gosta de alguém parado, imóvel, apenas falando e falando.

Parece que a pessoa está ali de má vontade. Ou que não faz questão de fazer todos os presentes se envolverem.

Todavia, claro, mantenha os movimentos sob controle. O gestual precisa ser controlado para ser efetivo.

6 – Utilize de técnicas da rapport

A linguagem corporal de quem você dialoga também diz muito sobre que rumo a reunião tomará.

Para agir de maneira assertiva e mais segura aplique algumas técnicas de rapport. Ao menos no começo.

Em outras palavras, é uma técnica que ajuda a imitar a maneira como cliente se manifesta. Ajuda a ter postura e também linguagem parecidas.

Aja no mesmo tom e na mesma velocidade para não destoar. Assim, você gera a empatia que você precisa.

7 – Mostre-se com confiança

Linguagem corporal: seja confiante!

Tanto ao falar como ao posicionar-se (seja em pé, seja na cadeira), não importa. Você precisa transmitir uma mensagem de segurança.

Mantenha os ombros abertos para ser sempre notado. Evite curvar o corpo sem necessidade.

Tenha certeza, depois, ao falar.

Gaguejar, ou dar muitas pausas para pensar podem mostrar um você titubeante.

Lembre-se que aqui os detalhes fazem toda a diferença. Você está sendo avaliado por quem te ouve.

Não tem problema não saber a resposta de imediato. De maneira tranquila, diga que você irá atrás da informação.

8 – Procure liderar a conversa

Para quem deseja convencer alguém de algo, tomar a iniciativa é um ponto essencial.

E aqui, falamos em pequenas coisas. Por exemplo, ser o primeiro a estender a mão para cumprimentar. Ou então sugerir tópicos a serem abordados.

Isso mostrará que você está confiante. Que está convicto do que quer, e o cliente entenderá isso.

Esse tipo de linguagem corporal é crucial. Afinal, fazendo isso, realizando esse ato de liderança, você será ouvido de imediato.

Assim sendo, não perca a oportunidade. Comece sendo didático e gerar valor para quem ouve você.

A partir do momento em que você estabelece uma conexão de confiança, um acesso se abriu. Então, introduza os assuntos que você precisa, na intensidade e forma necessários.

9 – Tenha uma fisionomia simpática

Linguagem corporal: tenha simpatia

Manter-se simpático é essencial em qualquer relação humana. E para vendas isso não seria diferente.

Em outras palavras, mantenha-se também em movimento e receptivo àquilo que é dito.

Uma expressão estática não transmite a empatia necessária. Tampouco mostra que você está em sintonia com os presentes na reunião.

Mostre-se atento e receptivo. Assim, você consegue ter isso de volta quando for sua vez de falar. E, também, mantém a motivação de todos os presentes em alta.

10 – Seja positivo o tempo inteiro

Sempre que intervir, faça isso de maneira positiva. Ao ouvir, a mesma coisa.

O sucesso em sua linguagem corporal é potencializado com positividade em gestos e falas.

Mesmo que você tenha que contornar objeções, saiba fazer isso de forma propositiva.

Embora a pressão de estar frente a frente com o cliente, lembre de gerar valor sempre que você fala.

De ser didático, direto e positivo. Isso fará a diferença para você ficar mais perto de fechar uma venda.

E aí, como podemos te ajudar?

Se você ficou com dúvida sobre o texto ou deseja dividir alguma “dor” na hora de vender, fale com um consultor ainda hoje.

Aproveite e leia dois artigos que ajudarão você na missão de vender mais e melhor.

O primeiro traz algumas técnicas de negociações para fechar mais negócios ainda hoje.

Já o segundo fala sobre 17 dicas de vendas para ajudar empresas de todos os segmentos.

Boas vendas!

Um abraço do PipeRun, o seu CRM. #RunPipeRun

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Publicidade

Acompanhe todas as novidades sobre Marketing e Vendas

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro!