Como criar uma página de captura de leads de alto desempenho? Passo a passo

página de captura de leads
Augusto Turcato
Augusto Turcato, especialista há 8 anos em marketing de conteúdo, faz parte do time de marketing que ajuda milhares de vendedores, gestores e empreendedores brasileiros a aumentar suas vendas com metodologias e tecnologias aqui no CRM PipeRun.

Em uma estratégia de Inbound Marketing a página de captura de leads é central para o desenvolvimento das táticas de vendas. É com ela que a base de leads se mantém atualizada e as fases de nutrição e conversão caminham de forma mais eficiente. Para isso, entretanto, é preciso saber como fazer uma página de captura de leds eficiente e que contribua para os resultados da empresa.

O que é página de captura de leads?

Como o próprio nome sugere, uma página de captura serve para transformar visitantes em leads. 

É um tipo de landing page, geralmente, construída com um formulário para que o usuário preencha suas informações e as compartilhe com a empresa. Em troca é oferecido algo de valor, como um conteúdo relevante, um brinde ou desconto. 

Como fazer uma página de captura de leads?

A página de captura de leads, geralmente, está atrelada às primeiras etapas do funil de vendas de uma empresa. Essas fases podem receber diferentes nomes, mas, geralmente, se resumem a:

  • atração, 
  • conversão, 
  • qualificação, 
  • vendas.

A landing page de conversão de leads está muito atrelada às etapas de atração e conversão. Um usuário é atraído para essa página e então se converte em lead.

Compreender essa dinâmica vai ajudar a entender o papel da landing page e também vai facilitar seu processo de construção de toda a estratégia.

Mas, afinal, como fazer uma página de conversão? Quais etapas são indispensáveis? Entenda a seguir. 

1. Conheça a persona do comprador

Conhecer o perfil de cliente ideal da sua empresa é o primeiro passo para qualquer ação de marketing ou vendas. 

Ao compreender quem é a buyer persona do negócio você tem acesso a quais as dores e necessidades que ela possui e o que o seu produto ou serviço pode resolver.

Essa etapa auxilia na criação da página de conversão porque ajuda na definição sobre o que oferecer ao cliente em troca dos dados que ele irá compartilhar. 

Afinal, que tipo de oferta está alinhada ao que o comprador quer e precisa? 

2. Avalie a jornada do cliente

Além de entender o perfil de cliente ideal da empresa, também é preciso considerar a etapa da jornada de compra em que o consumidor que chega até a sua página está. 

Essa informação vai impactar no tipo de oferta que ele valoriza. 

Clientes que estão nas etapas finais da jornada de compra, podem se interessar por ofertas relacionadas a descontos e upgrades de pacotes, por exemplo.

Já consumidores em etapas iniciais do processo de decisão, geralmente, buscam por informações e conteúdo que os ajudem a conhecer as opções para solucionar uma demanda, isso inclui:

  • guias, 
  • ebooks, 
  • webinars e mais. 

É possível e indicado que você crie páginas de captura para atender a demandas de consumidores em diferentes etapas da jornada de compra.

3. Defina o que será oferecido ao visitante

Estabelecer o conteúdo da página de captura de leads vai ser muito mais fácil quando você já sabe quem é a persona e em qual etapa da jornada de compra ela está. 

Cada landing page pode atender a uma etapa diferente do processo de decisão do comprador. 

Agora defina o formato e o conteúdo do que será oferecido ao visitante. 

Quanto ao formato, as opções mais comuns são:

  • ebooks, 
  • infográficos, 
  • planilhas, 
  • webinars, 
  • checklists. 

Já quanto ao conteúdo perfeito, será necessário, mais uma vez, olhar para o seu negócio e para as dores dos clientes.

4. Organize o conteúdo da página

Ao criar uma página de conversão comece eliminando as distrações. O usuário deve ver apenas uma opção do que fazer: preencher o formulário. 

