Como fazer um planejamento de vendas para o seu e-commerce?

planejamento de vendas para o seu e-commerce

O planejamento de vendas para e-commerce organiza, orienta e permite o monitoramento dos processos que levam o lojista a vender os seus produtos. De modo geral, ele é usado para planejar as estratégias de marketing a fim de transformar um potencial consumidor em cliente real do seu negócio. 

Realizar um planejamento de vendas para o seu e-commerce ajuda a organizar os processos e ações, além de trazer grandes vantagens para uma loja virtual, página de vendas ou marketplace. 

Esse plano funciona como uma ferramenta de gestão, geralmente, utilizada para o lançamento de um produto específico ou para projetar uma marca como um todo. Quando ele não é bem estruturado, é provável que a empresa não esteja preparada para lidar com imprevistos e crises. 

Acompanhe este conteúdo e confira um passo a passo de como fazer um planejamento de vendas!

O que é um planejamento de vendas?

Um empreendedor que deseja montar um site de vendas, por exemplo, deve desenvolver um plano para orientar as suas ações de divulgação. Ele funciona como uma ajuda para planejar com mais assertividade e segurança os passos da empresa.  

Essa ferramenta também envolve todos os objetivos e projetos que o e-commerce quer realizar. Por isso, independentemente do seu tipo de empresa, esse planejamento deve ser realizado para o alcançar o sucesso. 

Quando o planejamento de vendas é bem estruturado, é possível executar as ações e conquistar os resultados esperados. Por isso, ele se refere aos planos de um negócio para vender seus produtos ou serviços e potenciar a marca. 

Para que serve um planejamento de vendas anual para a sua loja virtual?

O planejamento de vendas para o seu e-commerce tem a finalidade de organizar e otimizar todas as etapas do processo de vendas. Ele inclui a definição de metas e objetivos, conhecimento do público-alvo, criação da marca, negociação pós-venda, cronograma das ações e monitoramento dos resultados. 

A partir desses processos, é possível obter um melhor desempenho para sua empresa de forma mais rápida e eficiente. Além disso, essa ferramenta de gestão possibilita uma visão ampla do empreendimento, o que ajuda na criação de estratégia a curto, médio e longo prazo. 

Se você deseja se destacar dos concorrentes e atrair mais consumidores, esse plano ajudará a desenvolver uma série de ações de marketing com o propósito de movimentar os leads e prospects, incentivando a fecharem uma compra. 

Como fazer um planejamento de vendas no seu e-commerce: passo a passo

O planejamento de vendas para seu e-commerce é composto por etapas mais complexas, mas que permitem organizar cada estágio com clareza. Por isso, explicaremos detalhadamente cada uma delas. Confira a seguir!

Defina seus objetivos 

O primeiro passo é analisar sua base de clientes e receitas a fim de estabelecer as metas da sua loja virtual. Alguns exemplos de objetivos são: 

  • Número de conversões que deseja por mês;
  • Ticket médio;
  • Lucro a ser atingido;
  • Número de vendas. 

Lembre-se de estabelecer um período máximo para sua realização e não esqueça que eles devem ser mensuráveis.

Faça uma análise de mercado 

Um ponto muito importante do planejamento de vendas para seu e-commerce é a análise do mercado. Comece observando o segmento em que seu negócio está inserido. Depois, realize a análise SWOT — pesquisa que identifica as forças (strengths), fraquezas (weaknesses), oportunidades (opportunities) e ameaças (threats) de uma empresa.

Nesse modelo, você deve listar as características do seu empreendimento conforme cada etapa. As duas primeiras são os fatores internos do e-commerce e as outras são os fatores externos. 

Um exemplo de fraqueza de uma loja virtual são os poucos tipos de pagamento online disponibilizados no site. Nesse momento, uma maneira de contornar o problema é apostar nos gateways de pagamento. Eles oferecem diferentes formas de pagamento e tornam as transações entre um usuário e instituições financeiras mais rápidas e seguras.

Outro processo importante da análise de mercado para o plano de vendas é a investigação dos aspectos micro e macro ambientes. Basicamente, o primeiro considera toda a estrutura organizacional e os recursos financeiros. O segundo estuda os fatores socioculturais, políticos, econômicos, tecnológicos e legais do país.

Todos esses pontos apresentam relação com seu e-commerce, pois podem influenciá-lo de forma direta ou indiretamente. Portanto, acompanhe o mercado e se atualize sobre a economia em geral para desenvolver um planejamento eficiente e realista. 

Além disso, estude seus concorrentes para observar as suas ações, crescimento, conteúdos e estratégias de modo a se inspirar e, principalmente, desenvolver táticas que superem seus pontos relevantes e criem um diferencial para seus produtos ou serviços.

 Defina seu público-alvo 

Para um planejamento de vendas eficaz é fundamental definir seu público-alvo. Isso significa que você deve analisar quem são os seus potenciais consumidores. Com isso, é possível delimitar os próximos passos do seu negócio.  

Para isso, identifique a idade, localização, gênero, profissões, rendas, redes sociais utilizadas e estilo de vida dos seus compradores. Essas características permitem  compreender quais são as suas preferências e criar ações com o objetivo de atender essas necessidades. 

Estabeleça sua marca

Mesmo que você já tenha uma marca e um site para vender seus produtos, essa etapa deve ser considerada no planejamento. Isso porque é interessante revisar os pontos já criados a fim de identificar melhorias. Além disso, com o tempo as ações do seu empreendimento podem se tornar obsoletas. 

Outro fator a ser considerado é o comportamento dos consumidores. A pandemia do coronavírus proporcionou novos hábitos de compra, consolidando um novo cenário. Os pontos relevantes desse aspecto incluem novas prioridades de compra e o fortalecimento das vendas pela internet. 

Portanto, reflita e observe os elementos do seu e-commerce a fim de consolidar sua marca perante o mercado atual. Se você pretende abrir uma loja virtual, foque nos principais aspectos, como: 

  • Nome da marca: use a criatividade para elaborar um nome para seu negócio;
  • Logotipo: esse é um ponto fundamental para a definição da marca. Com ele, as pessoas reconhecem sua empresa na internet, redes sociais etc;
  • Paleta de cores: estabelecer uma paleta de cores definirá a mensagem e a imagem que a sua marca pretende transmitir para o público;
  • Missão, visão e valores: esses princípios devem ser bem delimitados, pois representam a forma como seu negócio se comunica com seu público e é útil para o empreendedor entender o papel da sua empresa na sociedade.  

Alinhe toda sua operação

Sem um planejamento de vendas para seu e-commerce as suas operações como um todo tendem a não evoluir. Esses dois elementos devem andar juntos com os objetivos da sua loja virtual. 

Nessa etapa, reúna com seu time para alinhar as táticas e visualizar tudo que foi planejado. Assim, é possível desenvolver um plano de vendas completo e focado nas suas ações. Algumas dicas são: 

  • Desenvolva um calendário com todas as atividades planejadas; 
  • Se atente às novas oportunidades do mercado; 
  • Realize as alterações necessárias no seu e-commerce e nos conteúdos de divulgação.

Dessa forma, você e sua equipe serão capazes de traçar caminhos inteligentes para a evolução da sua empresa. 

Mensure seus passos do plano de vendas

Após implementar seu planejamento de vendas, é essencial mensurar os resultados semanalmente ou mensalmente. O acompanhamento dos dados das vendas dos seus  produtos digitais ou mercadorias permite observar o desempenho das suas estratégias de marketing, encontrar aspectos que atraem os consumidores e elaborar métricas que geram maiores resultados.

Quais são os benefícios do planejamento de vendas?

Após aprender como fazer um planejamento de vendas para seu e-commerce e aplicá-lo da maneira correta, é possível obter diversos benefícios para a saúde do seu negócio. Afinal, você terá uma visão mais ampla das suas ações, descobrindo seus pontos positivos e negativos. 

Algumas das maiores vantagens dessa ferramenta de gestão são: 

  • Aumento das vendas; 
  • Maior segurança na tomada de decisões;
  • Otimização dos investimentos e redução de desperdícios;
  • Precisão nas estratégias de vendas; 
  • Melhora na comunicação interna; 
  • Facilita a identificação de riscos e oportunidades; 
  • Permite gerar resultados a curto, médio e longo prazo; 
  • Melhoria no atendimento ao cliente; 
  • Maior faturamento; 
  • Taxas de conversões positivas; 
  • Noção de estoque e produção; 
  • Melhor posicionamento da marca. 

Resumo

A partir das informações deste conteúdo sobre como fazer um planejamento de vendas para seu e-commerce, é possível colocar essa estratégia em prática e obter diversos benefícios para sua loja virtual, além de atrair consumidores e conquistar novos mercados.

*Este guest post foi escrito pela Nuvem Shop.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Publicidade
CRM WhatsApp Web Extensão

PipeRun MAX

Poderosa extensão do CRM PipeRun para Google Chrome

Acompanhe todas as novidades sobre Marketing e Vendas

Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro!