Engajamento profissional

Engajamento profissional: como estimular seu time diariamente?

Engajamento profissional pode ser entendido como um comportamento dos profissionais de uma empresa que mostram comprometimento e foco com os objetivos de uma organização. Ao dedicarem-se estarão, também, indo ao encontro dos objetivos pessoais. Mas, para isso, algumas ações são necessárias internamente.

Ter colaboradores engajados, “vestindo a camisa” da empresa e realmente focados em fazer mais e melhor…

Ah, esse sem dúvida alguma é o cenário ideal perseguido por qualquer gestor diariamente, não é mesmo?

Um ambiente de trabalho positivo onde todos conseguem dar o máximo de si refletindo na qualidade de entrega para o cliente final.

A sinergia é sem dúvida alguma importantíssimo para qualquer negócio prosperar, retendo talento e tendo condições contínuas de inovas.

Promover o engajamento profissional, entretanto, não é exatamente uma missão fácil e precisa de executar.

A bem da verdade, é preciso muita atenção aos detalhes para conseguir gerir as pessoas ao mesmo tempo que mantém os interesses da empresa em dia.

Neste artigo, falaremos melhor sobre o conceito de engajamento profissional: o que é e por que isso é importante?

Falaremos, também, de ações que você pode colocar em prática nos seus negócios para que isso esteja constantemente presente.

Vamos lá?

Boa leitura

O que é engajamento profissional?

Engajamento profissional

Engajamento profissional ocorre quando as empresas conseguem ter profissionais comprometidos com as metas e objetivos do negócio e, através disso, atingem suas aspirações pessoais.

Trata-se indiscutivelmente de um indicador de sucesso atrelado a qualquer organização. Um ambiente de trabalho positivo é a locomotiva para inovar e crescer.

Mais do que isso, é fundamental para garantir o foco no cliente, algo tão importante para garantir o crescimento e um diferencial competitivo para com a concorrência.

Colaboradores engajados compreendem seu papel dentro dos processos de uma empresa e entendem o quão importante é a dedicação diária.

É a partir daí que é possível inovar. Quando as pessoas não só permanecem como compreender que são peça fundamental do todo.

Notemos, também, que engajamento profissional não necessariamente está ligada a felicidade. O ideal é que esteja – mas nem sempre é assim.

Óbvio que na maioria das vezes, quando o clima organizacional for positivo e ele estiver engajado, possivelmente estará feliz.

Mas, uma boa gestão de pessoas consegue identificar se uma pessoa está ou não à vontade como um todo.

Todos somos seres humanos e o lado pessoal não pode ser ignorado – mesmo que isso não afete diretamente o desempenho no trabalho.

Por isso, aqui já vai uma dica de boa prática na gestão administrativa de uma empresa: saiba ouvir seus colaboradores.

Em todos os momentos.

O sentimento de pertencimento fica mais aflorado quando as pessoas realmente se sentem acolhidas e há o interesse em ouvir o que se tem a dizer.

Por que o engajamento profissional é importante?

Engajamento profissional

Quando há uma conexão entre colaborador e empresa, a bem da verdade, as coisas mudam de patamar.

Pessoas engajadas com a organização tendem a ser proativas, comprometidas e fundamentais para inovar e claro: garantir o sucesso do cliente de sua empresa.

Ter o chamado “senso de dono” é algo que qualquer gestor gostaria e que o engajamento profissional traz para o dia a dia de trabalho.

O colaborador, quando engajado de fato, não se preocupa/se contenta em apenas realizar as suas atividades dentro da rotina de trabalho.

Ele firma um pacto para contribuir com o sucesso dos negócios, o que, consequentemente, irá satisfazer ele como profissional e pessoa.

Isso, por óbvio, faz toda a diferença. Se reflete na melhoria dos processos internos, passando pelo desenvolvimento de produtos ou serviços melhores.

Ou então pela excelência no atendimento aos consumidores até ações que fidelizem esses clientes. Enfim: tudo o que precisa ser melhorado, quem realmente estiver engajado irá “abraçar”.

O desengajamento profissional

Todavia, do contrário o resultado é diretamente proporcional. Quando você tem pessoas desengajadas profissionalmente, os resultados da empresa refletem isso.

Pessoas que apenas querem cumprir sua jornada de trabalho e cumprem minimamente suas atividades podem até não prejudicar a empresa.

Porém, estarão totalmente estagnadas e impedindo algum processo de melhorar, ou então matando alguma inovação na raiz por simplesmente não querer fazer.

Mais do que isso, pode afetar um setor como um todo – principalmente se estiverem em posição de liderança. Imagine o reflexo que isso terá para com seus comandados?

Você está avaliando corretamente o desempenho da sua equipe comercial? Ouça e entenda como fazer:

Enxergar o trabalho apenas como obrigação (e não como uma oportunidade de proporcionar um diferencial à sociedade) geram esse descompromisso.

Por isso, sim, o engajamento depende do indivíduo. Mas, antes de sair “apontando o dedo”, a empresa precisa refletir se realmente está contribuindo para o engajamento profissional ocorrer.

Como promover o engajamento profissional nas empresas? Veja 6 ações!

Engajamento profissional

Por estar justamente ligada à motivação, o engajamento profissional não é algo que ocorre simplesmente da noite para o dia.

Tampouco pode ser comprado ou imposto. É algo natural e que precisa ser trabalhado ininterruptamente. Ações dispersas e pontuais podem não garantir isso.

Claro que dependerá de cada pessoa ter interesse ou não em comprometer-se. E, por isso, contratar pessoas que se encaixem na missão, visão e valores da empresa é o ponto de partida.

Mas, mais algumas ações são essenciais e podem/devem ser postas em prática o quanto antes.

Afinal, é preciso primeiro para de perder talentos (e conhecimento) para, aí sim, depois, conseguir o engajamento profissional do seus times.

Por esta razão, separamos 6 passos que as empresas precisam dar.

Confira:

Trabalhe a comunicação interna

Quando há comunicação e clareza sobre todos os cenários, não há frustração. Afinal, a expectativa e a realidade serão as mesmas.

Por isso, comunicar o que está acontecendo na empresa é fundamental. Desde pequenas coisas até um novo colaborador até principalmente grandes ações como a criação de uma nova filial.

Ações de endomarketing são importantes nisso. Uma newsletter interna semanal com as novidades é um passo simples de ser dado – e você já pode começar hoje!

As pessoas precisam e querem saber o que está havendo. Se você quer que eles sintam-se engajadas, você precisa deixá-las a par e convidar, também, para contribuírem.

E isso para notícias boas como também para as ruins. Na verdade, neste último, a clareza sobre o que está ocorrendo é ainda mais importante.

Isso porque, segundo pesquisa da Folha de Londrina, demissões e corte de benefícios, por exemplo, são causas comuns deste desengajamento.

Então, imagine só. Se isso está acontecendo na empresa e ninguém fala nada, como as pessoas vão trabalhar tranquilas? Difícil.

Tenha um ambiente agradável para se trabalhar

Engajamento profissional

O ambiente corporativa é outro ponto importantíssimo. Aqui, focamos mais no espaço físico em si, que seja iluminado, espaçoso e confortável.

Passamos a maior parte de nossos dias no trabalho. Então, para poder criar e impactar positivamente os clientes, o local precisa ser capaz de acolher e inspirar.

Claro que nem sempre a realidade financeira permite um ambiente descolado e que permita isso.

Mas, que tal uma alternativa? O home office é uma boa saída para permitir (uma vez por semana, quem sabe) as pessoas a se sentirem melhor.

Ainda mais se pensarmos em grandes cidades e no deslocamento. Certamente as pessoas perdem muito tempo no trânsito.

Então, por que não propiciar um dia diferente para elas? Óbvio que sempre com responsabilidade.

Defina bem os termos para que o trabalho não deixe de ser feito. Teste e confie. Se der certo, mantenha.

Invista no onboarding de novos colaboradores

Quando um cliente novo compra seu serviço, você realiza onboarding com ele para que se familiarize e sinta-se à vontade com o que comprou, certo?

Então, por que não aplicar esse mesmo conceito quando novos colaboradores ingressam?

É preciso dar boas-vindas e um cartão de visita de modo oficial, causando uma boa impressão inicialmente.

Crie um programa de integração para os funcionários sintam-se valorizados. Engaje quem já está no seu time.

Mostre de cara que a empresa se preocupa com as pessoas e que, no começo das atividades, os novatos terão todo o suporte necessário.

Saiba reconhecer os méritos

Engajamento profissional

Não há como conseguir engajamento profissional se você nunca reconhece os méritos das pessoas.

Se alguma meta for batida, isso deve ser reconhecida. Mas não só com o famoso “tapinha nas costas”.

As pessoas têm seus objetivos pessoais e um reconhecimento financeiro ou algum outro tipo de bônus é uma boa prática neste momento.

Se pensarmos uma equipe de vendas, se as metas do mês foram batidas, além do pagamento de comissão de vendas, pense em algum outro incentivo.

Isso motivará seus vendedores a, no mês seguinte, querer dobrar a meta. E aí quem ganha é a sua empresa.

Dê oportunidade para o crescimento

Delegue e confie. Se você quer que as pessoas cresçam na empresa e desenvolvam autoconhecimento, comece a dar mais oportunidades para elas.

Pode ser com pequenas tarefas e atividades em que o colaborador é autônomo para pensar, desenvolver e implementar, por exemplo.

Deu certo? Aumente a régua e dê algo mais complexo. Não deu? Dê um feedback sobre o que pode melhorar e tente mais uma vez com a mesma complexidade.

Confie no seu time inicialmente e faça uma gestão de perto para que possa estimular o desenvolvimento de habilidades e competências.

Analise como está indo, faça uma justa avaliação de desempenho para ver no que ele evoluiu.

Assim, você pode identificar uma pessoa com capacidade de liderança, por exemplo. Ela poderá ser estratégica em diversos setores da empresa.

Mas, como você ia saber disso se não tinha dado oportunidade para ela?

Dê ferramentas que potencialize o trabalho

Engajamento profissional

Se você quer que o engajamento profissional seja refletido em resultados para a sua empresa, é preciso dar ferramentas que potencialize o trabalho dos seus times.

A transformação digital é algo indispensável para quem quer motivar os colaboradores e garantir melhores resultados.

Se pensarmos num setor de vendas de uma empresa, o uso de um CRM é fundamental para que todos possam ter a máxima produtividade.

Algo que está diretamente ligado ao bem-estar das pessoas. Afinal, quanto você vende, mais a empresa cresce, mais comissão se ganha e mais objetivos pessoas realiza.

Pense em ferramentas como um todo, desde bons computadores e conexão de internet, até softwares como automação de marketing, por exemplo.

Com a tecnologia presente na empresa, você dá a todos a condição de se engajar.

Promovendo as ações que falamos, você pavimenta o caminho para que sua empresa cresça retendo conhecimento e gerando valor para o cliente.

E aí, como podemos te ajudar?

Se você ficou com dúvida sobre o conteúdo ou quer saber como a tecnologia ajuda no engajamento profissional, fale com um consultor ainda hoje.

Aproveite e leia dois artigos que ajudarão você a ter pessoas mais engajadas e produtivas em seus negócios.

O primeiro aborda como é possível ter e desenvolver, dentro das organizações, uma mentalidade de sucesso.

Já o segundo traz 366 frases motivacionais para você se motivar e impactar positivamente seus colaboradores diariamente!

Boas vendas!

Um abraço do PipeRun, o seu CRM. #RunPipeRun

Augusto Turcato
conteudo@odig.net

Augusto Turcato faz parte do time de marketing que ajuda milhares de vendedores, gestores e empreendedores brasileiros a aumentar suas vendas com metodologias e tecnologias aqui no CRM PipeRun.