Vendas online: guia de como vender na internet todos os dias

vendas online
Augusto Turcato
Augusto Turcato, especialista há 8 anos em marketing de conteúdo, faz parte do time de marketing que ajuda milhares de vendedores, gestores e empreendedores brasileiros a aumentar suas vendas com metodologias e tecnologias aqui no CRM PipeRun.

Resumo do artigo:

Vendas online é o processo que envolve a comercialização de produtos ou serviços por meio de plataformas digitais;

Com esse modelo, você reduz custos operacionais e ainda pode alcançar um público mais amplo;

O CRM de Atendimento e o CRM de Vendas da PipeRun são indispensáveis para vender pela internet enquanto controla e organiza todo o processo comercial.

Você pensou em fazer suas vendas online, sem depender de um espaço físico ou de interações presenciais?

Se sim, hoje você vai descobrir como alcançar isso por meio do Inside Sales.

Para quem não sabe, o conceito de Inside Sales se refere à venda realizada por meio dos canais digitais, sem o contato “cara a cara” com os clientes.

Ao contrário da venda direta, esse modelo envolve abordagens consultivas, interações personalizadas e um foco maior em construir relacionamentos de longo prazo.

Se você ainda não imagina como essa prática pode funcionar para a sua empresa, continue a leitura e descubra as melhores dicas e estratégias para alavancar as suas vendas online.

Pronto para conferir? Vamos lá!

O que são vendas online?

Podemos definir vendas online como o processo de comercialização de produtos ou serviços utilizando plataformas digitais.

Nesse modelo de venda, o vendedor não tem contato físico com o cliente. Portanto, a comunicação e a negociação acontecem de maneira remota, com o apoio de recursos tecnológicos.

Uma forma comum de vender online é por meio do Inside Sales, em que o vendedor e o cliente não se encontram pessoalmente.

Como comentamos, as interações são feitas por telefone, videoconferências, e-mails, mensagens via WhatsApp, dentre outros canais.

Qual melhor forma de fazer vendas online?

Quais os benefícios da venda online?

As vendas online trazem muitos benefícios para sua empresa, como aumento da produtividade e a redução de custos. 

Como todo o processo acontece remotamente, você economiza em aluguel, luz, energia, internet e todas as despesas associadas a ter um escritório ou loja física.

Além disso, você também elimina os gastos com deslocamento dos vendedores para visitas presenciais, ou seja, combustível, pedágio, alimentação ou hospedagem, caso precisem viajar para outros estados ou países.

E não é só isso, sua equipe também se beneficia, pois pode atender mais clientes ao longo do dia, já que não há necessidade de deslocamento.

As vendas online também trazer outras vantagens para o seu negócio, como:

  • Melhoria na experiência do cliente;
  • Maior capacidade de escalar o time de vendas;
  • Aumento da margem de lucro;
  • Maior previsibilidade de receita.

Qual melhor forma de fazer vendas online?

Como comentamos, a melhor forma de fazer vendas online é utilizando o Inside Sales, modelo em que os vendedores conduzem o processo comercial remotamente.

Apesar de muitas vezes ser confundido com o telemarketing, o Inside Sales possui uma abordagem totalmente diferente.

Nesse formato, estamos falando nos referindo a uma venda consultiva, que tem como objetivo ajudar o cliente a alcançar o sucesso por meio da solução oferecida.

O método é baseado em gerar valor ao longo de toda a jornada para aumentar as possibilidades de conversão e construir relacionamentos.

Como vender produtos online?

Quais as maneiras de vender produtos online?

Existem diversas maneiras de vender produtos online, seja para o consumidor final, para outras empresas e até mesmo para o governo.

Para te ajudar a entender todas as possibilidades, explicamos abaixo alguns dos modelos de vendas mais aplicados por empresas do Brasil e do mundo. Confira!

B2B

B2B ou Business to Consumer é um modelo de venda no qual as empresas oferecem seus produtos ou serviços para outras empresas.

Alguns exemplos comuns de negócios que utilizam o modelo B2B para vender produtos online são fornecedores, distribuidores, atacadistas, fabricantes e empresas especializadas em sistemas empresariais.

B2C

B2C ou Business to Consumer é o modelo mais utilizado pela maioria das empresas no Brasil e no mundo, pois consiste em vender produtos ou serviços diretamente para o consumidor final.

Esse é o caso de muitos negócios voltados para o mercado de bens de consumo.

B2B2C

B2B2C significa Business to Business to Consumer. Nesse modelo, uma empresa vende por meio de uma outra empresa, que faz com que os produtos ou serviços cheguem até o consumidor final.

Esse processo comercial acontece, por exemplo, dentro do marketplace do Facebook, plataforma que permite que lojistas ofereçam seus produtos para os consumidores (usuários).

B2G

No Business to Government, empresas vendem seus produtos ou serviços para entidades governamentais. 

Para isso, são feitas licitações públicas onde algumas companhias competem para fechar um determinado contrato.

Um exemplo disso são negócios que oferecem software e outras tecnologias para escolas e faculdades públicas.

B2E

B2E ou Business to Employee acontece quando uma empresa vende seus produtos ou serviços para seus próprios funcionários.

Geralmente, é muito comum que grandes empresas ofereçam descontos, programas de compras e condições exclusivas como forma de beneficiar a equipe interna.

C2C

No modelo C2C ou Consumer to Consumer, os consumidores vendem produtos diretamente para outros consumidores.

Um exemplo são pessoas físicas que usam as redes sociais ou o WhatsApp para vender produtos e até mesmo itens que já não usam mais.

D2C

D2C significa Direct to Consumer. Nesse modelo, as empresas vendem seus produtos e serviços diretamente para o consumidor final, sem intermediários.

Um bom exemplo é quando você encontra produtos que são fabricados, vendidos e entregues pela mesma empresa. 

Como vender na internet todos os dias?

Como vender na internet todos os dias?

Quer descobrir como vender na internet todos os dias? Então confira a seguir nosso checklist de 8 passos essenciais.

1. Conheça bem seu público-alvo

Conhecer bem o seu público-alvo é, sem dúvidas, o primeiro passo para vender na internet.

Nesse sentido, recomendamos que você comece definindo uma persona e construindo o Perfil de Cliente Ideal (ICP) para entender quem são os seus potenciais clientes e os principais problemas e dificuldades que eles enfrentam.

Com essas informações, ficará mais fácil adaptar sua comunicação e criar estratégias de vendas realmente eficientes.

2. Defina uma boa estratégia

Depois de conhecer seu público-alvo, chegou a hora de criar uma estratégia de marketing capaz de impactá-lo.

Use as informações que você tem sobre seus potenciais clientes, como seus interesses e comportamentos, para adaptar uma oferta que vá de encontro com aquilo o que buscam.

Além disso, você também deve definir um objetivo claro para essa estratégia (como aumentar sua receita em um determinado percentual), escolher os melhores canais para alcançar seu público e criar uma proposta de valor única e irresistível.

3. Mapeie a jornada do cliente

A jornada do cliente nada mais é do que o caminho que seu cliente percorre até, de fato, fechar negócio.

Ter todo esse caminho mapeado pode te ajudar a identificar quais são os momentos mais decisivos para a venda, identificar gargalos nos processos já existentes, encontrar oportunidades para gerar ainda mais valor para os clientes e muito mais.

Portanto, se você ainda não tem a jornada do cliente mapeada, siga nosso passo a passo:

  • Defina bem os estágios: Pense quais são os desafios que você tem com seus clientes, os objetivos que deseja alcançar com esse processo e os pontos que precisa identificar;
  • Selecione os pontos de contato: Liste todos os pontos de contato que você tem com seus clientes: sites, redes sociais, parceiros, etc.;
  • Faça o mapeamento da jornada: Envolva diversos setores, como marketing, vendas, desenvolvimento e suporte para fazer um brainstorming e organizar todas as etapas;
  • Busque aprimoramento constante: Depois de mapear a jornada, é preciso acompanhá-la de perto para corrigir problemas no meio do caminho.

4. Estruture o processo comercial

Vender na internet sem ter um processo comercial bem estruturado pode impactar a experiência do seu cliente de maneira negativa.

Por esse motivo, antes de começar a prospectar ou divulgar suas soluções no meio digital, separe bem as etapas de marketing, pré-vendas e vendas.

A ideia desse trabalho é justamente alinhar o tipo de comunicação e as abordagens ideais para um desses momentos.

Afinal, como sempre comentamos aqui no blog, apenas “empurrar” um produto ou serviço não vai fazer com que você feche mais negócios.

Muitas vezes, é preciso entregar pouco a pouco até que o cliente esteja pronto para prosseguir com a compra.

EBOOK GRÁTIS

Baixe Guia Completo para
Gestão de Times de Vendas

O material irá por e-mail. Confira a caixa de entrada e também a de SPAM, ok?

5. Configure os funis e suas etapas

Outro passo crucial para começar a vender na internet é configurar e definir as etapas dos funis da sua máquina de vendas (marketing, pré-vendas e vendas).

No funil de marketing, o objetivo é atrair e nutrir os potenciais clientes, especialmente por meio de conteúdos relevantes.

Já no funil de pré-vendas, a abordagem é mais direcionada, pois estamos falando de uma fase qualificação, onde o pré-vendedor identifica se o cliente está alinhado com o que a empresa oferece e se há potencial para avançar.

Por último, temos o funil de vendas, onde ocorre a etapa final do processo. Nesse momento, são feitas reuniões estratégicas e consultivas para apresentar a oferta e auxiliar o cliente na tomada de decisão.

Com esses funil configurados corretamente, você terá um processo claro para nutrir, qualificar e converter leads em vendas todos os dias.

6. Use as metodologias de vendas certas

Ter sucesso com vendas online pode ser um grande desafio. Afinal, muitas das interações que antecedem a venda acontecem por trocas de mensagem via chat, e-mail e WhatsApp.

Por isso, sempre recomendamos usar uma metodologia de vendas para qualificar seus leads de maneira eficaz.

Existem duas metodologias muito utilizadas hoje em dia: BANT e SPIN.

A metodologia BANT se baseia em 4 critérios para identificar se um potencial cliente está pronto ou não para avançar para a venda: orçamento (budget), autoridade (authority), necessidade (need) e cronograma (timeline).

Já a metodologia SPIN se baseia em 4 etapas diferentes: situação (situation), problema (problem), implicação (implication) e benefício (need-payoff).

7. Faça uma gestão de vendas assertiva

Vender na internet também requer uma gestão de vendas eficiente.

Isso significa traçar metas claras para o time comercial, testar novas estratégias, acompanhar métricas de sucesso, investir em ferramentas inteligentes (como um CRM) e planejar uma agenda para capacitar todos os envolvidos no processo.

Lembrando que uma boa gestão de vendas deve considerar todos esses pontos e não apenas parte deles. 

8. Invista em tecnologia

Como comentamos no tópico acima, as ferramentas tecnológicas podem ser muito úteis para alavancar suas vendas online, especialmente o CRM de vendas e o CRM de atendimento.

Com o CRM de vendas, você pode concentrar todas as informações dos seus clientes em um só lugar, além de organizar todo o seu processo comercial e ainda otimizar diversas tarefas manuais, como follow-ups, envio de propostas e assinatura de documentos.

Já o CRM de Atendimento centraliza todos os canais de comunicação da sua empresa, como WhatsApp, e-mail, redes sociais e muitos outros. 

Com ele, você pode oferecer atendimento a todos os seus clientes e potenciais clientes 24 horas por dia e 7 dias por semana e disparar campanhas para vender mais.

Usando essas ferramentas, você e sua equipe economizam tempo e podem focar no que realmente importa: vender.

Como ter uma máquina de vendas online?

Construir uma máquina de vendas online significa estruturar um processo para captação e retenção de clientes.

Para ser completa, precisa seguir uma estrutura robusta e etapas essenciais, como:

  • Construção de funis;
  • Definição de métricas para cada funil;
  • Organização da equipe;
  • Definição de metas SMART;
  • Elaboração de um playbook para cada área ou funil;
  • Estruturação de estratégias para a rotina operacional.

A máquina de vendas online também deve incluir alguns funis, configurados dentro do CRM:

  • Marketing: Etapa em que os dados referentes aos leads são enriquecidos;
  • Pré-vendas: Momento em que os leads são qualificados;
  • Vendas: Aqui, os leads são trabalhados pelos vendedores;
  • Customer Success (onboarding): Funil comum em empresas SaaS. Nessa etapa, é feita a implementação da solução vendida ao cliente;
  • Customer Success (ongoing): Momento de identificar oportunidades para expandir a carteira atual;
  • Contratos: Funil específico para quem vende assinaturas e precisa fechar contratos. 

Como vender online no Instagram?

Antes de começar a vender online no Instagram, você precisa ter uma conta comercial para acessar alguns recursos exclusivos.

Para isso, basta converter a sua conta pessoal em comercial diretamente no aplicativo. O processo é muito simples e rápido.

Você também deve compartilhar frequentemente conteúdos relevantes e atrativos para despertar o interesse do público em adquirir seus produtos e serviços.

Lembrando que interagir com todos os seus seguidores e clientes também faz parte do processo, seja nos comentários ou via mensagem direta.

E para otimizar esse fluxo, recomendamos contar com um CRM de Atendimento, que permite responder todos os seus clientes em um só lugar e ainda aproveitar muitos outros recursos, como dashboards inteligentes, relatórios e muito mais.

Com essa ferramenta, você pode alavancar suas vendas online enquanto oferece um atendimento eficiente e personalizado.

Como usar o WhatsApp para vender pela internet?

Você sabia que o Brasil é o segundo país que mais usa o WhatsApp no mundo? Ao todo, são 147 milhões de usuários ativos.

Esses números só reforçam o potencial que essa ferramenta tem para te ajudar a escalar suas vendas online.

Se você ainda não vende pelo aplicativo, saiba que você pode começar criando um WhatsApp Business.

No início, esse recurso pode te ajudar bastante, mas é importante ressaltar que, para empresas que atendem um grande número de clientes, não é a melhor opção.

O ideal mesmo é contar com um CRM de Atendimento, que oferece a possibilidade de contratar um número de WhatsApp oficial para fazer disparos em massa.

Além disso, a ferramenta também permite centralizar todos os canais de comunicação da sua empresa, facilitando o fluxo de respostas e o controle de cada interação.

Qual a melhor plataforma para vender online?

Para escalar suas vendas online, você precisa contar com o apoio da tecnologia — mais especificamente, de uma plataforma inteligente.

Se você ainda não tem familiaridade com esse tipo de ferramenta, detalhamos duas delas para você conhecer melhor. Descubra abaixo!

CRM de Atendimento PipeRun

O CRM de Atendimento da PipeRun é a solução ideal para integrar seus canais de comunicação e vendas, como Instagram, Facebook, Telegram, e-mail e muito mais. 

Com ela, você pode atender seus clientes com agilidade e não perder nenhuma interação importante. 

Além disso, nossa plataforma omnichannel oferece recursos como o envio automatizado de mensagens em massa por e-mail ou WhatsApp e a configuração de chatbots para um atendimento contínuo. 

Com a centralização de todos os seus atendimentos, históricos e negociações em um único lugar, você garante a satisfação do cliente e ainda aumenta suas chances de conversão. 

Gostou? Entre em contato hoje mesmo com um de nossos consultores e descubra todos os benefícios do nosso CRM de Atendimento!

CRM de Vendas PipeRun

Vender online também requer organização e controle dos processos comerciais.

Se você está pensando em começar a vender pela internet, conte com o apoio do CRM de Vendas da PipeRun, a plataforma completa para organizar e agilizar a gestão das vendas da sua empresa.

Com a nossa solução, você pode configurar diversos funis, organizar as informações de clientes e potenciais clientes, automatizar tarefas relacionadas à venda e ainda acompanhar todos os seus resultados em um só lugar.

O resultado disso tudo, você já sabe!

Quer fechar mais negócios e escalar as suas vendas? Aproveite 14 dias grátis do CRM PipeRun agora mesmo.

Conclusão

Se você chegou até aqui, com certeza já sabe que as vendas online podem ajudar seu negócio a crescer exponencialmente.

O melhor de tudo é que, seguindo nossas boas práticas, você não terá dificuldades em implementar esse modelo na sua empresa.

Lembrando que, mesmo com as dicas que compartilhamos aqui, é preciso contar com processos bem estruturados e ferramentas tecnológicas para não correr o risco de perder boas oportunidades.

Gostou de explorar o universo das vendas online e quer aprender mais? Então, continue acompanhando nosso blog.

Toda semana compartilhamos conteúdos úteis para te ajudar a vender mais e melhor.

Esperamos te encontrar novamente por aqui!

Até a próxima e boas vendas.

FAQ – Perguntas Frequentes

Como usar o WhatsApp para vender?

Para usar o WhatsApp para vender, você pode criar um catálogo de produtos ou serviços, compartilhar conteúdos interessantes, atender seus clientes e disparar mensagens em massa com o apoio de uma ferramenta de HSM.

Como vender produtos online?

Para vender produtos online, o ideal é usar como base o método de Inside Sales, que envolve abordagens consultivas e interações personalizadas com o cliente, sem que ocorra o contato presencial.

Mais automação. Mais economia. Mais resultado.

Contar com uma plataforma nacional de aceleração de vendas é muito mais negócio.

Acompanhe todas as novidades sobre Marketing e Vendas

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro!