Gatilhos mentais: o que é e 5 gatilhos para fechar mais vendas

Gatilhos mentais

Gatilhos mentais são formas eficientes, rápidas e certeiras para desenrolar alguma negociação e convertê-la em uma venda.

Usá-los é ser estratégico e consciente do que é preciso fazer para garantir que o cliente irá comprar o que você vende.

Muitas são as situações que os vendedores se encontram com dificuldade em contornar as objeções que o cliente em potencial coloca.

E nem sempre o script que o vendedor usa é eficaz. Afinal, cada negócio tem a sua peculiaridade, certo?

MODELO DE PLAYBOOK DE VENDAS PARA BAIXAR

Quer um modelo de Playbook de Vendas para adaptar para a sua equipe?

Organize o processo de vendas e o conhcimento da sua equipe. Acele vendas, treinamento e as boas práticas com o playbook de vendas pronto e editável.

Por mais que você conheça o perfil do cliente que você vende, há detalhes que podem levar ao ganho ou à perda de determinada oportunidade.

É dentro dessa necessidade que recorrer a alguns gatilhos mentais tem o efeito positivo dentro das negociações.

Nos momentos-chaves, na hora do popular “vai ou racha”, é preciso estimular a mente para decidir sobre a compra.

E vendedores que dominam alguns gatilhos mentais estão sempre um passo na frente dos demais.

Selecionamos alguns deles neste artigo para ajudar você a fechar fechar mais negócios todos os dias.

O intuito é, além de melhorar o resultado comercial da empresa, gerar sempre mais valor para os clientes.

E isso, você verá, fará toda a diferença. Vamos conferir? Boa leitura!

Gatilhos mentais para vendas
Os gatilhos mentais podem ajudar você a superar alguns obstáculos no processo de vendas.

5 gatilhos mentais para não deixar nenhuma venda escapar

Como conseguir fechar uma venda que mostra-se difícil? Como contornar as objeções e desconfianças que o prospect apresenta?

Todas essas são perguntas que não têm uma resposta específica. Mas com o auxílio de alguns gatilhos mentais, é possível ser estratégico na busca das soluções.

Afinal, nem todo cliente é igual. Nem todas as pessoas têm as mesmas dores, as mesmas necessidades e, obviamente, a mesma segurança sobre o que está comprando.

É preciso que o vendedor, então, mostre o caminho. É necessário ter clareza ao falar e ao mostrar que, sim, a empresa é uma autoridade no segmento.

Que o vendedor é, obviamente, um consultor. A pessoa certa com a solução ideal na hora perfeita.

Por isso, separamos 5 gatilhos mentais para ajudar você a acelerar vendas e garantir que mais oportunidades sejam ganhas.

Veja:

1 – Busque gerar valor para o cliente

A primeira estratégia essencial é, sempre, em todos os momentos de contato, gerar valor para o cliente.

E isso precisa ocorrer principalmente quando o modelo de inside sales é adotado – o que ocorre em vendas B2B em sua totalidade.

O vendedor deve ter seu script de vendas, claro, pois ajuda-o a mostrar como a solução funciona. Mas, seguindo algumas técnicas de vendas, é preciso ouvir.

Ser um ouvinte ativo, entendendo as dores dos clientes. Ele precisa mostrar, didaticamente, que para aquela dor, há uma funcionalidade específica que a corrige.

Quando o cliente entende que você o ouviu e mostrou como seu problema pode ser corrigido, você ganha sua atenção e, posteriormente, sua confiança. E isso não precisa ocorrer só no momento de vender.

Pode e deve ter espaço na pré-venda, no momento de qualificar o lead. Por isso, é crucial ter bons conteúdos produzidos.

Artigos que falem sobre a importância daquilo que você vende para o tipo de cliente que ele é.

Vídeos que compartilhem de forma didática como a solução funciona e quais são as melhores práticas que a cerca.

O intuito é sempre deixar as pessoas seguras, confiantes e certas de que fechar negócio com você é a decisão mais certa que pode ocorrer.

2 – Crie senso de urgência e/ou escassez

Gatilho mental de senso de urgência
Dizer que “falta pouco” é um gatilho mental que pode agilizar a sua venda.

Muitas vezes, passar a ideia de que não há muito tempo para a tomada de decisão acerca da compra pode ser uma boa saída.

Esse é o exemplo de um gatilho mental de urgência – como uma condição de pagamento ou promoção que está terminando.

E, melhor ainda: coloque um tom de escassez também. Afinal, pode ser apenas para os 30 primeiros clientes do dia.

A intenção é estimular a pessoa a não querer perder algo que soa como exclusivo. E que decidir de imediato será algo benéfico, que acarretará em ganhos.

Ou seja, o correto a ser feito. Isso pode ocorrer em momentos em que a negociação não sai do lugar.

O tempo está correndo e consequentemente o ciclo de vendas e também o CAC estão aumentando.

Então o vendedor pode dizer que conseguiu, junto do gerente de vendas, um desconto de 15% para fechamentos que ocorram ainda hoje.

Por isso, a decisão precisa ser tomada de imediato, sob risco de perder algo imperdível.

3 – Mostre a oportunidade como especial

Esse gatilho mental dialoga, de certo modo, com o item listado acima. Trata-se, na verdade, de uma espécie de ancoragem.

De uma oportunidade que é, naquele momento, imperdível. Que o preço original, apenas naquele momento, naquela hora, será menor do que o original. Mas, note o seguinte.

É preciso fazer com que o cliente entenda que é aquele o único momento que ele tem para aproveitar algo muito vantajoso.

Todavia, essa estratégia não precisa ser usada somente em relação a preços. É possível usar algum benefício daquilo que você vende neste momento.

Às vezes é até necessário. E use números para tornar a conversa mas didática.

Diga que, com sua solução, o aumento da produtividade dos times é de 20% em relação a quem não usa seu serviço.

E aí, você pode atrelar isso a algum plano específico que a empresa vende, por exemplo.

4 – Use de prova social

A prova social é um excelente gatilho mental para mostrar que muitas pessoas estão satisfeitas com o que você está tentando vender neste momento.

Para gerar um impacto positivo, os números são essenciais. Portanto, escolha aqueles que têm o poder de impressionar mais.

Para quem vende MRR (Monthly Recurring Revenue), ou Receita Recorrente Mensal, por exemplo. Você pode usar a quantidade de usuários que você tem na plataforma.

Mas, se esse número não impactar, mude um pouco a estratégia. De repente você pode mensurar o número de pessoas impactadas, de negócios fechados, ou de valores transacionados.

Não importa. O crucial é você usar os números a seu favor. Desde que, claro, sejam verdadeiros. Sob hipótese alguma eles podem ser inventados.

Fazendo isso, você estimula a necessidade do cliente de sentir-se parte daquilo. De aproveitar algo que é genuinamente grande e importante.

5 – Mostre-se autoridade

Gatilhos mentais e ser autoridade
Mostre que você é especialista perante o mercado.

Agir com autoridade. Esse é um dos gatilhos mentais mais diretos e, até certo ponto, mais rígidos existentes.

Porém, a bem da verdade, o vendedor que deseja ter sucesso na sua rotina de vendas, perante o mercado, deve mostrar-se como um especialista no segmento em que atua.

Claro que é preciso que fique esclarecido que agir que ser autoridade é diferente de ser autoritário.

Seja um consultor na área, uma referência, alguém a ser sempre seguido e consultado. É isso que o vendedor precisa ser. Para construir essa imagem de autoridade, comece devagar.

Faça isso produzindo bons conteúdos, assinado. E isso pode ser desde textos em blog, eBook, até webinars e cursos. Se forem todos gratuitos, melhor ainda.

Afinal, além de mostrar-se um especialista, você passa a mensagem que está preocupado em influenciar positivamente todo o ecossistema que o cerca.

Pode ter certeza que os clientes notam isso e saberão reconhecer. Eles sabem valores. Especialmente quando o sucesso do cliente é algo sempre presente.

Saiba onde e quando usar os gatilhos mentais

Melhor do que conhecer alguns gatilhos mentais é saber onde e com quem você pode usá-los. Vendas B2B, você sabe bem, são mais complexas.

Elas envolvem – quase sempre – mais de um decisor. Então, recorrer a esse tipo de estratégia pode não ser muito efetivo.

metas e objetivos a serem atingidos. Porém, se você “forçar” essa venda, o efeito pode ser negativo. São necessários mais contatos, nestes casos, para assegurar o fechamento.

“Empurrar” a venda pode até ser efetivo, mas a chance de churn mais adiante existe. E isso comprometerá as suas métricas de vendas.

E aí, como podemos te ajudar?

Se você ficou com dúvida acerca deste conteúdo, ou quer saber como potencializar o uso dos gatilhos mentais: FALE COM UM CONSULTOR.

Aproveite e leia dois artigos que podem ser úteis para vender mais e melhor.

O primeiro fala sobre como ser um excelente vendedor nos dias atuais.

Já o segundo aborda algumas técnicas de negociação para ganhar mais oportunidades.

Boas vendas!

Um abraço do PipeRun, o seu CRM. #RunPipeRun

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

PipeRun MAX

Poderosa extensão do CRM PipeRun para Google Chrome

Integra com mais de 40 aplicativos diferentes, incluindo WhatsApp Web, LinkedIn, Chats e muitos outros.

Acompanhe todas as novidades sobre Marketing e Vendas

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro!