O que é marketing de serviços e por que ele é importante?

marketing de serviços
Augusto Turcato
Augusto Turcato, especialista há 9 anos em marketing de conteúdo, faz parte do time de marketing que ajuda milhares de vendedores, gestores e empreendedores brasileiros a aumentar suas vendas com metodologias e tecnologias aqui no CRM PipeRun.

Resumo do artigo:

Marketing de serviços é uma estratégia que tem como objetivo gerar valor e diferenciação para negócios que oferecem serviços ao invés de produtos;

Essa abordagem é baseada em 8 Ps: Produto, Preço, Praça, Promoção, Processos, Pessoas, Palpabilidade e Produtividade;

O CRM PipeRun é a plataforma certa para gerenciar seus contatos, leads e clientes em um único lugar. Além disso, oferece recursos para automatizar tarefas manuais e relatórios detalhados para a tomada de decisão.

Você sabe o que é marketing de serviços e como esse tipo de estratégia pode alavancar os resultados da sua empresa?

Quem trabalha no setor de serviços sabe que nem sempre é fácil convencer um cliente a fechar negócio. Afinal, como demonstrar o valor e a qualidade de algo intangível?

Ao contrário do produto, que pode ser analisado minuciosamente antes da compra, o serviço só pode ser avaliado no momento da prestação.

Por esse motivo, é preciso se posicionar como autoridade, oferecer uma experiência diferenciada e construir relacionamentos duradouros com seus clientes.

Se você tem uma empresa de serviços, mas não sabe como começar a aplicar essas estratégias, fique tranquilo, pois estamos aqui para te auxiliar.

Nesse post, você vai descobrir o que é marketing de serviços, sua importância, principais tipos, seus 8 Ps e muito mais. 

Continue a leitura e confira como usar o marketing para melhorar a experiência dos seus clientes.

o que é marketing de serviços

O que é marketing de serviços?

Em resumo, o marketing de serviços tem como foco proporcionar experiências que não estejam ligadas à posse de um objeto físico. 

Seu maior objetivo é, de fato, gerar valor a serviços que atendam às necessidades dos clientes.

No entanto, a natureza intangível dos serviços pode causar incertezas e inseguranças no público.

Afinal, é difícil escolher o melhor serviço se você não pode dimensioná-lo antes de realmente ter aquela experiência.

Por essa razão, é preciso investir nas estratégias certas para promover os seus serviços e transmitir confiança.

Essas ações vão desde construir uma comunicação transparente, até capacitar os colaboradores envolvidos na prestação do serviço. 

Ao longo desse conteúdo, vamos te apresentar as melhores práticas para aplicar essas e outras estratégias. 

Quais os tipos de marketing de serviço?

Segundo Philip Kotler, considerado o pai do marketing, existem três tipos de marketing de serviços: externo, interno e interativo.

Externo

Conjunto de estratégias de marketing voltadas para o público geral.

Seu objetivo é divulgar o negócio, atrair novos clientes e gerar um impacto positivo para a marca.

Pode envolver publicidade, marketing digital e outras ações de maior escala;

Interno

Envolve ações focadas no público interno da empresa, ou seja, nos próprios colaboradores.

Quando falamos em serviços, é imprescindível que toda a sua equipe esteja preparada e motivada a oferecer a melhor experiência aos clientes;

Interativo

Se refere à interação entre a empresa e o cliente durante a prestação do serviço.

Cada ponto de interação é decisivo para garantir uma boa experiência, desde o contato de agendamento, até a própria prestação. 

Qual a importância do marketing de serviços

Você já ouviu falar que manter os clientes que você já tem é muito mais barato do que adquirir novos? Essa é uma verdade incontestável no mundo dos negócios.

Se você oferece serviços e deseja crescer, precisa proporcionar a melhor experiência aos seus clientes. E é aqui que entra o marketing de serviços.

Clientes felizes são mais propensos a serem leais à sua empresa e recomendá-la para outras pessoas, o que pode ajudar a expandir seu negócio organicamente. 

Além do mais, ao contrário dos produtos, manter a qualidade constante dos serviços pode ser uma tarefa desafiadora, já que envolve muitas variáveis. 

Portanto, para garantir que seus clientes continuem a escolher os seus serviços, você deve buscar novas maneiras de se diferenciar da concorrência e, é claro, ser consistente.

A melhor forma de fazer isso é, sem dúvidas, adotando estratégias de marketing de serviços.

Qual a diferença entre marketing de serviços e marketing de produtos?

Uma das principais diferenças entre o marketing de serviços e o marketing de produtos é que o primeiro se concentra em proporcionar experiências, enquanto o segundo está relacionado a itens tangíveis. 

Por exemplo, para promover uma roupa e despertar o desejo do cliente em adquiri-la, uma empresa precisa trabalhar atributos como visual, conforto e durabilidade do produto. 

Já no caso de uma consultoria de marketing, a abordagem é completamente diferente. 

A empresa precisa destacar a importância desse serviço, como ele pode ajudar o cliente a resolver um problema específico, além de ressaltar seu nível de personalização.

Essa diferença entre produtos e serviços significa que demandam estratégias distintas, inclusive em relação à precificação.

Portanto, para atingir os melhores resultados, é preciso ajustar suas abordagens de marketing de acordo com o tipo de produto ou serviço que você deseja promover. 

8 Ps do marketing de serviços

Quais os 8Ps do marketing de serviços?

Você já ouviu falar dos 4 Ps do marketing? Eles são ferramentas valiosas para orientar o desenvolvimento das estratégias de marketing de uma empresa. 

Os 4 Ps básicos são: Produto, Preço, Praça e Promoção.

No marketing de serviços, esses 4 Ps são usados ​​junto com mais 4 variáveis, incluindo: Processos, Pessoas, Palpabilidade e Produtividade. 

Juntos, eles são conhecidos como os 8 Ps do marketing de serviços.

Para te ajudar a entender esses conceitos, compartilhamos a explicação de cada um abaixo:

1. Produto

No marketing de serviços, o “produto” é o próprio serviço que a empresa oferece aos seus clientes, e não um bem tangível. 

Um bom serviço deve ter características distintas que o diferenciam da concorrência e, principalmente, o potencial de gerar valor para o cliente.

Os serviços estão presentes em nosso dia a dia, muitas vezes sem percebermos: consultas médicas, consultorias, aulas de idiomas, transporte, entre outros exemplos. 

Leia também: Equilíbrio do mix de produtos nas vendas

2. Preço

O preço é o valor monetário que uma empresa cobra por seu serviço, que deve ser definido com base em vários fatores, como custos, demanda, concorrência e percepção de valor por parte dos clientes.

Assim como nos produtos, os preços dos serviços também podem sofrer variações de acordo com a sazonalidade, horário, localização e outros fatores. 

Além disso, o preço é um importante indicador de posicionamento da marca, pois empresas que conseguem gerar mais valor para o cliente podem trabalhar com preços mais elevados em relação à concorrência.

3. Praça

Em resumo, a Praça é o local onde o serviço é realizado. 

Apesar de seu nome remeter a um lugar físico, a Praça pode ser tanto virtual quanto física, dependendo da natureza do serviço e das preferências do cliente.

Por exemplo, uma aula de inglês pode ser realizada tanto de maneira presencial quanto online. Já um serviço de corte de cabelo precisa necessariamente ocorrer com o encontro entre o prestador e o cliente, portanto, é limitado a uma localização física.

É crucial que a empresa considere cuidadosamente o local onde o serviço será oferecido, pois essa escolha pode afetar a experiência do cliente.

4. Promoção

Ao contrário do que muitos imaginam, a Promoção não está relacionada apenas com descontos, mas sim com estratégias para divulgar o serviço e atrair leads.

A Promoção costuma envolver propagandas, vendas pessoais, marketing digital e muitas outras abordagens, dependendo do modelo de negócio e do público-alvo da empresa.

É importante lembrar que a Promoção deve estar bem alinhada com o Preço e a Praça, para não criar falsas expectativas nos clientes. 

5. Processos

Processos são conjuntos de métodos utilizados para entregar a melhor experiência durante todo o serviço, desde a etapa de agendamento até o pós-venda.

Para que seus processos funcionem bem, o primeiro passo é mapeá-los e definir as ações necessárias em cada etapa. 

Essa prática te ajudará a identificar pontos de melhoria e antecipar possíveis problemas. 

6. Pessoas

O P de Pessoas refere-se a todos os indivíduos envolvidos na prestação e consumo do serviço, incluindo funcionários, fornecedores e o próprio cliente.

Para entregar um bom serviço, sua empresa precisa contar com funcionários bem treinados e fornecedores de confiança. 

Os colaboradores devem estar engajados com a missão da empresa e, é claro, comprometidos em oferecer a melhor experiência possível ao cliente.

Além disso, você deve estabelecer uma relação de confiança com fornecedores e parceiros para garantir a máxima qualidade dos insumos utilizados na prestação do serviço.

7. Palpabilidade

A Palpabilidade está relacionada à forma como o serviço é percebido pelo cliente, podendo ser tangível ou intangível.

A tangibilidade do serviço pode ser aumentada por meio da apresentação visual dos funcionários, uniformes, instalações, equipamentos utilizados, entre outros aspectos.

Lembre-se que a atenção aos detalhes é essencial para surpreender seus clientes. 

8. Produtividade

Produtividade nada mais é do que a capacidade da empresa de entregar seus serviços de forma eficiente e, ao mesmo tempo, otimizar seus recursos e processos.

O objetivo é reduzir custos, mas sem perder a qualidade do serviço prestado, afinal, a experiência do seu cliente não pode ser impactada com isso.

marketing em empresas de serviços

Como aplicar marketing em empresas de serviços?

Não existe uma fórmula mágica para aplicar estratégias de marketing em empresas de serviços, mas você pode seguir algumas boas práticas para aumentar suas chances de sucesso.

Pensando em te ajudar nessa jornada, compartilhamos abaixo 5 dicas para aplicar novas estratégias! Vamos conferir?

Coloque o cliente no centro

Colocar o cliente no centro das decisões significa entender o que ele precisa, espera e deseja. Assim, é possível oferecer serviços que atendam a essas demandas.

Essa abordagem é ainda mais importante para empresas que oferecem serviços, afinal, o contato com o cliente é constante.

E não pense que oferecer um bom serviço é algo simples. Para surpreender o seu cliente, você precisa se preocupar em atendê-lo bem, antes, durante e após a prestação. 

Ao invés de só pensar no que você gostaria de oferecer, ouça a opinião do público para garantir que você esteja atendendo às suas expectativas.

Construa um plano de ação sólido

A fase de planejamento é crucial antes de implementar uma nova estratégia em sua empresa. 

Se você identificar a necessidade de reformular a forma como atende seus clientes ou oferece sua experiência de serviço, priorize as mudanças, distribua as tarefas e acompanhe os resultados.

Quando falamos em serviços, o planejamento cuidadoso é um item obrigatório para garantir que a qualidade não seja prejudicada ao implementar melhorias.

É importante lembrar que o planejamento não é algo fixo, já que as necessidades dos clientes e o mercado estão sempre mudando. 

Por esse motivo, acompanhe de perto os resultados das mudanças e esteja pronto para mudar a rota sempre que necessário. 

Faça conteúdos que gerem autoridade

Como comentamos, conquistar a confiança do cliente com um serviço pode ser uma tarefa desafiadora, já que ele só pode avaliar a qualidade do serviço após experimentá-lo, ao contrário dos produtos tangíveis.

Uma estratégia eficaz para aumentar a confiança do cliente é investir na produção de conteúdo relevante. Atualmente, o conteúdo é fundamental para se destacar em um assunto e atrair novos clientes para o seu negócio.

Se você já tem um blog ou usa as redes sociais, é importante focar na produção de conteúdo para fortalecer sua autoridade no assunto.

Caso ainda não tenha experiência nessas plataformas, recomendamos que você planeje a produção de conteúdo e comece a dar os primeiros passos hoje mesmo.

Leia também: Marketing de conteúdo: o que é e como aplicar?

Estabeleça metas claras

Definir metas realistas é um passo importante para garantir que sua estratégia de marketing de serviços seja bem-sucedida. 

Mas não basta apenas estabelece-las, é preciso compartilhá-las com todos os envolvidos para que possam trabalhar juntos em prol do objetivo comum.

Além disso, você não pode esquecer de estabelecer prazos e engajar a equipe para a execução das atividades necessárias. 

Dessa forma, todos estarão motivados e focados em alcançar os resultados desejados. 

Acompanhe resultados de perto

Após implementar suas estratégias de marketing de serviços, é crucial analisar os resultados obtidos. 

Muitas empresas negligenciam essa etapa, mas ela é tão importante quanto o planejamento em si.

Como saber se sua estratégia foi bem-sucedida sem analisar as métricas de sucesso? 

Para obter insights valiosos e realizar ajustes, você e sua equipe devem acompanhá-las de perto. 

Se você tem dificuldades para acompanhar seus resultados, saiba que a tecnologia pode ser sua grande aliada. Um software CRM, por exemplo, pode facilitar todo o processo e garantir uma análise mais eficiente. 

Tecnologia para empresas de serviços irem além

Se você tem uma empresa de serviço e quer melhorar seus processos, otimizar o dia a dia da equipe e vender mais, nada melhor do que utilizar a tecnologia ao seu favor.

Com o CRM PipeRun, você pode gerenciar contatos, leads e clientes em um só lugar. 

Além disso, nossa plataforma oferece recursos para automatizar tarefas manuais, como envio de e-mails, criação de propostas, follow-ups e muito mais. 

E você também pode contar com relatórios detalhados para facilitar seu processo de tomada de decisão e identificação de melhorias.

Gostou? Entre em contato com um de nossos consultores e descubra todos os benefícios que podemos oferecer para impulsionar ainda mais o seu negócio.

Conclusão

Como você já sabe, o marketing de serviços é uma estratégia indispensável para gerar confiança no cliente, aprimorar a experiência que você oferece a ele e se diferenciar da concorrência.

Mas para oferecer uma experiência realmente diferenciada e alinhada às expectativas do seu público, você deve investir em estratégias que se baseiam na construção de relacionamento a longo prazo.

Além disso, é importante compreender cada um dos 8 Ps do marketing de serviços e olhar para dentro da operação para identificar oportunidades de melhorias.

Embora pareça desafiador gerar valor para serviços, com a estratégia certa, você pode ir muito além.

Esse conteúdo foi útil para você? Continue acompanhando nosso blog para aprender mais.

Toda semana compartilhamos artigos como esse para te ajudar a alcançar o sucesso com seu negócio. 

Boas vendas!

#BoraBaterMeta

FAQ – Perguntas Frequentes

O que é marketing de serviços?

Marketing de serviços é uma abordagem que busca atender as necessidades dos clientes por meio da promoção e venda de serviços.

Qual é a importância do marketing de serviços?

O marketing de serviços pode ajudar sua empresa a entender as necessidades e desejos dos clientes, aprimorar a qualidade dos serviços e se diferenciar da concorrência.

Quais são os 8 Ps do marketing de serviços?

Os 8 Ps do marketing de serviço são: Produto, Preço, Praça, Promoção, Processos, Pessoas, Palpabilidade e Produtividade. 

Mais automação. Mais economia. Mais resultado.

Contar com uma plataforma nacional de aceleração de vendas é muito mais negócio.

Acompanhe todas as novidades sobre Marketing e Vendas

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro!