CRM para PME (Pequenas e Médias Empresas)

CRM para PME: como escolher o certo?

Um CRM para PME (Pequena e Média Empresa) é a ferramenta necessária para fomentar o crescimento e alavancar novos negócios. A organização do processo de vendas passa pela tecnologia. Por isso, é vital entender como não errar na escolha do software de vendas.

Escolher um CRM para PME, entre tantas opções, pode ser uma missão muito desafiadora. E também cercada de mistérios e incertezas.

Isso se torna ainda mais difícil se falarmos de uma empresa que ainda gerencia processos via planilhas.

Que, por exemplo. ainda recebe os leads no site ou até mesmo fisicamente, trabalhando eles via email na caixa de entrada.

A transformação digital é, sim, uma necessidade. Mas você não vai escolher o primeiro software que ouvir falar, certo?

Sua empresa possui muitos setores interessados. Há muitos times que se envolverão e irão se beneficiar de um CRM para PME.

Então, a escolha deve ser precisa. E o artigo de hoje ajuda você com 4 pontos essenciais para fazer a escolha certa.

Quer entender melhor cada um deles?

Fique com a gente e descubra.

Boa leitura!

4 perguntas para escolher o CRM para PME certo

CRM para PME (Pequenas e Médias Empresas)

 

 

 

Passa por um CRM para PME a organização e otimização do processo de vendas e da rotina do seu time.

É através da tecnologia que será possível identificar de onde vem os melhores leads.

O que, por óbvio, ajudará a equipe de marketing a concentrar esforços e recursos nos canais de aquisição que trazem realmente bons negócios.

Agilidade para fechar vendas, com redução do ciclo de vendas e do CAC. É isso que você busca para sua empresa, certo?

Pois é isso que um com CRM para PME traz. Mas, primeiro, você precisa escolher bem. Como?

Bem, selecionamos 4 perguntas que você precisa fazer para entender melhor seu contexto e suas dores como gestor.

São elas:

  1. Outras PMEs que você conhece também usam CRM?
  2. A entrada de dados é automática ou manual?
  3. É possível economizar dinheiro e melhorar e eficiência?
  4. Este CRM para PME irá apoiar o crescimento da empresa?

Depois de entender e responder cada uma delas, você estará pronto para começar uma cultura e também uma estratégia de CRM na sua empresa.

Vamos conferir:

1 – Outras PMEs que você conhece também usam CRM?

A maioria dos fornecedores de CRM está bem ciente de seus perfis de cliente ideal (ICP) e da persona dos seus negócios.

Os times de marketing dos CRMs usam deste conhecimento. Eles criam mensagens e conteúdos que fazem sentido dentro da jornada de compra desses clientes em potencial.

Por isso, gaste alguns minutos nos sites dos CRMs que você entende que podem ajudar seu time.

Veja os materiais ricos que eles têm. Artigos em blog. Eles passam uma imagem de autoridade naquilo que fazem?

Depois, claro, olhe a página de planos. As funcionalidades. Elas podem realmente ajudar sua equipe ou tudo parece confuso demais?

O que os cases de sucesso que você leu da empresa passam para você? Você se viu sentindo as mesmas dores e passando pelos mesmos desafios?

Leia. Veja vídeos. Não tenha preguiça. Você está no meio de uma missão importante. Lembre disto.

2 – A entrada de dados é automática ou manual?

Toda empresa precisa de um sistema que seja escalável e fácil de usar. Que ajude na gestão de relacionamentos, a organizar dados e maximizar as estratégias.

Para atingir as metas e objetivos, você precisa de um CRM para PME que permita coletar a armazenar dados importantes.

Que automatize, na verdade, a entrada destes contatos. Leads, oportunidades, emails e todos os registros importantes.

Os dados, entenda: precisam entrar de maneira automática. Inserir informações de forma manual não irá dar agilidade que seu time precisa.

Mais do que isso, é fundamental ter ações automáticas dentro do CRM para PME. Elas permitem que os leads sejam distribuídos de forma instantânea e igual para todos os representantes.

