Gerenciamento de tempo para vendedores: 7 dicas para sua equipe

Gerenciamento de tempo para seus vendedores

O gerenciamento de tempo, em vendas, é uma arte que todos os gestores e, claro, vendedores, precisam dominar. Colocar em prática ações e estratégias que otimizem as atividades e o período no trabalho é uma busca constante. Somente assim será possível não só vender mais, como vender melhor.

É clichê, mas é verdadeiro: tempo é dinheiro. Então, desperdiçar horas e horas do mês com atividades que não são relacionadas às vendas não ajudarão seu time a bater a meta.

O tempo é preciso por diversas razões – e você sabe bem disso.

Uma atividade que é postergada – seja por procrastinação, seja por focar em outra tarefa -, pode significar que o lead esfrie.

E, bem, em mercados cada vez mais concorridos, com vendas cada vez mais disputadas, isso pode ser decisivo – para o mal, claro.

O gerenciamento de tempo para os vendedores garante que a empresa está empenhada em melhorar não só os resultados.

A experiência do cliente é, claramente, uma prioridade. Até porque, engana-se o gestor que acha que ela só começa depois da compra.

Separamos algumas estratégias para que, dentro do dia a dia de vendas, o tempo seja realmente bem aproveitado pela sua equipe.

Quer saber como fazer isso?

Boa leitura!

Por que o gerenciamento de tempo é tão importante para sua equipe?

Gerenciamento de tempo para seus vendedores

Talvez você não sabia pois não consegue acompanhar de perto sua equipe de vendas (e em tempos de teletrabalho é algo ainda mais latente).

Todavia, muitos vendedores tem grandes problemas com gerenciamento de tempo. E isso acaba se refletindo nos resultados e nas metas e objetivos do mês, trimestre, ano…

Segundo estudo publicado pela Business Wire – a pesquisa ouviu 200 vendedores -, os profissionais relataram ter realmente dificuldade na gestão de tempo na rotina de vendas.

Alguns dados se destacam:

  • 28% dos vendedores não usam qualquer sistema para gerenciar o tempo e vendas;
  • Apenas 35% do tempo dos vendedores é realmente focado em vendas;

Ou seja, em relação ao último dado, pasmem:

65% DO TEMPO DOS VENDEDORES É GASTO COM QUALQUER COISA, MENOS VENDAS.

Chocante, certo?

Em um bom gerenciamento de vendas, o vendedor vende. Ponto.

Você não quer isso para a sua equipe. Quer dizer, olha quanto a mais é possível fazer com os mesmos recursos!

7 estratégias para melhorar o gerenciamento de tempo dos seus vendedores

Gerenciamento de tempo para seus vendedores

Talvez a realidade acima seja, hoje, a da sua equipe. “Talvez” pois você pode nem ter a noção do tempo gasto com cada atividade, certo?

Mas a verdade é que se seus vendedores estão fazendo outra coisa além de vender, então é preciso melhorar o gerenciamento de tempo deles.

Muitas das ações a seguir podem ser aplicadas de cima para baixo – ou seja, da gestão para o gerido.

Todavia, algumas delas necessitam que o vendedor realize a chamada autogestão.

Que se policie para realmente fazer as atividades essenciais dentro de uma rotina comercial estabelecida.

Até por isso é importante ter o playbook de atividades do seu time bem definido:

Isto posto, vamos às estratégias para aumentar a produtividade e consequentemente os resultados da sua equipe?

Separamos 7.

Veja:

1 – Use a tecnologia para organizar a rotina

O primeiro passo para qualquer empresa que deseja ter um gerenciamento de tempo dos vendedores cada vez melhor é passar pela transformação digital no setor de vendas.

O que isso significa?

Ter a tecnologia apoiando toda e qualquer atividade realizada já ajuda e muito a organizar a rotina, centralizando todas as informações relevantes.

Especialmente se a empresa usar um CRM de vendas que seja baseado em nuvem. Isso permite que qualquer dado possa ser acessado de qualquer lugar.

É também a forma de o head de vendas ou gestor da área enxergar e controlar o que os vendedores estão fazendo.

A quantidade e a qualidade de tarefas feitas. E saber, ao analisar as oportunidades dentro do funil de vendas, se há profissionais ociosos ou sobrecarregados.

Então, para resumir: a tecnologia organiza a rotina e dá controle aos gestores sobre o que acontece no setor.

2 – Concentração nos 20%

Você talvez já esteja familiarizado com o Princípio de Pareto – também conhecido como Curva ABC ou a regra 80/20, não?

Ele afirma que “80% das vendas vêm de 20% dos clientes”

Isso quer dizer que sua equipe pode estar perdendo muito tempo concentrando-se em oportunidades que terão pouco ou nenhum impacto nos resultados do mês.

Ou seja, em clientes que não têm tanto fit com o negócio.

Aí você perguntaria: “bem, mas então isso é um problema do pré-vendas que passou um prospect sem intenção de comprar para o vendedor, certo?”.

Em partes, sim. E você precisa refinar melhor a persona para acertar a mão já na prospecção.

Todavia, as prioridades dos clientes podem mudar ao longo de sua jornada, e nem tudo que passa pelo SDR consegue ser 100% filtrado.

Portanto, quanto mais cedo você e os seus vendedores entenderem quem são de fatos os melhores clientes em potencial, menos tempo perderão com oportunidades infrutíferas.

3 – Simplifique tarefas repetidas

Esse é outra estratégia para gerenciamento de tempo que se apoia na tecnologia para sair do papel.

Aqui, não estamos falando de usar indiscriminadamente scripts de vendas pronto.

Todavia, é preciso aceitar o fato de que muitos clientes são parecidos entre si – e que a sua abordagem inicial se repetirá muitas e muitas vezes.

Então, por que não simplificar essa tarefa que será repetida?

Configure as etapas do funil para a sua equipe e estabeleça ações automáticas dentro do CRM.

Determine que, ao arrastar a oportunidade de etapa seja disparado um email, por exemplo, com alguma mensagem pré-configurada.

Faz ZERO sentido copiar e colar emails o tempo inteiro – mudando ainda o nome do potencial cliente – toda vez que for abordar alguém, certo?

Com um clique – literalmente – depois de configurar o CRM, a sua equipe consegue realizar essa tarefa.

Olha quanto tempo não é economizado só nessa tarefa?

4 – Comece a agrupar as coisas

A rotina demanda muitas tarefas repetidas. Então, para ganhar tempo, por que não agrupar aquelas atividades repetidas.

Por exemplo: faça todos os envios de emails de follow up ao mesmo tempo.

Use a mesma lógica da estratégia acima, com scripts, ações automáticas e etapa específica do funil.

É uma forma de dar vazão mais rápida à essas tarefas, sem esquecer nenhuma para trás.

O mesmo serve para as ligações que você precisa fazer e até mesmo as demonstrações de vendas.

Que tal conferir os números do dia anterior sempre no mesmo período do dia? Chegue no trabalho e faça isso logo nos primeiros minutos da manhã.

Assim você e seu time conseguem se focar inteiramente em uma atividade por vez – sem precisar interromper e retomar.

Isso, claro, com aquelas ações que podem ser agrupadas e não tem demanda urgente.

5 – Planeje o dia seguinte no dia anterior

Gerenciamento de tempo para seus vendedores

Pode parecer estranha a frase, mas faz todo sentido. Antes de ir embora, planeje o que irá acontecer no dia seguinte.

Se o vendedor já sabe que terá 4 demonstrações para fazer – e que cada uma delas leva 1h – é preciso encaixar as demais atividades no tempo restante.

Analise sua agenda, veja em que horas estão marcadas as demos e aproveite bem o tempo que sobrar para todas as outras tarefas necessárias da rotina.

Ligações, emails, prospecção, relatórios, propostas comercial, contratos…

Não leva mais do que alguns minutos para deixar tudo pronto para a jornada do dia seguinte.

6 – Limite os multitarefas

Ser multitarefa não é exatamente uma virtude quando falamos sobre o processo de vendas.

Um bom gerenciamento de tempo, a bem da verdade, não resiste a um vendedor que quer fazer de tudo.

Por diversas razões, na verdade, mas vamos no focar no óbvio: o vendedor precisa vender.

E quando qualquer pessoa tenta lidar com mais de uma tarefa ao mesmo tempo, o cérebro muda constantemente.

A velocidade para executar qualquer uma das duas atividades diminui. E as pessoas perdem até 40% de sua produtividade.

Então, a pergunta é: que sentido isso faz? Nenhum.

Portanto, sua equipe precisa ser muito boa na atividade que faz. Seu vendedor em vender. Seu SDR em qualificar.

E assim por diante.

7 – Chegue ao não mais rápido

Gerenciamento de tempo para seus vendedores

É difícil desistir de uma venda, não é mesmo? Mas pense bem sobre isso…

O que é melhor? Tentar arrancar um “sim” a qualquer custo (e correr risco de churn mais adiante) ou aceitar logo o não e partir para outra?

Lembra o que dissemos acima sobre clientes com fit, certo.

É preciso saber identificar o quanto antes. E, sim, reforçando: é um trabalho para o pré-vendas acima de tudo.

Então, instrua seus vendedores a chegarem no não mais rápido – seja porque o cliente não tem condições de compra, seja porque o cliente possivelmente trará problemas no futuro.

Sim, você sabe que essas coisas acontecem. Nem sempre vale a pena vender nesses casos.

E aí, como podemos te ajudar?

Se você quer saber mais sobre como um CRM ajuda no gerenciamento de tempo de seus vendedores, fale com um consultor ainda hoje.

Aproveite e leia dois artigos que ajudarão seu processo de vendas a ser mais produtivo.

O primeiro fala da importância da automação de processos dentro do departamento de vendas.

Já o segundo aborda como a metodologia 5S elimina distrações e aumenta a produtividade nas empresas.

Boas vendas!

Um abraço do PipeRun, o seu CRM. #RunPipeRun

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Publicidade
CRM WhatsApp Web Extensão

PipeRun MAX

Poderosa extensão do CRM PipeRun para Google Chrome

Acompanhe todas as novidades sobre Marketing e Vendas

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro!