Destaques:

20 tipos de marketing para sua empresa potencializar resultados

tipos de marketing
Augusto Turcato
Augusto Turcato, especialista há 9 anos em marketing de conteúdo, faz parte do time de marketing que ajuda milhares de vendedores, gestores e empreendedores brasileiros a aumentar suas vendas com metodologias e tecnologias aqui no CRM PipeRun.

Resumo do artigo:

Marketing é um conjunto de estratégias que tem como foco promover um determinado produto ou serviço;

Existem diversos tipos de marketing, cada um com suas particularidades e objetivos específicos. Hoje, você vai conhecer os 20 principais;

O CXM de Atendimento PipeRun é uma ferramenta poderosa que pode ajudar a acelerar suas demandas de marketing ao centralizar atendimentos, automatizar envios de mensagens e integrar canais de comunicação.

Já parou para pensar em quais tipos de marketing podem ser mais eficientes para sua empresa? 

A resposta para essa pergunta é crucial para potencializar seus resultados e conquistar um público cada vez mais engajado. 

Com tantas opções disponíveis, é preciso conhecer os diferentes tipos de marketing e escolher aqueles que se adequam melhor às necessidades da sua empresa. 

E é exatamente por isso que preparamos este conteúdo: uma lista com 20 tipos de marketing para te ajudar a alcançar seus objetivos e se destacar no mercado. 

Acompanhe e descubra como aplicar os principais tipos de marketing na prática!

EBOOK GRÁTIS

Tenha uma equipe de marketing de alta performance e aumente sua captação de leads

O material será enviado por e-mail. Confira a caixa de entrada e também de spam.

O que é marketing?

Marketing é a maneira como as empresas promovem seus produtos ou serviços para atrair mais clientes e crescer.

Em outras palavras, é como elas se comunicam com seu público-alvo para apresentar seus produtos e serviços de forma atraente e convencê-los a se tornarem clientes.

Para que o marketing funcione, é importante ter objetivos claros e definidos, além de planejar ações e estratégias que estejam de acordo com eles.

É importante lembrar que o marketing não se resume apenas a propaganda, mas também envolve outras atividades como pesquisa de mercado, análise de concorrência, desenvolvimento de produtos e estratégias de preço.

Quais são os 4 As marketing?

Quais são os 4 A’s do marketing?

Os 4 A’s do marketing formam um modelo estratégico que te ajuda a entender os principais fatores que influenciam o sucesso de uma campanha. 

Confira a seguir um pouco mais sobre cada uma dessas etapas. 

1. Análise

A análise consiste na avaliação do ambiente de mercado e dos recursos disponíveis antes de desenvolver uma campanha de marketing.

É nessa etapa que você deve definir os objetivos, o orçamento e os canais mais adequados para a sua ação.

Para isso, o ideal é começar com um Benchmarking, ou seja, analisando o que outras empresas estão fazendo para ter novas ideias a partir disso.

As 5 forças de Porter também podem trazer uma visão mais clara de quais forças externas podem impactar na sua campanha.

2. Adaptação

A etapa de adaptação, o segundo dos quatro A’s do marketing, consiste em adaptar o produto e a comunicação com o tema da campanha.

Se a ideia é, por exemplo, desenvolver uma campanha especial de Black Friday para atrair mais clientes, você pode adaptar suas redes sociais para o tema, alterar os banners do site, criar uma landing page exclusiva de promoções, etc. 

O objetivo dessa fase é garantir que a comunicação da sua oferta fique clara para o público.

3. Ativação

A ativação é o terceiro dos quatro A’s do marketing e é a fase em que se coloca em prática tudo aquilo que foi planejado nas etapas anteriores. 

É nessa etapa que acontece a execução da estratégia, utilizando os canais e mensagens definidos na fase de adaptação.

A ativação envolve a produção de conteúdo, desenvolvimento de campanhas publicitárias, criação de eventos e outras ações que permitam a divulgação da mensagem e do produto ou serviço.

Lembrando que a ativação é uma etapa dinâmica e, por isso, deve ser constantemente monitorada e ajustada conforme a resposta do público.