Então, busque por um sistema que possua integrações com outras ferramentas importantes na sua empresa.

Para quem ainda usa planilhas, essa é uma mudança significativa. Mas muito necessária.

Parar de colocar dados manualmente é reduzir a basicamente zero a chance de ter informações erradas. Ou incompletas. Ou fora do lugar.

Até porque, se isso acontece, você sabe bem que o retrabalho é grande. E, às vezes, é preciso descartar a oportunidade.

Então, aí vai a dica. Opte pelo CRM que automatiza a entrada de dados em todos os momentos. Esse é um ganho importante demais na produtividade para ser ignorado.

3 – É possível economizar dinheiro e melhorar e eficiência?

Para e pense em todas as ferramentas ou sistemas que a empresa usa para gerenciar a rotina de trabalho.

Sistema para gerenciar pedidos. Plataforma de marketing. Gestão de projetos. Organizador de atividades, etc.

A lista é grande. E só você sabe a extensão dela. A implementação de um CRM para PME pode ajudar seu time a usar menos ferramentas.

E, junto a isso, o gasto será menor.

Consolidar sistemas em um só dará uma economia de recurso e de tempo importantes. E aí, voltamos ao cálculo do CAC, que já será menor só por conta desta ação.

Além disso, é possível alinhar equipe de vendas e de marketing através dos dados do CRM.

Por exemplo, nos relatórios, é possível identificar os segmentos que melhor venderam. Ou então os canais de aquisição que trouxeram os melhores leads.

Paralelo a isso, com o time de vendas tendo as dores dos clientes mapeadas, é possível que o marketing entenda:

  • qual tipo de cliente irá abordar;
  • o que precisa comunicar na mensagem;
  • onde a mensagem será distribuída.

Assim, o passo a ser dado é entender todos os sistemas que seu time usa hoje e ver qual CRM ajuda a reduzi-los e unificá-los em um sistema apenas.

Esteja atento às funcionalidades dos CRMs que você está prospectando. Assim, você não irá cortar nada vital e que não tenha substituição.

4 – Este CRM para PME irá apoiar o crescimento da empresa?

Em um mundo ideal, a escolha do CRM deve ser uma decisão de longo prazo.

Não importa quão intuitivo um sistema possa ser. Os vendedores e todos que forem usar precisam estar com treinamento em dia.

Precisam assimilar o uso na rotina de vendas. Serem disciplinados para preencher o CRM sempre. É algo que leva tempo, sem dúvida.

Afinal, você quer que seu time extrai o máximo da ferramenta, certo? Um investimento importante foi feito.

Sem falar que o negócio está em constante evolução e adaptação. As dores e prioridades dos clientes mudam. A economia do país tem influência sobre as vendas.

Então, a última coisa que você precisa é escolher errado o CRM ou ficar mudando de sistema a cada 1 ou 2 anos.

O futuro começa hoje

A missão aqui é clara. Escolha um sistema de vendas que tenha o tamanho e capacidade de atender quem você quer ser no futuro.

Você tem uma equipe enxuta hoje, digamos que de 4 pessoas entre vendedores e pré-vendedores.

Mas e no futuro? O sistema vai ter condição de lidar com o dobro, o triplo de representantes e com um processo de vendas mais robusto?

Será possível ter vários tipos de funil para administrar vários processos diferentes além de vendas? Marketing? Pós-venda?

Revise as metas da empresa para os próximos anos. Isso guiará a escolha de um CRM para PME que irá, sem dúvidas, alavancar o crescimento do negócio.

E aí, como podemos te ajudar?

Se você quer saber mais sobre o que um CRM pode fazer pela sua empresa hoje:

Aproveite e leia dois artigos que ajudarão você a entender melhor os benefícios de um CRM.

O primeiro fala sobre mais alguns pontos para escolher o CRM certo para seu negócio.

Já o segundo aborda a importância de automatizar processos em vendas nas empresas.

Boas vendas!

Um abraço do PipeRun, o seu CRM. #RunPipeRun

Augusto Turcato
augusto@odig.net