Como reavaliar CRM da sua empresa?

Hora de reavaliar CRM: 5 sintomas que avisam você para mudar de CRM

Reavaliar CRM é algo que empresas preocupadas com o processo e acima de tudo o sucesso do cliente precisam fazer. Isso faz parte de uma cultura de vendas forte. Alguns sintomas são claros e mostram que chegou a hora de mudar de CRM.

Nenhum CRM é perfeito. Talvez você pense isso. E pode estar certo na afirmação.

Por outro lado, mesmo que o CRM não seja perfeito, ele não pode ser um “peso” para seu time.

Seu CRM não pode ter tantas deficiências e basicamente só servir para cadastrar clientes.

Se essa for a realidade da sua empresa e da sua equipe, então é hora de reavaliar CRM que usam atualmente.

Alguns sintomas são claros da necessidade de troca. E o artigo de hoje expõe 5 das principais.

Fique com a gente e confira.

Boa leitura!

5 sintomas que mostram que é hora de reavaliar CRM nas empresas

Como reavaliar CRM da sua empresa?

Apesar das deficiência que você pode estar percebendo neste momento, reavaliar CRM e trocar o sistema de vendas pode parecer uma ideia muito opressora.

Até mesmo uma tarefa árdua que parece ser complicada de saber até por onde começá-la.

Mas acredite: é necessário. Mesmo que tenha havido um esforço grande para implementar o CRM atual, é preciso melhorar.

Há sintomas que mostram que o software não ajuda sua equipe de vendas e nem o processo comercial da empresa.

1 – A equipe não preenche o CRM

Em um mundo perfeito, todos da sua equipe de vendas viveram e respirariam o CRM.

Haveria tanto uma cultura como uma estratégia fortíssimos em curso. Mas esse, infelizmente, não é o caso.

Considere, por exemplo, como seu time comercial usa o CRM de vendas da empresa hoje.

Muitas vezes é preciso fazer um acompanhamento constante da rotina de vendas para garantir a integridade dos dados de cada oportunidade e cliente.

Neste sentido, é bem comum que alguns vendedores reclamem da usabilidade da ferramenta, da dificuldade de usar e entender recursos.

E a partir daí, partem para maneiras criativas de contornar a dificuldade, recorrendo à planilhas ou outros sistemas de organização.

Tudo isso leva à baixas taxas de adesão do CRM. Algo que não pode acontecer. Afinal, a empresa fez um investimento importante, certo?

Para isso, é preciso estar sempre atento às oportunidades que os representantes têm no funil:

  • elas têm todos os dado preenchidos?
  • estão endo movidas pelas etapas do pipeline?
  • há o correto tagueamento da oportunidade?
  • há anotações sobre o que foi falado com o cliente?

Veja bem, o CRM é o carro-chefe do processo de vendas de qualquer empresa.

Se um ou mais vendedor não estão usando o sistema, é sinal de que ele não ajuda seu time como deve e, logo, não faz sentido de estar dentro da empresa.

E lembre-se que a baixa taxa de uso do CRM quase sempre impacta negativamente o relacionamento com o cliente. O que, por consequência, prejudica o crescimento.

Então, sim: esse é um sintoma importante para você reavaliar CRM atual.

2 – Há muitas planilhas na rotina e nas reuniões de venda

Se o dia a dia dos seus vendedores ou a reunião de vendas são dominadas por planilhas e outros documentos, esse é um sinal claro para reavaliar CRM.

Um bom software de vendas serve para eliminar planilhas e todos outros documentos. Ter cadastro e dados de clientes em Excel, copiar e colar emails, contratos e propostas em Word…

Nada disso faz sentido dentro de uma empresa que quer ter agilidade no atendimento ao cliente e deseja aprimorar o relacionamento com ele.

Se tudo estivesse dentro do CRM. Ou seja, se fosse possível ter as informações completas do cliente, enviar emails com um clique e ter templates de emails propostas e contratos dentro do sistema, a realidade seria completamente diferente.

Seu time poderia concentrar atenção e esforços para realmente agregar valor para o cliente. Para ser consultivo. Falar de negócios e personalizar discurso e oferta.

Nas reuniões de vendas, o mesmo pensamento vale: produtividade.

Elas seriam muito mais úteis e menos confusas se fossem baseadas em relatórios dentro do CRM, analisando todos os pontos necessários em cada uma das etapas do funil.

Mas, sem ter o sistema preenchido (e muitas vezes sem nem conseguir puxar os relatórios desejados) e tendo muita informação em planilhas, a reunião se torna um peso para todos.

3 – Informações entrando por todos os lados

No mundo atual de APIs, automação de fluxos de trabalho e integrações, inserir dados manualmente está se tornando uma dor de cabeça a menos para empresas de médio e pequeno porte.

Um bom CRM tem integrações e automações que ajudam a organizar e disparar emails, documentos, propostas, atividades e outras informações relevantes em todos os funis.

As necessidades das empresas estão continuamente mudadno – e ninguém sabe melhor sobre isso do que você.

Então, o CRM que seu time usa precisa dialogar com esses desafios e dar todo suporte e funcionalidade para que sejam superados.

Mas, infelizmente esse nem sempre é o caso. E aí, a entrada de dados acaba se dando de diversas formas, ficando muitas vezes descentralizadas.

Então, se o CRM não tem as funcionalidades certas, se é necessário complementar seu uso com planilha ou documentos no Word… por que insistir com ele?

4 – Não agilizar o contato com o cliente

Com tantas etapas e ações dentro de um processo, às vezes é fácil esquecer a real definição de CRM: gerenciamento do relacionamento com o cliente.

Com muita frequência, as empresas perdem muito tempo com atividades dentro do funil para organizar-se e perdem de vista o que é mais importante: o relacionamento de fato. O contato de valor com o cliente.

Um bom CRM não apenas elimina toda a burocracia administrativa como oferece as condições e funcionalidades para agilizar e tornar cada contato um momento de valor para o cliente.

E aqui, não pense que o relacionamento com o cliente é somente antes ou durante a venda. Não.

E você precisa reavaliar CRM da sua empresa se ele não tem funcionalidades e automações para criar um funil de pós-venda com etapas e ações voltadas para fidelizar o cliente.

5 – Falta de apoio do seu CRM para crescer

O investimento que uma empresa faz em um CRM é um investimento para o futuro. E, bem, não é um investimento pequeno. Quanto maior for seu time, maior será o valor investido.

Em cada pagamento mensal ou anula para seu fornecedor de CRM, há uma expectativa implícita, certo?

Você não quer que o CRM apenas funcione conforme o esperado. Você quer mudar seu negócio para melhor. Fazer do seu time um verdadeiro vencedor. Campeão de vendas.

Mesmo que você se esforce e consiga incentivar a todos para usar o CRM, parte desta caminhada depende e muto do seu atual fornecedor de CRM.

Ele precisa ter a disposição e cuidado para investir em seu relacionamento. Focar no seu sucesso e ser consultivo para falar de negócios e facilitar o caminho de suas metas e objetivos.

Se seu CRM só fala com você para avisar de novos recursos ou pedir um upgrade de plano, é um sinal alerta bem piscante que você deve reavaliar CRM usado.

Afinal, o fornecedor precisa ser um parceiro estratégico para ajudar você e seu time a venderem mais e melhor.

Pronto para reavaliar CRM da sua empresa?

Como reavaliar CRM da sua empresa?

Se você está, depois de ler esse artigo, considerando reavaliar CRM da sua empresa, siga um passo a passo para não errar na tomada de decisão pelo novo sistema.

  1. Realizar um período de trial gratuito nas plataformas prospectadas e veja se há diferentes planos para diferentes necessidades;
  2. Analisar se o sistema é baseado em nuvem e se permite acesso em qualquer computador ou smartphone;
  3. Poder criar diversos tipos de funil, desde marketing, pré-vendas, vendas, contratos, success, etc;
  4. Poder registrar os motivos de perda, algo ajuda a aprimorar o processo e não deixar mais nenhuma venda escapar;
  5. Checar se há alerta de estagnação de oportunidades, o que ajuda os vendedores a não desperdiçarem oportunidades por falta de ação;
  6. É preciso existir a possibilidade de criar relatórios personalizados e completos e propiciar, assim, uma justa avaliação de desempenho de todos.
  7. Possuir um aplicativo que ajuda os representantes externos, com lista de atividades, cadastro de clientes, consulta ao funil e mapa para fazer visitas roteirizadas;
  8. Suporte ágil e área de implementação com um onboarding que realmente ajuda você.

E aí, como podemos te ajudar?

Se você está considerando reavaliar CRM atual da sua empresa, fique a vontade e:

Aproveite e leia dois artigos que ajudarão você a entender o que um CRM completo pode fazer por seu time e sua empresa.

O primeiro traz algumas estatísticas sobre os ganhos que a tecnologia traz em vendas às empresas.

Já o segundo aborda a importância da automação de todos os processos em vendas – e como fazer.

Boas vendas!

Um abraço do PipeRun, o seu CRM. #RunPipeRun

Augusto Turcato
conteudo@odig.net

Augusto Turcato faz parte do time de marketing que ajuda milhares de vendedores, gestores e empreendedores brasileiros a aumentar suas vendas com metodologias e tecnologias aqui no CRM PipeRun.