4. Avaliação

A avaliação é a última etapa dos quatro A’s do marketing e é essencial para aprimorar a estratégia e alcançar melhores resultados. 

Nessa fase, são analisados todos os resultados obtidos nas etapas anteriores para identificar pontos fortes e fracos da campanha e fazer possíveis ajustes.

A avaliação é um processo contínuo de melhoria da estratégia e pode incluir a análise de métricas como o ROI, taxa de conversão, engajamento do público e alcance da campanha.

Com base nos resultados, você pode tomar a decisão de realizar ajustes na mensagem, na segmentação do público-alvo ou na escolha dos canais de comunicação. 

Por que é importante conhecer quais são os tipos de marketing mais usados?  

Entender os tipos de marketing mais usados hoje em dia é indispensável para posicionar e fortalecer sua marca no mercado. 

Cada estratégia de marketing tem suas particularidades e objetivos específicos, e conhecer como cada uma funciona pode te ajudar a escolher a mais adequada para cada situação. 

Conhecer os diferentes tipos de marketing também é bastante útil para identificar oportunidades de negócio e traçar estratégias para se destacar em relação aos concorrentes. 

A seguir, listamos e explicamos os  20 principais tipos de marketing. 

quais sao os tipos de marketing

20 tipos de marketing mais eficientes para empresas B2B       

Para te ajudar a escolher a melhor estratégia para o seu negócio, explicamos abaixo os 20 principais tipos de marketing mais eficientes para empresas B2B. Descubra!

1. Marketing Digital

Como seu nome sugere, o Marketing Digital é um conjunto de estratégias aplicadas no meio digital com o objetivo de atrair e fidelizar clientes. 

As principais ações de Marketing Digital envolvem a criação de conteúdo relevante, ativação nas redes sociais, envio de e-mail marketing e investimentos em anúncios pagos.

Esse tipo de marketing permite que sua empresa alcance um número maior de pessoas e estabeleça um relacionamento mais próximo com o público. 

Se você quer que sua marca seja lembrada, precisa construir uma presença digital forte, afinal, a internet é o lugar onde praticamente todas as pessoas consomem conteúdo.

2. Inbound Marketing 

O Inbound Marketing é uma estratégia focada em atrair  e converter clientes por meio de conteúdos de valor.

Ao contrário do marketing convencional, que muitas vezes interrompe o consumidor com anúncios invasivos, o Inbound busca conquistar a atenção do público com um conteúdo que realmente interessa a ele.

Esse tipo de marketing pode envolver diversos formatos de conteúdo, como posts em redes sociais, artigos de blogs, newsletters, webinários, etc. 

3. Outbound Marketing

O Outbound Marketing é um tipo de marketing mais tradicional que se baseia na ideia de que a marca deve ir atrás do cliente, seja por meio de anúncios, propagandas na TV, eventos ou outras formas de comunicação direta. 

Nessa estratégia, a empresa busca ativamente conquistar a atenção e o interesse do público, muitas vezes por meio de abordagens consideradas invasivas.

Embora possa parecer ineficiente em alguns casos, o Outbound Marketing ainda pode funcionar em alguns setores e situações, especialmente quando a empresa tem uma oferta muito clara ou um objetivo de conversão a curtíssimo prazo. 

4. Marketing de Conteúdo  

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia que utiliza conteúdos relevantes para atrair potenciais clientes e envolvê-los durante todo o processo de compra.

Além de engajar o público, a produção de conteúdo ajuda sua empresa a se posicionar como uma autoridade em sua área de atuação. 

Existem diversos formatos que você pode investir, como artigos de blog, vídeos, infográficos, e-books, webinars, entre outros. A ideia é que esses conteúdos possam solucionar problemas ou satisfazer necessidades específicas da sua persona.

Vale lembrar que o Marketing de Conteúdo não é apenas uma forma de divulgar produtos ou serviços, mas também uma estratégia bastante eficaz para construir relacionamento com os atuais clientes.

5. Marketing de Performance 

O Marketing de Performance é uma estratégia que se baseia em dados para planejar, executar, avaliar e otimizar uma determinada campanha. 

Seu objetivo é sempre garantir um ROI satisfatório, equilibrando o investimento inicial com os resultados alcançados. 

Esse tipo de marketing envolve o uso de métricas e KPIs para mensurar o desempenho de cada ação e ajustar a estratégia de acordo com os resultados obtidos.

Alguns exemplos de estratégias de Marketing de Performance são os anúncios de Google Ads e Facebook Ads, além do SEO.

EBOOK GRÁTIS

Tenha uma equipe de marketing de alta performance e aumente sua captação de leads

O material será enviado por e-mail. Confira a caixa de entrada e também de spam.

6. Remarketing         

Remarketing é um tipo de marketing digital que tem como foco impactar usuários que já interagiram com a  sua marca de alguma forma, por meio de anúncios. 

Essa estratégia é muito usada para relembrar ao consumidor sobre produtos ou serviços que ele demonstrou interesse anteriormente, seja oferecendo um desconto para quem abandonou um carrinho de compras ou apresentando anúncios relacionados a uma busca.

Se tornou bastante popular nos dias de hoje, principalmente por gerar uma boa conversão. 

7. Co-marketing      

Co-marketing é uma estratégia em que duas empresas se unem para criar e promover uma oferta conjunta para o mesmo público-alvo. 

Os objetivos desse tipo de marketing podem ser muitos, desde aumentar a visibilidade e o engajamento das marcas, até converter mais clientes.

Essa colaboração também pode se dar de diversas formas, como a criação de um produto ou serviço em conjunto, compartilhamento de conteúdos relevantes ou parceria em eventos.

Um exemplo de co-marketing foi a parceria entre as marcas Adidas e a Samsung, com o lançamento dos fones de ouvido sem fio Galaxy Buds Pro.

As concorrentes, Apple e Nike, também fizeram uma parceria desse tipo, criando um Apple Watch com o visual da Nike.

8. Marketing Direto 

Marketing Direto é uma estratégia que estabelece um contato direto com o cliente, sem intermediários, por meio de ações personalizadas.

Alguns exemplos de marketing direto incluem o envio de newsletters, ofertas exclusivas por e-mail e promoções por SMS.

Cada uma dessas ações podem ser personalizadas de acordo com as características e preferências da sua persona, sempre com foco em maximizar resultados.

TEMPLATES DE HSM GRÁTIS

Mensagens prontas de WhatsApp
para enviar aos seus clientes

Baixe agora para receber por e-mail! Confira a caixa de entrada e a de SPAM

9. Marketing Indireto

O Marketing Indireto é um tipo de marketing mais sutil que consiste em promover um produto ou serviço de forma não invasiva, sem parecer propaganda explícita. 

Estamos falando de uma abordagem mais discreta e que apresenta o produto de maneira integrada em conteúdos relevantes, como vídeos, artigos, redes sociais, entre outros.

Um exemplo desse tipo de marketing é quando os influenciadores digitais utilizam o produto em seus conteúdos, ou quando o produto aparece em cenas de filmes, séries e novelas.

10. Marketing de Afiliados

O Marketing de Afiliados é uma estratégia em que qualquer pessoa pode se associar a uma determinada marca para promover seus produtos em troca de uma comissão sobre as vendas realizadas por meio de seus afiliados. 

Em resumo, é um tipo de marketing baseado em comissão que permite que pessoas com uma grande audiência na internet consigam ganhar dinheiro com recomendações de produtos ou serviços. 

Um exemplo são blogueiros que falam sobre viagens e se afiliam a empresas de turismo ou reservas de hotéis para receber uma comissão a cada reserva feita em um link específico compartilhado em suas redes sociais ou blog.

11. Marketing de Relacionamento

O Marketing de Relacionamento é um tipo de marketing focado em criar um laço duradouro e construir uma relação de confiança entre a marca e o consumidor. 

Essa estratégia pode envolver ações como o atendimento personalizado, programas de fidelidade, envio de conteúdo exclusivo e acompanhamento pós-venda.

Um bom exemplo de Marketing de Relacionamento é quando uma empresa envia mensagens de aniversário ou oferece promoções exclusivas para seus clientes mais fiéis. 

12. Marketing de Comunidade

O Marketing de Comunidade funciona a partir da criação de um grupo de pessoas que compartilham interesses em comum e têm afinidade com a marca. 

Essa comunidade pode ser construída em diversas plataformas, como redes sociais, fóruns online e grupos de WhatsApp.

O objetivo é incentivar a interação entre todos os membros, compartilhar conteúdo exclusivo e, é claro, estreitar o relacionamento com a marca. 

Um case de sucesso é a comunidade da marca de cosméticos Sephora, que oferece conteúdo personalizado, eventos e descontos especiais para seus membros, gerando um sentimento de pertencimento e fidelidade à marca.

13. Marketing de Eventos   

O Marketing de Eventos se trata de uma estratégia que utiliza o marketing para planejar, organizar e promover eventos que gerem uma experiência positiva ao público. 

De modo geral, é uma forma de criar conexões emocionais com os participantes, promover a marca e fortalecer a relação com os atuais clientes.

Um exemplo desse tipo de marketing é a Comic Con, um evento que reúne fãs de quadrinhos, filmes e séries, e que movimenta milhões de dólares em negócios e marketing de produtos relacionados.

14. Marketing de Produto  

Marketing de Produto é um tipo de marketing que busca tornar o produto mais atraente e desejável para o público-alvo, por meio de ações que enfatizam suas características, benefícios e vantagens em relação aos concorrentes.

Essa vertente do marketing é muito útil para aumentar a demanda pelo produto e, consequentemente, impulsionar as vendas. 

As principais ações de Marketing de Produto incluem a criação de embalagens atraentes, lançamento de novas versões do produto, desenvolvimento de campanhas publicitárias que destaquem seus atributos, entre outras.

15. Marketing de Serviços  

O Marketing de Serviços tem como foco gerar valor para o cliente por meio de estratégias que vão além de uma simples oferta.

Seu principal objetivo é proporcionar uma experiência única ao consumidor, para que ele se torne fiel à marca. 

Para isso, muitas empresas investem em serviços diferenciados, como atendimento personalizado, garantia estendida, pós-venda, entre outros.

Alguns exemplos de empresas que se destacam nessa vertente são a Netflix, que oferece um serviço de streaming personalizado para cada usuário, e o Nubank, com seu atendimento rápido e humanizado.

16. Marketing de Segmento   

O Marketing de Segmento é um tipo de marketing que atende às demandas de grupos específicos de consumidores, com características e interesses semelhantes. 

A partir disso, é possível criar campanhas e ações direcionadas para cada tipo de público, de forma mais eficiente e personalizada.

Por exemplo, é comum que empresas de moda segmentem seu público-alvo em faixas etárias diferentes para criar coleções de roupas específicas para cada um, com estilos e tamanhos adequados às suas necessidades.

17. Marketing Viral 

O Marketing Viral, também conhecido como Buzz Marketing, é uma estratégia que tem como objetivo divulgar uma marca ou produto por meio do compartilhamento espontâneo de conteúdo entre os usuários da internet. 

Para isso, a empresa precisa criar um conteúdo criativo, inesperado e com alto potencial de compartilhamento, geralmente utilizando humor, emoção ou polêmica para chamar a atenção do público.

Um exemplo famoso de Marketing Viral foi a campanha “Pôneis Malditos” da Nissan, que até hoje circula pela internet e é sempre lembrada por todo mundo.

18. Marketing de Experiência 

O Marketing de Experiência proporciona uma experiência única para o cliente ao interagir com a marca, seja presencialmente ou no meio digital.

Por exemplo, uma loja física que oferece um ambiente acolhedor, música agradável e atendimento personalizado, ou um site de e-commerce que disponibiliza vídeos e imagens de alta qualidade, além de um processo de compra fácil e intuitivo. 

O objetivo é criar uma relação emocional e duradoura com o cliente para que ele possa compartilhar sua experiência positiva com mais pessoas. 

19. Trade Marketing

O Trade Marketing é uma estratégia dos fabricantes para garantir que seus produtos estejam sempre bem posicionados nas prateleiras dos canais de distribuição, incentivando a compra.

As principais ações de Trade envolvem a criação de displays e stands personalizados para o produto, treinamento práticos para vendedores, promoções exclusivas para determinado canal de distribuição, entre outras.

Um exemplo é a parceria entre a Coca-Cola e a rede de supermercados Pão de Açúcar, em que a empresa de refrigerantes criou um espaço exclusivo para seus produtos em várias lojas, aumentando sua visibilidade e, consequentemente, suas vendas.

Lembrando que o Trade Marketing também pode ser aplicado no e-commerce, principalmente em marketplaces.

20. Neuromarketing

O Neuromarketing, também conhecido como Marketing Científico, é uma técnica que estuda como o cérebro humano processa as informações relacionadas ao consumo de produtos e serviços. 

Seu foco é entender como as pessoas pensam e agem em relação às marcas e produtos para criar campanhas de marketing cada vez mais eficazes.

Algumas das técnicas utilizadas incluem a análise de reações cerebrais, eye-tracking e ressonância magnética. 

Um exemplo de neuromarketing na prática é a escolha de cores e formatos de embalagens de alimentos que despertam o apetite dos consumidores, ou a criação de jingles musicais que ficam na cabeça das pessoas por muito tempo.

principais tipos de marketing

Qual o tipo de marketing mais eficiente?      

A resposta a essa pergunta pode variar bastante de acordo com o modelo de negócio e o perfil de cliente de cada empresa. 

Afinal, existem diversos tipos de marketing e cada um deles pode ser mais ou menos eficiente dependendo do seu objetivo e público-alvo. 

Por exemplo, se o público-alvo é composto por pessoas que valorizam conteúdos informativos, o Marketing de Conteúdo pode ser uma excelente estratégia. 

Já se o seu objetivo é estabelecer um contato mais direto e personalizado com o cliente, o Marketing Direto pode ser uma opção mais adequada.

Por esse motivo, é importante conhecer bem o seu público e entender quais são as suas necessidades e desejos. 

Dessa forma, você poderá escolher os tipos de marketing mais adequados para se comunicar com sua persona de maneira mais eficiente.

Acelere as demandas de marketing!  

Que tal acelerar seus resultados de marketing centralizando todos os canais de comunicação com seus clientes em uma única plataforma?

Com o CRM de atendimento da PipeRun, você pode automatizar o envio de mensagens por e-mail e WhatsApp, além de centralizar todos os atendimentos, históricos e negociações com leads e clientes em um só lugar. 

Além disso, também é possível integrar nativamente o Direct, Messenger e Telegram para uma comunicação mais rápida e personalizada.

Gostou? Fale hoje mesmo um de nossos consultores e descubra como podemos te ajudar a acelerar suas demandas de marketing.

Conclusão

Agora que você conhece os principais tipos de marketing, é importante lembrar que não existe uma fórmula única para o sucesso. 

Cada empresa tem suas necessidades específicas, e é preciso escolher as estratégias de marketing que mais se adequam ao seu modelo de negócio. 

O importante é estar sempre atualizado e disposto a experimentar novas abordagens, analisando os resultados e fazendo ajustes quando necessário. 

Aproveite nossas dicas e comece hoje mesmo a tirar do papel aquela campanha que você sempre planejou.

Nos vemos no próximo conteúdo!

#BoraBaterMeta

FAQ – Perguntas Frequentes

Quais são os tipos de marketing mais usados?

Alguns tipos de marketing mais usados incluem marketing digital, marketing de conteúdo, marketing de influência, marketing de relacionamento e marketing de eventos. 

Qual é o tipo de marketing mais eficiente?

Não existe um tipo de marketing que seja considerado o mais eficiente, pois o sucesso de uma estratégia depende do tipo de produto, público-alvo e objetivos de negócios.

Mais automação. Mais economia. Mais resultado.

Contar com uma plataforma nacional de aceleração de vendas é muito mais negócio.

Acompanhe todas as novidades sobre Marketing e Vendas

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro!