Linguagem corporal em vendas

6 min de leituraUse a linguagem corporal para fechar mais vendas com essas 10 dicas

Valer-se da linguagem corporal pode ser o diferencial entre perder e ganhar algum negócio diariamente.

Dentro do modelo field sales, a postura, a forma como se comunica e se porta fazem a diferença para convencer o cliente a comprar o que você vende.

Vendedores mais habilidosos sabem muito bem disso e entendem que esse é um elemento que faz a diferença.

Muitas são as situações em que ele pode se encontrar e a sabedoria está justamente em saber adaptar-se.

A sua linguagem corporal precisa ser adequada ao contexto, ao tipo de cliente e também ao tamanho do negócio que está sendo tentado.

Essa é uma forma de conseguir um diferencial em meio à concorrência. A transmissão de confiança é, neste momento, crucial.

Por isso separamos para você 10 dicas de como usar essa estratégia a seu favor para impressionar os clientes.

Um pequeno detalhe determina o sucesso ou o fracasso de sua abordagem.

Vamos conferir?

Boa leitura!

10 dicas de como usar a linguagem corporal a seu favor para vender

Como aplicar linguagem corporal para vender?

Se no modelo inside sales, quando a venda ocorre de dentro das empresas, a linguagem corporal não é tão efetiva e decisiva para vender, no modelo de vendas externas isso muda.

Mas claro que algumas dessas dicas que falaremos aqui servem para vendas internas – e devem ser aplicadas.

Quando se vai até o cliente, este espera ser imediatamente impressionado pela empresa (representada, logicamente, pelo vendedor).

Para um planejamento de vendas que conta com um time comercial na rua, portanto, os detalhes do “cara a cara” fazem toda a diferença.

A linguagem corporal nesses momentos determinará o quão perto e o quão longe você estará de selar uma venda.

O processo de comunicação é complexo. As palavras são importantes, mas não são o único elemento que conta para uma abordagem ao cliente bem sucedida.

Embora, sim, o vendedor precisa gerar valor naquilo que será dito ao prospect, a tomada de decisão será influenciado por outros fatores.

E, um dos principais, é a linguagem corporal.

Por isso, separamos 10 dicas para que ela funcione para você e ajude a fechar mais vendas.

Veja:

1 – Vista-se corretamente

A primeira impressão é a que fica. Embora seja um clichê, essa frase permanece verdadeira.

E a primeira impressão que o cliente terá do vendedor refere-se à maneira como ele se veste.

Logo, para ser encarado da forma como você quer, é essencial estar à caráter para o momento de encontrar-se com os clientes.

Um tom formal, sem excessos, sempre será um acerto. De forma geral, camisa e calça sociais sempre estarão corretos.

Esse é o primeiro sinal não-verbal que será identificado, portanto, não negligencie esse ponto para não precisar correr atrás depois.

2 – Comece com um aperto firme de mãos

Linguagem corporal e vendas

Um aperto firme de mãos faz parte de uma linguagem corporal eficiente dos vendedor – tanto na hora de cumprimentar como na hora de despedir-se.

Firmeza não se trata de força em excessiva, jamais.

Apenas tenha a mão firme, olhe no olho do cliente e sorria até o momento que o aperto de mãos terminar.

Isso garantirá um tom de normalidade para a reunião.

Você não terá cumprimentado com a mão mole, o que poderia demonstrar falta de confiança, tampouco terá sido forte demais, o que demonstraria nervosismo e ansiedade.

3 – Tenha uma postura corporal correta

Linguagem corporal tem tudo a ver com a postura que você tem, fisicamente, ao longo da reunião para vender.

E uma postura correto demonstrará confiança ao falar e ouvir – e isso é algo que você certamente quer e precisa.

Isso vale tanto para quando você estiver em pé, como principalmente sentado.

Observe também o movimento de suas mãos. Procure ter elas sempre firmes, embora em movimento.

Elas também ajudarão você a passar uma mensagem de assertividade quando estiver fazendo algum apontamento, especialmente quando apresentar números.

4 – Olho no olho, sempre

O poder de persuasão de um vendedor só é completo quando ele fala olhando nos olhos dos clientes em potencial.

O vendedor field sales tem essa possibilidade e precisa valer-se disso para transmitir confiança e tranquilidade para quem o escuta.

A fuga desse contato visual, por sua vezes, demonstrará falta de autoconfiança. Passará uma mensagem de que você não está convicto daquilo que diz.

E aí, bem.

Se o vendedor não está 100% confiante sobre o produto ou serviço, como que o cliente estará – sendo que é ele quem irá abrir a carteira?

Linguagem corporal: olho no olho

Difícil, não é mesmo?

Todavia, dose esse contato individual. Mantê-lo a todo momento pode parecer intimidador.

Sempre que o cliente estiver falando, principalmente fazendo uma pergunto, sim, olhe nos seus olhos para mostrar atenção.

Mas, quando for a sua vez de falar, dose esse contato visual por alguns segundos.

Se houver mais pessoas na reunião, ainda melhor, pois você poderá alternar sua atenção entre os presentes.

5 – Gesticule enquanto fala

Seja ativo fisicamente enquanto fala. Gesticular é uma forma boa de mostrar-se engajado naquilo que você está falando.

Até porque, convenhamos. Ninguém gosta de alguém parado, imóvel, apenas falando e falando.

Parece que a pessoa está ali de má vontade, pois não faz questão de fazer todos os presentes se envolverem.

Tenha os movimentos sob controle, todavia. O gestual precisa ser controlado para ser efetivo.

6 – Utilize de técnicas da rapport

A linguagem corporal de quem você dialoga também diz muito sobre que rumo a reunião tomará.

Para agir de maneira assertiva e mais segura – ao menos no começo – aplique algumas técnicas de rapport.

Isso é, imite a forma como ele se manifesta em questão de postura e também linguagem.

Aja no mesmo tom e na mesma velocidade para não destoar e, assim, gerar e empatia que você precisa.

7 – Mostre-se com confiança

Linguagem corporal: seja confiante!

Tanto ao falar como ao posicionar-se (seja em pé, seja na cadeira), você precisa transmitir uma mensagem de segurança.

Mantenha os ombros abertos para ser constantemente notado. Evite curvar o corpo desnecessariamente.

Tenha certeza, depois, ao falar.

Gaguejar, ou dar muitas pausas para pensar podem mostrar um você titubeante.

Lembre-se que aqui os detalhes fazem toda a diferença. Você está sendo avaliado por quem te ouve.

E, mesmo que você não saiba de uma resposta de imediato, comunique e diga, de forma tranquila, que irá atrás da resposta.

8 – Procure liderar a conversa

Para quem deseja convencer alguém de algo, tomar a iniciativa é um ponto importante.

E aqui, falamos em pequenas coisas como ser o primeiro a estender a mão para cumprimentar, ou então sugerir tópicos a serem abordados.

Isso mostrará que você está confiante e convicto do que quer – o cliente entenderá isso.

Esse tipo de linguagem corporal é importante para que o que você diga seguido deste ato de liderança seja ouvido de imediato.

Aproveite, portanto, para começar sendo didático e gerar valor para quem ouve você.

A partir do momento em que você estabelece uma conexão de confiança, um acesso se abriu para você introduzir os assuntos que precisa, da forma como precisa.

9 – Tenha uma fisionomia simpática

Linguagem corporal: tenha simpatia

Manter-se simpático é essencial em qualquer relação humana. E para vendas isso não seria diferente.

Mas, mais do que sorrir em situações em que isso acabe, mantenha-se também em movimento e receptivo àquilo que é dito.

Uma expressão estática não transmite a empatia necessária, tampouco mostra que você está em sintonia com os presentes na reunião.

Mostre-se atento e receptivo para ter isso de volta quando for sua vez de falar e para manter a motivação de todos os presentes em alta.

10 – Seja positivo o tempo inteiro

Sempre que intervir, faça isso de maneira positiva. Ao ouvir, a mesma coisa.

O sucesso em sua linguagem corporal é complementado com positividade em gestos e falas.

Mesmo que você tenha que contornar objeções, saiba fazer isso de forma propositiva.

Embora a pressão de estar presencialmente frente a frente com o cliente, lembre de gerar valor sempre que você fala.

De ser didático, direto e positivo. Isso fará a diferença para você ficar mais perto de fechar uma venda.

E aí, como podemos te ajudar?

Se você ficou com dúvida sobre o texto ou deseja compartilhar alguma “dor” na hora de vender, fale com um consultor ainda hoje.

Aproveite e leia dois artigos que ajudarão você na missão de vender mais e melhor.

O primeiro traz algumas técnicas de negociações para fechar mais negócios ainda hoje.

Já o segundo fala sobre 17 dicas de vendas para ajudar empresas de todos os segmentos.

Boas vendas!

Um abraço do PipeRun, o seu CRM. #RunPipeRun

Equipe de Redação
conteudo@odig.net