Elimine menus de navegação e tenha um único call to action (CTA). O CTA é o convite que a sua empresa faz ao visitante da página, por exemplo, “baixe agora o seu ebook grátis”. 

Além disso, lembre-se de incluir um título chamativo, que destaque o que o usuário irá encontrar. 

Crie um texto direto e claro sobre o que está sendo oferecido, com informações que despertem o interesse e a curiosidade.

Outras informações que podem estar presentes na página e aumentar as taxas de conversão são:

  • logomarca e depoimentos de clientes da sua empresa, 
  • dados sobre resultados alcançados,
  • possíveis menções em jornais e portais da mídia. 

Logo, ao fazer uma página de captura de leads lembre-se do seguinte checklist:

  • título, 
  • oferta, 
  • breve conteúdo relevante,
  • formulário, 
  • CTA.

Confira abaixo a imagem de uma página de captura de leads otimizada. 

página de captura de leads

5. Monte um formulário eficiente

Pesquisas como a da QuickSprout indicam que uma redução de 11 para 4 campos pode aumentar em até 120% a taxa de conversão do seu formulário.

Por isso, solicite o mínimo de informações necessárias para dar continuidade ao processo de nutrição do lead de forma adequada. 

Entre os dados que podem ser solicitados estão: 

  • nome, 
  • email, 
  • cargo (em caso de negócios B2B), 
  • telefone (atenção, porque pode afastar alguns usuários), 
  • cidade, 
  • informações sobre o usuário já ter usado algum produto ou serviço semelhante ao seu, entre outras.

6. Planeje o que será feito depois

Uma página de captura de leads é apenas uma parte da estratégia de marketing de vendas, que é muito mais ampla. Por isso, é importante que, ao criá-la, você já saiba o que irá acontecer em seguida. 

Uma das alternativas é direcionar o lead para um fluxo de nutrição alinhado às informações que ele compartilhou no formulário e à etapa da jornada de compra em que está. 

Sem dúvida a automação de marketing é uma importante aliada nessa etapa. 

Em casos em que os leads estão nas fases finais do funil de vendas, também é possível integrar a ferramenta de captura a um CRM, direcionando esses contatos para a equipe de pré-vendas e vendas. Por isso, pesquise bem sobre onde fazer a página de captura, para tornar mais fácil esse tipo de integração. 

Também vale lembrar da possibilidade de integrar ferramentas de automação de marketing ao CRM de venda, para que leads qualificados sejam rapidamente direcionados ao setor comercial e possam ser abordados da maneira correta. 

7. Acompanhe os resultados

Nunca esqueça de acompanhar os indicadores de desempenho das páginas de captura de e-mail para compreender o quanto elas realmente estão contribuindo para os resultados da empresa.

Também é interessante realizar testes A/B com o objetivo de otimizar a performance dos canais de conversão.

Dica extra: Com a sua página de captura de leads pronta, lembre-se de investir também em ações de atração, para levar visitantes qualificados até a landing page e aumentar o volume de leads gerados. 

Integre a landing page ao CRM de vendas

Clientes do CRM PipeRun podem fazer uma captação de leads muito mais ágil e assertiva em seus sites.

O CRM permite integrar soluções páginas de conversão e softwares de automação de marketing ao sistema de vendas, facilitando a gestão dos leads convertidos até a transformação deles em clientes. É importante lembrar, que com o CRM você recebe não apenas leads vindos de ações de inbound, mas também dos múltiplos canais de aquisição que sua estratégia conta, independente do funil com o qual você estiver lidando, seja de marketing, pré-vendas ou vendas.  

Ficou interessado em saber mais e otimizar seus resultados?  Então, conheça agora a nossa plataforma de aceleração de vendas e comece seu teste gratuito.

#BoraBaterMeta

Mais automação. Mais economia. Mais resultado.

Contar com uma plataforma nacional de aceleração de vendas é muito mais negócio.

Acompanhe todas as novidades sobre Marketing e Vendas

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro!